Arte gráfica em verde claro com uma imagem de uma mulher de costas com a mão no queixo.

Mioma no útero poderia ser um sinal de câncer?

Publicado em: 22/03/2021 - 07:03:00
Tratamento
Prevenção
Tumores Ginecológicos
Colo do útero
Endométrio
Exames
Linha Fina

Quase sempre sem sintomas, quadro pode atingir até 70% das mulheres em fase reprodutiva

Algumas mulheres podem detectar um mioma (fibromioma) no útero ao fazer exames de rotina como o ultrassom pélvico.

Apesar do nome assustador, não há motivo para tensão: esse tipo de tumor é benigno, originário da proliferação da camada muscular do órgão, chamada de miométrio.

Geralmente, um mioma uterino não apresenta sintomas. Algumas pacientes relatam sangramentos e/ou algumas dores e urgência para urinar, relacionados ao aumento do volume e à compressão dos órgãos junto ao útero. 


Mioma uterino poderia desencadear um câncer?

"Os sarcomas uterinos são tumores malignos da camada muscular, mas não surgem a partir de miomas. Eles crescem e morrem benignos", explica o Dr. Glauco Baiocchi Neto, líder do Centro de Referência em Tumores Ginecológicos do A.C.Camargo Cancer Center.

O tratamento para o mioma de útero é realizado somente nos casos em que há sintomas, principalmente aqueles ligados ao tamanho do nódulo e ao desconforto. 

Cada caso é tratado individualmente: eles podem incluir a retirada completa do mioma (miomectoma) até a embolização, uma espécie de cateterismo que bloqueia a vascularização do mioma.


Como evitar o mioma

Não existe prevenção para esses nódulos. Estima-se que pelo menos 70% das mulheres devem desenvolver algum tipo de mioma ao longo de sua vida reprodutiva.

Ainda não é possível dizer o que causa os miomas, mas algumas pesquisas apontam para fatores hormonais, étnicos e hereditários. “Alguns grupos, como mulheres de origem asiática ou negras, possuem maior probabilidade de desenvolver mioma no útero”, diz o Dr. Baiocchi.

A incidência é maior em mulheres com mais de 40 anos e próximas da menopausa, mas o mioma pode surgir em qualquer momento da vida reprodutiva.


Sobre os tumores ginecológicos 

Em março, mês da mulher, publicamos diversos conteúdos informativos para prevenção e conscientização do câncer ginecológico.

Os tumores ginecológicos atingem, a cada ano, mais de 30 mil mulheres, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

A alta incidência decorre da descoberta tardia, uma vez que os sintomas são ausentes ou inespecíficos na fase inicial do tumor.

No entanto, baseado no histórico da paciente, nos exames clínicos e na análise anatomopatológica, é possível antecipar o diagnóstico e obter um tratamento mais efetivo.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

ASCO 2019: estudo em parceria com o A.C.Camargo aponta avanços no tratamento do câncer de próstata metastático sensível à castração
Trabalho contou com a participação do oncologista clínico Aldo Lourenço Dettino Em parceria com o A.C.Camargo, o estudo The Targeted Investigational Treatment Analysis of Novel Anti-androgen (TITAN)/A análise de novo Tratamento investigacional direcionado anti-andrógeno publicado em uma das principais revistas científicas do mundo, a The...
Coronavírus: como se proteger?
Mais Coronavírus - Recomendações importantes - Dúvidas mais frequentes - O paciente oncológico - O que é
Inovações no tratamento dos tumores do trato gastrointestinal (TGI) são destaques do Next Frontiers 2019
Medicina personalizada, discussões de casos clínicos e atualização sobre o que há de mais moderno estarão presentes nos painéis sobre TGI alto e baixo Imunoterapia e cirurgia robótica nos tratamentos do câncer gástrico. As síndromes hereditárias associadas a esse tipo de câncer. Os tratamentos moleculares...
Atendimento Oncológico Protegido: saiba como é o protocolo de higienização de equipamentos na Instituição
O tratamento oncológico traz muitas incertezas e preocupações ao paciente e seus familiares. Em muitos casos, um dos efeitos do tratamento é a diminuição da imunidade, favorecendo o risco de infecções, por isso é importante contar com um espaço limpo e seguro, contribuindo para realização...
Tumores pediátricos: conheça os sinais e sintomas
Para qualquer tipo de câncer, a detecção precoce é essencial para aumentar as chances de sucesso e reduzir os efeitos tóxicos do tratamento, principalmente para os tumores pediátricos, que costumam ser doenças com evolução rápida. Normalmente, o câncer em crianças apresenta sinais e sintomas que...