Na imagem, quatro mulheres brancas vestindo uma camiseta rosa claro com o laço rosa da campanha contra o câncer de mama.

Câncer de mama: pesquisa aponta aumento de 40% na incidência da doença no Brasil em quase 30 anos

Publicado em: 21/04/2021 - 00:04:00
Pesquisa
Prevenção
Biologia celular
Tumores de Mama
Mama
Linha Fina

Estudo realizado por pesquisadores brasileiros com dados do Global Burden of disease (IHM/USA) mostrou que a mortalidade por este tipo de tumor se manteve estável durante o período analisado

O câncer de mama é o segundo tipo de tumor mais frequente em mulheres, atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Nas últimas décadas, algumas pesquisas científicas mostraram que as taxas de mortalidade por câncer de mama foram reduzidas ou estabilizadas, principalmente em regiões mais desenvolvidas, como Estados Unidos e Europa.

No Brasil, a pesquisa Inequalities in the Burden of Female Breast Cancer in Brazil analisou 27 anos da incidência deste câncer no Brasil  e mostrou que estamos seguindo a tendência mundial em algumas regiões do país.

"Pelos estudos, pudemos observar  que a incidência de câncer de mama no Brasil aumentou em quase 40%. Entretanto, não houve queda do número de mortes", explica a Dra. Maria Paula Curado, pesquisadora no Centro Internacional de Pesquisa (CIPE), que participa do estudo.
 


Câncer de mama pelo Brasil

Esse aumento de 40% na incidência do câncer também está ligado a fatores externos, como obesidade, sedentarismo e consumo de álcool. Em algumas regiões do país, como sul e sudeste, a prevalência do câncer se mostrou alta pela facilidade de acesso ao diagnóstico e também pelo perfil populacional mais idoso.

“O foco do estudo foi  analisar o perfil da mulher brasileira com câncer de mama e evidenciar a necessidade do diagnóstico e tratamento de forma rápida. Isso proporciona às pacientes com câncer de mama  uma chance de  alta de cura”, diz.

Para conferir o estudo na íntegra (em inglês), clique aqui.
 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Podcast Rádio Cancer Center #19 - Julho Verde e a reabilitação de um câncer de cabeça e pescoço
Conheça mais as possibilidades terapêuticas da fonoaudiologia e da estomatologia Neste Julho Verde, mês de conscientização para o combate aos tumores de cabeça e pescoço (leia mais a seguir), é importante falar de reabilitação. É fundamental ressaltar as possibilidades de tratamento e até mesmo conhecer...
Cigarro Eletrônico é droga?
Como alternativa – não para a saúde, mas para o comércio – cresceu nos últimos anos o uso do cigarro eletrônico, conhecido pela abreviação e-cigs. Sua função é imitar o cigarro convencional ao oferecer o "tragar" sem a presença de algumas substâncias prejudiciais ao organismo...
Podcast Rádio Cancer Center #3 - Manual da pele no verão
Podcast Rádio Cancer Center, um espaço para falar o que importa em termos de prevenção. Se o tempo esquenta, é hora de tratar de proteger sua pele no verão com as dicas da Doutora Bianca Costa Soares de Sá, dermatologista do Centro de Referência em...
Podcast Rádio Cancer Center #37 - A vacinação da Covid-19 e o paciente oncológico
A vacinação da Covid-19 está sendo muito falada, mas pouco se diz sobre o paciente oncológico em meio ao processo de imunização. Os estudos feitos com as vacinas que estão imunizando a população não levam em conta pacientes oncológicos, que são imunocomprometidos. Assim, pairam algumas...
Genômica: no A.C.Camargo, você descobre antes se há risco de câncer – e o previne
Genômica: estima-se que de 5% a 10% dos tumores malignos sejam de origem hereditária. Parece pouco, mas trata-se de uma grande parcela da população mundial. É aí que entra a genômica, que verifica diretamente no DNA se a pessoa tem um risco aumentado de câncer...