A bebida alcoólica eleva o risco de um câncer de boca? Pular para o conteúdo principal

A bebida alcoólica eleva o risco de um câncer de boca?

 
Publicado em:

A bebida alcoólica eleva o risco de um câncer de boca?

Neste Julho Verde, mês de conscientização sobre o combate aos tumores de cabeça e pescoço, descubra como é a relação entre o álcool e as neoplasias 

Publicado em:

Neste Julho Verde, mês de conscientização sobre o combate aos tumores de cabeça e pescoço, descubra como é a relação entre o álcool e as neoplasias 

A bebida alcoólica pode ser, sim, um fator de risco para o desenvolvimento de um câncer.

Essa associação ocorre não apenas para um tumor de cabeça e pescoço, como boca, faringe e laringe. O álcool também pode implicar problemas no esôfago, mama e intestino grosso (colorretal).


Qualquer bebida alcoólica?

O álcool é prejudicial em todas as suas formas, mas o grande problema é o abuso dos destilados, pois o efeito carcinogênico é dose-dependente, e os destilados são os que apresentam a maior quantidade de álcool por mililitro (ml).

“O que a gente sabe é que, principalmente, bebidas destiladas têm esse potencial carcinogênico. Há trabalhos que mostram que quem toma a partir de duas doses diárias de destilados, ou seja, 14 ou mais doses por semana, eleva o risco de câncer sobretudo para boca, faringe e laringe”, explica o Dr. José Vartanian, head do Departamento de Tumores de Cabeça e Pescoço do A.C.Camargo.

“De vez em quando, não teria um problema uma cerveja ou um cálice de vinho, mas evite ao máximo os destilados”, avisa o especialista.


Interação com o cigarro 

Além do fator carcinogênico isolado do álcool, ele tem um efeito multiplicador do risco quando a pessoa também consome tabaco

“Quem fuma tem um risco até 25 vezes maior de desenvolver um câncer de boca. Já quem bebe ao menos duas doses diárias de destilados aumenta em até dez vezes esse risco. Quando se consome ambos ao mesmo tempo, multiplica-se o perigo. Em câncer de laringe, por exemplo, esse risco pode chegar a mais de 100 vezes. Assim, além de o álcool ter seu efeito isolado, ele potencializa muito o efeito do tabaco”, afirma o Dr. Vartanian.


Enxaguantes bucais

Alguns trabalhos na literatura científica, inclusive, mostraram que enxaguantes bucais com álcool também seriam um fator de risco. 

“Esses estudos revelaram que, se a pessoa faz o bochecho com um enxaguante com álcool mais de uma vez por dia, sendo duas ou três vezes, isso aumentaria em até duas vezes o risco de um câncer de boca. Por isso, muitas empresas reafirmam nos rótulos que o produto não contém álcool”, acrescenta o médico. 


Julho Verde: mês de conscientização 

A campanha mundial representa o mês de conscientização sobre o combate aos tumores de cabeça e pescoço.

Com o slogan O Câncer tá na Cara, mas às Vezes Você não Vê!, o movimento chama a atenção para as pessoas se precaverem o ano todo, para que fiquem atentas a eventuais sinais e sintomas, para que incluam hábitos saudáveis na rotina e realizem os exames médicos necessários.

A boa notícia é que, quando um câncer é detectado no início, são grandes as chances de sucesso no tratamento – sendo assim, cuide-se bem.
 

Saiba mais:

- Veja se seus sinais e sintomas precisam de avaliação médica

- Agende sua consulta ou seu exame

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Nossos índices de chance de cura são os mais altos do país
Lançado em abril de 2023, o Observatório do Câncer do A.C.Camargo avaliou mais de 98 mil casos tratados na instituição nos últimos 20 anos. E os dados apresentados mostram que, cada vez mais, alcançamos ótimos resultados junto aos pacientes. Nos...
Linfoma de Hodgkin x Linfoma não Hodgkin
Conheça os sinais e sintomas de cada um destes tipos de câncer hematológicos O linfoma surge no sistema linfático, uma rede de pequenos vasos e gânglios que é parte tanto do sistema circulatório como do sistema imune. O sistema coleta...
Conheça o centro de imunização do A.C.Camargo
O centro de imunização do A.C.Camargo Cancer Center surgiu para ampliar ainda mais o cuidado ao paciente oncológico oferecido na instituição. O espaço disponibiliza com comodidade e agilidade as vacinas para pacientes, familiares e qualquer pessoa interessada no serviço de...
Câncer colorretal tem cura e pode ser prevenido
O câncer colorretal é um dos mais frequentes no mundo todo. A boa notícia é que há prevenção para reduzir a probabilidade de desenvolver este câncer e as taxas de cura são altas quando detectadas precocemente. Por isso, conhecer e...
Proteja-se: vacina contra HPV é sua defesa contra vários tipos de câncer
O papilomavírus humano (HPV) é uma infecção sexualmente transmissível (IST) que pode ser transmitida por relações sexuais desprotegidas, infectando a pele ou as mucosas, como boca, vulva, vagina, colo do útero, reto, pênis, entre outros. Porém, mais importante ainda é...