Conferência Magna Next Frontiers to Cure Cancer 2021 Pular para o conteúdo principal

Conferência Magna Next Frontiers to Cure Cancer 2021 – Carga Global do Câncer: Prioridades de Pesquisa para a Prevenção

 
Publicado em:

Conferência Magna Next Frontiers to Cure Cancer 2021 – Carga Global do Câncer: Prioridades de Pesquisa para a Prevenção

Saiba mais sobre a aula de Elisabete Weiderpass, Diretora da International Agency for Research on Cancer (IARC); acontece no dia 25/6, ao meio-dia – Por Daniel Garcia, oncologista clínico do A.C.Camargo

Publicado em:

Fundo branco com ilustração chamando pro evento

Fundo branco com ilustração chamando pro evento

Saiba mais sobre a aula de Elisabete Weiderpass, Diretora da International Agency for Research on Cancer (IARC); acontece no dia 25/6, ao meio-dia – Por Daniel Garcia, oncologista clínico do A.C.Camargo

Em todo o mundo, cerca de 19,3 milhões de novos casos de câncer (18,1 milhões se excluirmos o câncer de pele não melanoma) ocorreram em 2020. Destes, quase 10 milhões, infelizmente, vieram a óbito – 9,9 milhões se não contarmos os diagnósticos de câncer de pele não melanoma.

A título de comparação, o número total de infecções pela Covid-19 contabilizado até maio de 2021 soma 165 milhões, com 3,42 milhões de mortes.

Nos Estados Unidos, um dos países mais afetados pela pandemia, as principais causas de morte em 2020 foram as doenças cardiovasculares (690 mil) e o câncer (598 mil), seguidos pelas infecções pela Covid-19, que ocuparam o terceiro lugar (345 mil).

Ainda em 2020, o câncer de mama feminino ultrapassou o câncer de pulmão como o tipo mais comumente diagnosticado a nível mundial, com uma estimativa de 2,3 milhões de novos casos (11,7%), seguido por pulmão (11,4%), colorretal (10,0%), próstata (7,3%) e estômago (5,6 %). 

Ainda sobre o câncer de pulmão, ele permaneceu como a principal causa de morte por câncer, com uma estimativa de 1,8 milhão de mortes (18%), seguido por câncer colorretal (9,4%), fígado (8,3%), estômago (7,7%) e câncer de mama feminino (6,9%).

Entre 30% e 50% das mortes por câncer poderiam ser evitadas ao modificar ou evitar os principais fatores de risco, implementando estratégias de prevenção baseadas em evidências – tabagismo, infecções (HPV, hepatites, H.pylori, HIV etc.), álcool, obesidade e poluição ambiental são alguns exemplos. A prevenção também oferece a estratégia de longo prazo mais econômica para o controle do câncer.3

Saiba mais sobre o assunto durante o Next Frontiers to Cure Cancer 2021. No dia 25/6, entre 12h e 13h, a Doutora Elisabete Weiderpass, Diretora da IARC (International Agency for Research on Cancer), apresentará a aula Global Cancer Burden: Research Priorities for Cancer Prevention (Carga Global do Câncer: Prioridades de Pesquisa para a Prevenção do Câncer). Não perca!

Sobre a palestrante

Elisabete Weiderpass, branca, cabelos curtos e castanhos

Elisabete Weiderpass é médica, com mestrado e doutorado. Pesquisadora sobre câncer, é brasileira naturalizada sueca com cidadania finlandesa. É especialista em epidemiologia e prevenção do câncer.

Em janeiro de 2019, a Doutora Weiderpass assumiu o cargo de diretora da International Agency for Research on Cancer, a Agência Internacional para Pesquisas sobre o Câncer (IARC), uma agência especializada da Organização Mundial de Saúde (OMS), baseada em Lyon, na França. 

A IARC conta com 350 funcionários dedicados à pesquisa sobre o câncer. Vinte e sete países (ou “estados participantes”) integram e são responsáveis pela governança da IARC, inclusive o Brasil.

Anteriormente, a Doutora Weiderpass foi chefe do Departamento de Pesquisa no Registro de Câncer da Noruega do Grupo de Epidemiologia Genética no Centro de Pesquisa Folkhälsan na Finlândia. Foi professora de Epidemiologia Clínica no Instituto Karolinska em Estocolmo, Suécia, e professora de Epidemiologia do Câncer na Universidade do Ártico da Noruega.

Atuou ainda como professora adjunta de Epidemiologia do Câncer no Brasil, na China e no Irã, além de ser professora visitante no Kuwait.

É autora de mais de 800 artigos científicos em revistas internacionais com revisão por pares.

Doutor Daniel Garcia, branco e de óculos, sorri de jaleco
"
Entre 30% e 50% das mortes por câncer poderiam ser evitadas com estratégias de prevenção ante os principais fatores de risco. Caso do tabagismo, de infecções como o HPV e a H.pylori, do consumo de álcool e da obesidade.
Doutor Daniel Garcia, oncologista clínico do A.C.Camargo

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Nossos índices de chance de cura são os mais altos do país
Lançado em abril de 2023, o Observatório do Câncer do A.C.Camargo avaliou mais de 98 mil casos tratados na instituição nos últimos 20 anos. E os dados apresentados mostram que, cada vez mais, alcançamos ótimos resultados junto aos pacientes. Nos...
A.C.Camargo apresenta a próxima temporada de eventos do The Future of Medicine
O The Future of Medicine é uma plataforma de debates e palestras idealizada pelo Fronteiras do Pensamento, que faz parte da Delos Bureau, empresa do DC Set Group. Com grandes intelectuais e personalidades de diversas áreas do conhecimento de todo...
A.C.Camargo contribui para o tratamento de câncer de cabeça e pescoço em países subdesenvolvidos
Como um cancer center, inovação e pesquisa fazem parte da nossa jornada diária. Além de ser um ato de grande orgulho para nós. Nosso corpo clínico é formado por grandes mentes pensantes que, junto a atuação em assistência, também lideram...
Câncer infantil se cura com ciência, alegria e carinho
A experiência do paciente de câncer, dele e de sua família, é bem difícil, não há como negar. Quem vive, sabe como a doença convulsiona as emoções, transtorna o cotidiano, impacta a vida. Já é duro passar por ela quando...
Dona Carmen, a nossa padroeira
Na semana que vem ele me alcança. Tem sido assim desde sempre, desde que nascemos naquele mesmo ano. Eu faço aniversário e, menos de dois meses depois, ele faz também. Na próxima semana, o A.C.Camargo completa os 71 de uma...