Pele Não Melanoma | A.C.Camargo Cancer Center Pular para o conteúdo principal

Pele Não Melanoma

Este é o câncer de maior incidência no Brasil e no mundo, mas o de menor mortalidade, se tratado adequadamente. Há vários tipos de câncer de pele não melanoma, sendo os mais comuns o carcinoma basocelular ou de células basais e o carcinoma espinocelular ou de células escamosas.

Saiba tudo sobre este tipo de tumor – conheça seus sinais e sintomas, o Atendimento Oncológico Protegido do A.C.Camargo e as formas de defender a pele em tempos de pandemia (com dicas sobre a vitamina D)
O câncer de pele não melanoma é o mais comum no mundo e no Brasil. Por aqui, a estimativa é de 177 mil novos casos para cada ano do triênio 2020-2022, segundo o INCA. O carcinoma basocelular é tipo o mais comum – e também o menos agressivo – entre os tumores de pele não melanoma.  “O…
Assista ao vídeo e conheça os diferenciais do A.C.Camargo Cancer Center em oncologia cutânea
Câncer de pele: o tipo não melanoma é o mais comum no planeta e no Brasil. Por aqui, a estimativa é de 177 mil novos casos para cada ano do triênio 2020-2022, segundo o INCA. Isso sem contar o conhecido melanoma. Para continuar no combate ao câncer, paciente a paciente, o A.C.Camargo…
Tenha todos os cuidados necessários para prevenir um tumor cutâneo e aproveitar ao máximo os dias mais quentes – e aprenda a escapar das fake news
Câncer de pele e vitamina D: melanomas e tumores não melanoma são uma preocupação para aquelas pessoas que amam tomar sol, ainda mais em um país tropical como o Brasil. Isso ajuda a explicar o fato de a “vitamina D” estar entre os termos mais comentados, sobretudo nesta época do ano, seja nas…
Com qual fator de protetor eu vou? Pode protetor com cor? Bronzeador dá melanoma? E o bronzeamento artificial? Descubra o que é seguro e curta o sol na medida certa
O câncer de pele, em seu subtipo não melanoma, é o tumor mais comum no Brasil.  Para cada ano do triênio 2020-2022, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa é de 93.160 novos casos para mulheres e 83.770 novos casos em homens. Alguns fatores aumentam o risco de desenvolver…
Conheça esta tecnologia que também auxilia muito na avaliação de margens cirúrgicas e controle pós-tratamento – ainda raro no Brasil, o método teve o A.C.Camargo como pioneiro no país
A microscopia confocal é um exame que aumenta a precisão do diagnóstico do câncer de pele dos tipos melanoma e não melanoma. O procedimento ainda minimiza o risco de retirada desnecessária de lesões benignas, além de também auxiliar muito na avaliação de margens cirúrgicas e controle pós-…
Ensino Superior em Medicina na Universidade Federal do Espírito Santo Especialização em Radiologia e Diagnóstico por Imagem na Associação Médica Brasileira e Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Ensino Superior em Medicina, concluído em 2007, na Faculdade de Medicina de São José Especialização em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, na Associação Médica Brasileira
Vice-líder do Centro de Referência de Tumores Cutâneos Ensino Superior em Medicina concluído em 2003 na Universidade de Pernambuco.  Residência em Clínica Médica cursada na Unifesp entre 2004 e 2006. Residência em Oncologia Clínica cursada no A.C.Camargo Cancer Center entre 2006 e 2008.…
Ensino superior em Medicina, concluída em 2008, pelo Centro Universitário Serra dos Órgãos.  Especialização em Clínica Médica, concluída em 2011, pelo SUS de São Paulo. Especialização em Oncologia Clínica, concluída em 2014, no A.C.Camargo Cancer Center.  Mestrado em ciências,…
Graduação em Medicina, concluída em 2009, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Residência Médica em Dermatologia cursada no Instituto Laura de Souza Lima. Curso de aperfeiçoamento na Ludwig-Maximillian Universität de Munique, Alemanha. Treinamento em Dermatoscopia e Microscopia Confocal na…