Logo do Next Frontiers to Cure Cancer sob um fundo colorido

Tumores Urológicos no Next Frontiers to Cure Cancer 2021

Publicado em: 14/06/2021 - 11:06:25
Institucional
Prevenção
Eventos
Next Frontiers
Linha Fina

 

Por Dr. Stênio Zequi, Líder da Urologia do A.C.Camargo Cancer Center

Next Frontiers to Cure Cancer é um congresso internacional organizado pelo A.C.Camargo Cancer Center para discutir os principais avanços em pesquisa e inovação em diagnóstico e tratamento do câncer. Voltado para médicos, cientistas e multiprofissionais de diversas áreas, como enfermeiros, fisioterapeutas, entre outros, o evento já é considerado um importante marco na agenda oncológica do país.

Serão três dias de palestras sobre oncologia! Confira aqui a programação.

O tema do ano para as sessões de Tumores Urológicos é “Avanços e atualizações em Urooncologia”, ou em Inglês: “Advances and Actualização in Urooncology”. Esse título reflete o que vem acontecendo de maneira crescente e ininterrupta nos tratamentos dos cânceres urológicos nos últimos anos e merecerão nossa atenção em numerosas aulas e debates como os maiores especialistas mundiais: houve enorme avanço nos tratamentos dos cânceres metastáticos  da próstata e do rim e mesmo nos cânceres de bexiga.

Com a incorporação de inúmeras novas medicações, assim como o aumento de sobrevida da qualidade de vida, surge o desafio: devemos discutir qual os melhores momentos e indicações para cada novo tratamento?

Nos tratamentos cirúrgicos, cada vez mais fazemos tratamento minimamente invasivos como a cirurgia robótica, ou com a ablação (destruição térmica) de parte da próstata ou de nódulos renais, com mínimos efeitos colaterais. A cirurgia robótica já se consolidou, mas sempre devemos avaliar as suas mais adequadas indicações.

A Medicina Nuclear vem sendo, cada vez mais, incorporada no plano terapêutico, tanto para diagnóstico quanto para tratamento. A ressonância magnética tem sido fundamental no diagnóstico e seguimento dos tumores urológicos. Temos novidades em marcadores genéticos para cânceres de próstata, que podem definir pacientes com maiores ou menores chances de cura ou progressão de doença, assim como novos conhecimentos nos tumores renais hereditários, nos tumores testiculares tanto localizados quanto disseminados.

As sessões de Tumores Urológicos no Next Frontiers to Cure Cancer 2021 devem abordar os progressos com a Imunoterapia para tumores renais, vesicais e prostático. Debateremos cirurgias em casos extremos como no câncer adrenal avançado, ou o câncer de bexiga após quimioterapia no retroperitônio. Teremos apresentações de tratamentos individualizados de acordo com marcadores biomoleculares, e com as condições de cada paciente.

Para falar sobre tratamento do câncer de pênis, um problema nacional, teremos 32 aulas em dois dias, entremeadas por 8 sessões de debates, discussões e  4 apresentações de resumos científicos sobre o tema. Todos os membros especializados do Centro de Referência em Câncer Urológico do A.C.Camargo estarão presentes, e também devemos contar com a presença de 23 convidados dos mais renomados centros internacionais.

Dos Estados Unidos: especialistas do Memorial Sloan Ketering Cancer Center, MD Anderson Cancer Center, palestrantes do National Cancer Institute, University of California Los Angeles (UCLA), SUNY - Upstate Medical University (Nova York), Lee Moffit Cancer Center, Fox Chase Cancer Center/Temple Philadelphia, City of Hope Comprehensive Cancer Center (Califórnia), University of Alabama, Yale Medical School, Washington University, Johns Hopkins University School of Medicine.

Da Europa, estarão presentes colegas do Institute Mutaliste Monstosuris (Paris/França), Spanish National Cancer Research Centre (Madrid/Espanha), Radboud University-Nimegen (Holanda), San Raffaele University (Milão/Itália)).

No último dia de evento, contaremos com a presença do Dr. Michael S. Jewett, do Princess Margaret Cancer Centre, (Toronto/Canadá), que fará uma palestra sobre “Advocacy: A defesa dos direitos dos pacientes com câncer Urológico nas diferentes culturas e nações”, um tema de importância crescente, frente ao envelhecimento populacional, ao aumento dos diagnósticos destes cânceres e aos altos custos e limitações dos acessos aos  modernos tratamentos, tanto em países riscos quanto em países em desenvolvimento quanto o Brasil. 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Chegou o #Desafio21 do A.C.Camargo Cancer Center
21 dias Este é o tempo necessário para transformar uma atitude em um hábito. Pensando nisso, desafiamos você a adotar um novo hábito que ajude na prevenção ao câncer. Pode ser um exercício físico, uma dieta mais saudável ou mesmo a redução do consumo de...
Úlcera no intestino pode ser sinal de câncer?
Essa ferida que aparece em diversas áreas do organismo é detectada via colonoscopia Úlcera é uma ferida que pode surgir em várias partes do corpo, até na pele, mas a palavra está quase sempre associada às úlceras no duodeno, no estômago e na junção deste...
O modelo Cancer Center do A.C.Camargo faz diferença no seu tratamento
A integração de diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer é o modelo adotado no A.C.Camargo Cancer Center, assim como nos principais Cancer Centers do mundo. Uma evolução do conceito de saúde em oncologia para aprofundar constantemente o conhecimento sobre a doença e gerar inovação...
Tuberculose pode causar câncer de pulmão? 
Pneumologista explica as diferenças entre as duas doenças, como é feito o diagnóstico e cuidados para prevenção De 24 a 31 de março é comemorada a Semana Nacional de Mobilização e Luta Contra a Tuberculose, uma doença pulmonar que ainda é um problema de saúde...
Equipe do A.C.Camargo Cancer Center participa do San Antonio Breast Cancer Symposium
Médicas e cientista estiveram presentes para discussões sobre câncer de mama Uma equipe de médicas e pesquisadoras do A.C.Camargo Cancer Center participou da 42ª edição do San Antonio Breast Cancer Symposium, no Texas (EUA). Estiveram presentes Dra. Fabiana Makdissi (head do Centro de Referência de...