Efemérides

Dia Nacional dos Ostomizados

Linha Fina

Comemorada em 16 de novembro, a data é marcada pela luta
contra o preconceito e a desinformação

O Dia Nacional dos Ostomizados, em 16 de novembro, foi criado como forma de tentar acabar com o preconceito por meio da informação.

A ostomia, também conhecida como estomia, é uma cirurgia realizada com objetivo de construir um novo caminho para eliminar a urina e as fezes. É um procedimento que salva vidas. Mas, ainda existem pessoas com preconceito ou que olham torto quando alguém diz ou mostra que é ostomizado.

 

 

Abaixo, confira os tipos de ostomias:

Colostomia: abertura no intestino grosso para saída de fezes ou urina e fezes.

Ileostomia: abertura no intestino delgado (fino) para saída de fezes. 

Urostomia: um pedaço do intestino delgado é ligado ao ureter para saída de urina.

Tipos de ostomias

A importância do radiologista na jornada do paciente oncológico

Linha Fina

Saiba qual o papel da equipe de radiologia durante as diversas etapas do tratamento

Em 8 de novembro celebramos o Dia Nacional do Médico Radiologista e o Dia Internacional da Radiologia. Você conhece qual a importância dos profissionais de radiologia e qual o seu papel na jornada do paciente oncológico? 

A importância dos radiologistas

A radiologia é de fundamental importância na medicina, pois possibilitou verificar imagens do interior do corpo humano sem a necessidade de uma cirurgia. Por isso, o Dia Nacional do Médico Radiologista e o Dia Internacional da Radiologia foram escolhidos para serem celebrados em 8 de novembro como homenagem ao dia em que o físico alemão Wilhelm Conrad Roentgen descobriu os raios X, em 1895. Sua descoberta revolucionou a medicina, que passou a contar com um instrumento mais preciso para fazer um diagnóstico.

Segundo as instituições internacionais que promovem o Dia Internacional da Radiologia, o objetivo é conscientizar o mundo para as impressionantes possibilidades médicas, científicas e até artísticas da imagem médica, além do papel essencial dos radiologistas em diversos cenários médicos.

A equipe de radiologia é responsável pelo diagnóstico de diversas doenças, que podem ser detectadas por métodos de imagem, e também pelo tratamento, por meio de procedimentos de radiologia intervencionista. Os exames de imagem mais utilizados na prática médica são as radiografias, mamografias, densitometrias, ultrassonografias, tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas. 

Os médicos radiologistas são responsáveis por orientar o protocolo adequado para cada exame, além de interpretar as imagens obtidas e redigir o laudo com as informações necessárias para o diagnóstico. Além do médico radiologista, outros profissionais que têm papel fundamental na rotina são os técnicos de radiologia, tecnólogos e biomédicos especializados em imagem, que são responsáveis por preparar o paciente e executar os exames de diagnóstico por imagem (com exceção da ultrassonografia, que é feita pelo próprio médico radiologista). 

Radiologistas em um cancer center

Como a qualidade da imagem é fundamental para ter uma interpretação adequada do exame, a equipe de radiologia do A.C.Camargo Cancer é formada por profissionais treinados e com experiência em oncologia e suas particularidades. Estes profissionais estão presentes durante toda a jornada do paciente oncológico, avaliando-o como um todo e considerando todos os exames anteriores já feitos (inclusive os que não são de imagem).

Alguns exemplos da atuação da radiologia na oncologia incluem diagnóstico de lesões suspeitas, indicação do estadiamento do tumor, se o câncer está crescendo ou diminuindo durante o tratamento, se o tumor voltou ou não após o paciente ter alta, e diversas outras possibilidades. Os métodos de imagem também são bastante utilizados para guiar uma biópsia percutânea, que retira um pedacinho do tumor para confirmação do diagnóstico sem necessidade de um procedimento cirúrgico.

Os exames de imagem funcionam como uma bússola para o oncologista, direcionando todas as etapas do tratamento. Por isso, uma equipe de radiologia integrada e experiente faz toda a diferença na qualidade da imagem produzida, na sua interpretação adequada e, consequentemente, no sucesso do tratamento oncológico.

Fontes: 
Dr. Almir Galvão Vieira Bitencourt, médico radiologista do A.C.Camargo Cancer Center
Dra. Camila Souza Guatelli, médica radiologista do A.C.Camargo Cancer Center
www.internationaldayofradiology.com
www.spr.org.br/a-spr/historia-da-radiologia

Novembro Azul: uma seleção de conteúdos para você saber tudo sobre tumores urológicos (e se prevenir)

Linha Fina

Separadas pelas temáticas de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação, pilares que definem a jornada do paciente no A.C.Camargo, confira dezenas de publicações (textos, vídeos e podcasts) que abordam a saúde masculina

Novembro Azul, o mês de conscientização para a saúde masculina. Uma campanha que reafirma a importância de focar a atenção nos tumores urológicos. 

O assunto não se resume ao câncer de próstata, embora ele seja o primeiro mais comum para os homens (exceto câncer de pele não melanoma), com previsão, segundo o INCA, de 65.840 novos casos para 2022.

Novembro Azul também tem como premissa o cuidado com os tumores de bexiga, o oitavo mais comum para os homens, com estimativa de 7.590 novos casos neste ano.

E, claro, as pautas do mês também giram em torno de tumores de pênis, rim e testículos.

Para que você saiba mais sobre o universo da campanha Novembro Azul, o A.C.Camargo Cancer Center apresenta a seguir dezenas de publicações.

Elas foram divididas pelas temáticas de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação, os pilares que definem a jornada do nosso paciente na Instituição.

Tem textos, vídeos, podcasts... Confira:

 

Podcast - Tumores urológicos: prevenção e diagnóstico precoce
Neste Novembro Azul, a Rádio Cancer Center #29 tem dicas para minimizar os riscos

Câncer de testículo é altamente curável e predominante em jovens
Tudo sobre fertilidade, atividade sexual, fatores de risco, indícios e formas de diagnóstico

Função sexual e câncer urológico: mitos e verdades
Impotência, fertilidade e outras questões que geram dúvidas 

Novembro Azul: uma live que vai além do câncer de próstata
Os especialistas do Centro de Referência em Tumores Urológicos debatem a saúde do homem

6 informações essenciais sobre o câncer de pênis
Uma delas é que a água e o sabonete são fundamentais para a prevenção

Câncer de rim: atividade física ajuda a reduzir este risco
A adoção de hábitos saudáveis ainda atua na melhoria de problemas cardiovasculares ou diabetes

Podcast Rádio Cancer Center - Um guia de prevenção
Ouça o episódio, adote estes hábitos simples e proteja a sua saúde

HPV, a vacina vital que previne vários tipos de câncer
Segura, essencial e subutilizada, a imunização pode evitar tumores como os de pênis, entre outros 

O manual sobre o câncer de pênis
O problema é evitável, já que suas principais causas são a falta de higiene e a fimose 

Novembro Azul em tirinhas
Cartunistas deixam a piada de lado para conscientizar sobre o câncer de próstata

Prevenção primária e prevenção secundária
É importante conhecer as formas de proteção para cuidar bem da saúde

Câncer de próstata: um infográfico com todas as etapas de diagnóstico e tratamento
Entenda tudo que pode acontecer durante a jornada do paciente no A.C.Camargo 

Mitos e verdades: a função urinária e o tratamento oncológico 
Esclareça suas principais dúvidas sobre incontinência e afins

Câncer de rim: pesquisa do A.C.Camargo recebe prêmio internacional
Com base em xenoenxertos, conheça esta técnica importante para a oncologia personalizada 

Coluna Fala, Doutor: o câncer de próstata
Saiba mais sobre as mutações genéticas e como se antecipar ao problema

Câncer de pênis: estudo mostra alta infecção por HPV na Amazônia
Trabalho apoiado pelo A.C.Camargo Cancer Center analisou tecidos de pacientes da região 

A detecção precoce do câncer de testículo salva vidas
É importante o homem conhecer o corpo para, caso perceba alterações no órgão, procurar um médico

Novembro Azul: atente-se ao diagnóstico precoce
Fique ligado nos exames que você deve fazer para monitorar a próstata

Mitos & verdades sobre o câncer de próstata
7 fatos que informam a população neste Novembro Azul

Um manual sobre o câncer de bexiga
Sinais, sintomas, fatores de risco, tratamentos e reabilitação

Um manual sobre o câncer de próstata
Sinais, sintomas, fatores de risco, tratamentos e reabilitação

Um manual sobre o câncer de rim
Sinais, sintomas, fatores de risco, tratamentos e reabilitação

Um manual sobre o câncer de testículos 
Sinais, sintomas, fatores de risco, tratamentos e reabilitação

Câncer de rim: pesquisa é reconhecida internacionalmente
Projeto visa descobrir biomarcadores de prognóstico usando xenoenxertos em camundongos

O câncer de rim e sua relação com a renina
A nova perspectiva sobre a função endócrina: este hormônio seria fator prognóstico para câncer?

No A.C.Camargo Cancer Center, a tecnologia salva vidas
Conheça as vantagens tecnológicas que operam a serviço do paciente e garantem as melhores práticas no combate ao câncer 

Câncer de rim: estudos do A.C.Camargo são o trunfo para personalizar ainda mais o tratamento
Saiba como o modelo integrado de um Cancer Center, que une assistência, ensino e pesquisa, está produzindo achados inéditos mundialmente 

Transplante de medula óssea para tratamento contra o câncer de testículo
Saiba como este tratamento contribui no combate à doença

Vantagens da cirurgia robótica para câncer de próstata
Redução no número de complicações é uma das diversas vantagens

Podcast Rádio Cancer Center - Tumores urológicos: as evoluções no tratamento
Ouça esta conversa e conheça as novidades que salvam vidas

Podcast Rádio Cancer Center - Tumores urológicos: os avanços em radioterapia
Uma conversa objetiva que mostra as vantagens desse tipo de terapia

Novembro Azul: é possível “não tratar” um câncer de rim ou de próstata
Saiba quando a melhor alternativa é apenas monitorar um tumor urológico 

Vídeo: tendências no tratamento do câncer de próstata
Assista e conheça as possibilidades para o segundo tumor mais comum entre os homens

Vídeo: o Novembro Azul e a evolução no tratamento sistêmico
Assista e saiba sobre avanços como a imunoterapia para tumores urológicos

Vídeo: a radioterapia para tumores urológicos
Assista e compreenda como esta terapia age durante o tratamento

Covid-19: A.C.Camargo ajuda a definir condutas oncológicas nacionais e internacionais
Corpo clínico participou da elaboração de diretrizes em especialidades como a urologia

Vídeo: o Novembro Azul e os caminhos para tratar o câncer de rim
Assista e entenda as tendências terapêuticas para os tumores renais

Tumores renais: a excelência em pesquisa no A.C.Camargo
Estudos analisam técnicas minimamente invasivas como a cirurgia robótica

Transplante de medula óssea pode ajudar no tratamento de um tumor de testículo
Oncologista explica sobre este tipo de câncer, que é mais comum em jovens entre 15 e 35 anos

Teranóstica, a medicina nuclear no tratamento do câncer
Inovador, este conceito usa materiais radioativos para obter informações sobre tumores 

Imunoterapia: medicamento para o câncer renal é aprovado pela ANVISA
Outros dois tratamentos se mostram eficazes para o combate a tumores de rim

Terapia-alvo é um dos pilares contra o câncer de rim
Pesquisa identificou biomarcadores tumorais que determinam se o tratamento é indicado

A.C.Camargo Cancer Center, um especialista em cirurgia robótica
Mais precisa, ela reduz o tempo no hospital e o tamanho de cicatrizes, entre outras vantagens

Nefrostomia guiada por tomografia é eficaz para melhorar a função renal
Pesquisa avalia procedimento necessário quando há obstrução das vias urinárias na pelve

Os principais trabalhos da ASCO 2020 em tumores urológicos
As novidades em tratamento apresentadas no congresso norte-americano

Estudo consolida benefício da terapia hormonal combinada no câncer de próstata metastático 
Apresentada na ASCO, a análise envolveu 1125 pacientes divididos em dois grupos

Os avanços no tratamento do câncer de próstata metastático 
Pesquisa internacional que envolve o A.C.Camargo mostra melhora significativa 

“Depois de 18 anos curado de um câncer, quero viver uma vida mais leve”
Conheça a história do Adelso, que tratou e curou um tumor de próstata no A.C.Camargo

Podcast Rádio Cancer Center - Tumores urológicos e atividade física
Você não precisa virar maratonista para ter prevenção e reabilitação: vale até passear com o cachorro

Fisiatra, o médico que promove mobilidade e qualidade de vida
Conheça este profissional de essencial importância para o “ir e vir”

A qualidade de vida e a reabilitação do paciente oncológico
Um olhar sobre o papel da fisioterapia na vida das pessoas

Nossa homenagem para o Dia do Médico

Hoje celebramos o Dia do Médico, profissionais que são especializados em vida e buscam proporcionar tempo de qualidade a todos os seus pacientes de forma singular.

Em nossa jornada de quase 70 anos, contamos com profissionais que possibilitam oportunidades reais de vitória e felicidades todos os dias ao nosso lado e estão sempre à frente do que existe de mais moderno em diagnóstico e tratamento do câncer.

Veja no vídeo nossa homenagem completa!

 

O câncer infantil e os cuidados paliativos

Linha Fina

Na semana do Dia Mundial dos Cuidados Paliativos (12/10), que cai na mesma data do Dia das Crianças, entenda como atua a equipe do A.C.Camargo 

Quando o assunto é o câncer infantil com necessidade de cuidados paliativos, a grande missão é realizar um cuidado ativo para pacientes que possuem um quadro com alto risco, melhorando sua qualidade de vida – isso também vale para os adultos. 

Missão esta que foca no paciente como um todo. Cuida da prevenção e do alívio do sofrimento, com identificação precoce, uma impecável avaliação e um plano de tratamento dos sintomas físicos, psicológicos, espirituais, emocionais e sociais, visando eliminá-los ou minimizá-los. 

Um ponto importante é desmistificar que os cuidados paliativos são aplicáveis apenas a pacientes que não têm possibilidade de cura. 


O câncer infantil e a atuação da família 

Para aliviar o sofrimento físico, afere-se a dor em escalas, além de outros sintomas, juntamente com uma avaliação psicológica e emocional. 

Também é preciso conhecer a dinâmica familiar do paciente, suas crenças e seus valores, para avaliar com mais precisão os aspectos psicológicos, espirituais e sociais da criança.

A partir disso, é montado um plano visando o tratamento como um todo.

A família é fundamental para que possamos aliviar e prevenir o sofrimento do paciente. Podemos avaliar esses aspectos buscando a espiritualidade dessa família, os sofrimentos pelos quais ela está passando e sua condição social.

Outubro Rosa: uma seleção de conteúdos para você saber tudo sobre o câncer de mama

Linha Fina

São dezenas de publicações divididas pelas temáticas de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação, pilares que definem a jornada do paciente no A.C.Camargo Cancer Center

Outubro Rosa: o Instituto Nacional de Câncer (INCA) projeta 66.280 novos casos de câncer de mama para cada ano do triênio 2020-2022, sendo o segundo mais comum entre as mulheres, atrás apenas dos tumores de pele não melanoma.

Sim, o Outubro Rosa, que é um mês de conscientização, está aí, mas você tem de se cuidar o ano todo. 

Por exemplo, inclua alimentos mais saudáveis nas refeições, faça atividade física e não deixe de realizar os exames médicos. 

Para que você saiba mais sobre o universo Outubro Rosa, o A.C.Camargo Cancer Center apresenta a seguir dezenas de publicações.

Elas foram divididas pelas temáticas de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação, os pilares que definem a jornada do nosso paciente na Instituição.

Tem textos, vídeos, podcasts... Confira:

Podcast Rádio Cancer Center – Inspire-se com a nossa paciente Michelly Zullo
Conheça a história desta mulher alto astral; ouça também a Dra. Solange Sanches, oncologista clínica

Podcast Rádio Cancer Center - Sinais e sintomas do câncer de mama
Ouça um papo descomplicado e aprenda a reconhecer os alertas que pedem uma consulta médica

Outubro Rosa: poderei engravidar após o tratamento de um câncer?
Mulheres diagnosticadas com tumores de mama podem recorrer ao congelamento dos óvulos

Outubro Rosa em vídeo: prevenção e diagnóstico precoce no câncer de mama
É o tumor mais comum entre as mulheres, atrás apenas do câncer de pele não melanoma

Amamentação e câncer de mama
Além de ser um ato de amor, traz vários benefícios e pode prevenir o surgimento de um tumor

Ingestão de álcool contribui para a formação de tumores
Entenda como a bebida alcoólica pode agir em diferentes partes do corpo

Obesidade é fator de risco para câncer
Saiba como o excesso de peso contribui para a formação de tumores 

Outubro Rosa: a oncogenética no câncer de mama
Assista ao vídeo e entenda como ela pode ser uma aliada no diagnóstico e no tratamento

Mitos & verdades sobre o câncer de mama
A informação correta é uma arma contra a enfermidade

A preservação da fertilidade em pacientes com câncer
Discussão buscou aproximar oncologistas e fertileutas

O futuro da oncologia por métodos genômicos e moleculares
Nesta conversa, saiba mais sobre prevenção e tratamento contra os tumores

Câncer de mama: um infográfico com todas as etapas de diagnóstico e tratamento
Entenda tudo que pode acontecer durante a jornada da paciente no A.C.Camargo

Outubro Rosa: entenda a classificação Bi-Rads
Índice obtido a partir de exames de imagem estima os riscos de um câncer de mama

Infográfico: sinais e sintomas do câncer de mama
Reconhecer os alertas é importante para ajudar na detecção precoce deste tipo de tumor

Reduza o desconforto durante a mamografia
Confira as táticas para tornar o exame mais tranquilo

Câncer de mama também atinge homens
Eles representam apenas 1% dos casos; apesar de raro, é importante ficar de olho  

Mitos & verdades sobre a mamografia
As principais dúvidas ao redor desse importante exame que ajuda a detectar o câncer de mama

Outubro Rosa: cuidados aos 40 e aos 50 anos
Não deixe para depois: a hora de fazer seus exames pode ser agora

Outubro Rosa: tomografia computadorizada é uma aliada na biópsia da mama
Raramente usada para exames na mama, ela ajuda a garantir o melhor planejamento terapêutico

A.C.Camargo Cancer Center apresenta a cartilha sobre o câncer de mama
Material contém informações simples e didáticas sobre diagnóstico, sintomas, exames, tipos... 

Os exames essenciais para diagnosticar o câncer de mama em mulheres com alto risco
Pesquisador publica artigo que discute os papéis da mamografia e da ressonância magnética

Inteligência artificial poderá auxiliar no diagnóstico de câncer de mama
Algoritmo pode prever qual a categoria de densidade mais provável do tumor mamário

Genômica, a ciência que faz diferença
Assista ao vídeo e entenda melhor como ela contribui para o combate ao câncer

Ressonância magnética auxilia no prognóstico do câncer de mama em mulheres jovens
Análise ratificou a eficiência do Centro de Referência em Tumores de Mama do A.C.Camargo

Mamografia associada a outros exames ajuda o diagnóstico precoce do câncer de mama
Procedimento se comprova um dos protagonistas no avanço na saúde da mulher

Dia Nacional da Mamografia
Confira a importância do exame para diagnóstico precoce dos tumores de mama

Cistos e alterações benignas na mama?
Por vezes, o acompanhamento pode ser suficiente

Estudo mostra que o PEM é capaz de detectar tumores com precisão
Mamografia por emissão de pósitron pode câncer em mulheres com microcalcificações na mama

O programa de navegação
Esta equipe de enfermagem contribui para diminuir a ansiedade em relação ao tratamento

O Outubro Rosa e a importância da saúde mental
5 dicas para pacientes com câncer de mama manterem o equilíbrio emocional

O Outubro Rosa e a visão 360º do tratamento do câncer de mama
Uma equipe multidisciplinar atua para que as melhores práticas e decisões prevaleçam

Outubro Rosa em vídeo: a radioterapia no câncer de mama
Assista e conheça as possibilidades terapêuticas desse procedimento

Câncer de mama metastático: como o peso impacta o tratamento com hormonioterapia
Mulheres com sobrepeso podem se beneficiar sem comprometer a qualidade de vida

Interações medicamentosas: avanços na investigação
Artigo analisa impactos de se associar inibidores da bomba de prótons ao tratamento

Vídeo: a doença metastática no câncer de mama
Neste Outubro Rosa, assista e conheça mais sobre o tema

Touca de resfriamento colabora com a autoestima
Outra vantagem: ajuda a preservar a privacidade das pacientes

A terapia-alvo para câncer de mama em pacientes idosas
Artigo analisa os tratamentos disponíveis e a importância de haver mais ensaios clínicos 

O que o paciente com câncer deve saber sobre interações medicamentosas?
Chás e alguns medicamentos podem interferir na ação dos quimioterápicos 

O câncer de mama em tempos de Covid-19
Estudo mostra como o A.C.Camargo elege os casos cirúrgicos com eficiência

Discussão sobre os benefícios da cirurgia para pacientes com câncer de mama metastático
Alguns estudos evidenciam que operar ajuda na sobrevida; já outros mostram que não

Triplo negativo, um atípico tumor de mama
Embora possa ser agressivo, ele apresenta perspectivas de cura quando descoberto precocemente

Radioterapia hipofracionada semanal: boas perspectivas no tratamento do câncer de mama
Estudo demonstrou bons resultados em relação à toxicidade e à ausência de recidiva local 

Estudos retrospectivos em parceria elevam qualidade dos resultados
Com maior número de casos, colaborações entre instituições tornam os achados mais precisos

Pesquisa avalia tolerância de medicamentos em 430 mulheres idosas com câncer de mama
Trabalho do A.C.Camargo analisou a eficácia de tratamentos com Trastuzumab e Lapatinib

Inibidores de PARP: estamos vivendo uma mudança de paradigma?
Medicamento atua inibindo enzimas relacionadas às mutações BRCA1 e BRCA2 

Triplo negativo, câncer de mama e imunoterapia
Conheça os resultados de um estudo realizado com 902 pacientes metastáticas

Estudo com mais de 5 mil mulheres revela sobrevida duplicada em casos de câncer de mama
Havia pacientes com metástase e em estágio inicial; todas foram tratadas no A.C.Camargo 

Câncer de mama, estudos e seus achados
Confira os resultados promissores de três publicações realizadas pelos especialistas do A.C.Camargo

Imunoterapia para o câncer de mama triplo negativo metastático
O uso desse recurso foi avaliado em estudo apresentado na ASCO 2020

Mama: atualização de seguimento de conduta terapêutica
Estudo apresentado na ASCO 2020 teve base na assinatura genética mammaprint

“Com o diagnóstico da doença, passei a ver a vida diferente e a focar ainda mais na família”
Conheça a história da Fernanda Poli, paciente do A.C.Camargo que enfrentou o câncer de mama

Outubro Rosa: prática de atividade física é benéfica durante e após o tratamento oncológico
Incluir exercícios ao longo da rotina faz bem ao organismo e ajuda no combate ao câncer

Podcast - A vida pós-tratamento do câncer de mama
Neste Outubro Rosa, ouça e saiba sobre os caminhos da reabilitação da reinserção social

“Manter o emocional é importante, inclui ter um tempo para se cuidar ou ficar sem fazer nada”
Enxergue pelo olhar do Fábio, esposo da Fernanda, paciente que trata um câncer de mama no A.C.C.

“A vida, para mim, está apenas começando! E eu estou cheia de planos!”
Conheça a história da paciente Diana Zaraya, professora que trata um câncer de mama no A.C.C.

Fisiodança ajuda na reabilitação de pacientes com câncer de mama
Projeto contribui para o bem-estar e a qualidade de vida de mulheres em tratamento 

A reabilitação de pacientes com câncer de mama
Doutora Fabiana Makdissi explica as diferentes possibilidades

Exercícios durante ou após a quimioterapia em pacientes com câncer
Estudo holandês apresentado na ASCO 2020 analisou o impacto da atividade física

Fisioterapia contribui para a qualidade de vida de mulheres com câncer
Pacientes com tumores de mama e ginecológicos podem prevenir o acúmulo de líquido

Reabilitação em câncer de mama no Brasil: onde estamos e futuros desafios
O cuidado precoce, multidisciplinar e global é necessário para a qualidade de vida das pacientes

Histórias reais sobre o câncer: conheça Gisele Gengo
Assista a este depoimento inspirador de uma mulher que venceu o problema 

Histórias reais sobre o câncer: conheça Cintia Makino
Veja mais um capítulo da série de vídeos com experiências inspiradoras 

Dia Mundial do Coração: doenças cardiovasculares no tratamento oncológico

Linha Fina

Entenda como o tratamento contra o câncer pode causar diversas doenças no coração e como esse problema pode ser solucionado

O Dia Mundial do Coração, celebrado em 29 de setembro e criado pela Federação Mundial do Coração, tem como objetivo conscientizar a população sobre as doenças cardiovasculares, que causam a morte de quase 19 milhões de pessoas a cada ano. 

Muitos dos fatores de risco para essas doenças são preveníveis. Mas, você sabia que pacientes oncológicos também podem desenvolver doenças cardiovasculares devido ao tratamento?

Cura a qualquer preço

Até a década de 70, o tratamento contra o câncer seguia a lógica da cura a qualquer preço.  Ou seja, eram utilizadas doses muito altas de um medicamento que era capaz de curar o câncer. Mas, a toxicidade do tratamento era tão alta que causava sequelas gravíssimas.

No caso das sequelas cardiológicas decorrentes do tratamento oncológico, o paciente pode sofrer com limitações do ponto de vista funcional, profissional e social, com riscos à sua vida.

O tratamento oncológico e as doenças cardiovasculares

Durante o tratamento contra o câncer, alguns medicamentos e tipos de radiação podem causar doenças cardiovasculares de forma aguda ou crônica, durante ou após o tratamento.

Durante a radioterapia, a radiação pode afetar a microcirculação de tecidos e órgãos sadios tornando-os friáveis, ou seja, que se fragmenta facilmente.  No caso do coração, o paciente pode ter problemas no músculo e nas artérias, inflamação do pericárdio, defeito nas válvulas, infarto, arritmia, entre outros.  São efeitos que costumam aparecer em longo prazo.

Alguns quimioterápicos, como da classe dos antracíclicos (o mais comum para diversos tipos de tumor), pode levar a uma dilatação e enfraquecimento do músculo cardíaco, causando arritmia. Por isso, é comum que o médico prescreva uma combinação de medicamentos, utilizando vários quimioterápicos com doses menores para minimizar os efeitos da toxicidade. 

Atualmente, são usados os mesmos quimioterápicos que eram prescritos há 50 anos. Porém, com a redução da dosagem, a combinação com outros medicamentos e o acompanhamento cardiológico, é possível evitar danos irreversíveis ao paciente.

GEPETTO

O risco de toxicidade cardiológica é maior para pacientes que já tenham doenças cardiovasculares pré-existentes, para idosos e crianças.

Para monitorar os pacientes infanto-juvenis, o A.C.Camargo criou o Grupo de Estudos Pediátricos dos Efeitos Tardios do Tratamento Oncológico (GEPETTO), com objetivo de avaliar eventuais consequências tardias do câncer em indivíduos que se trataram e se curaram na infância e na adolescência.

Para saber mais, clique aqui.

Cardiologia no A.C.Camargo

Os pacientes oncológicos do A.C.Camargo podem contar com uma equipe de cardiologistas clínicos e cirúrgicos com experiência em toxicidade cardiológica decorrentes do tratamento oncológico. Os pacientes são acompanhados de perto tanto ambulatorialmente quanto na internação. 

MAPA e holter

Agora, o paciente do A.C.Camargo também poderá marcar seu exame de MAPA e holter na instituição.

Fonte: Dr. Humberto João Rigon Jr., cardiologista e head de clínica médica do A.C.Camargo Cancer Center
Federação Mundial do Coração

Fonte:
Dr. Humberto João Rigon Jr., cardiologista e head de clínica médica do A.C.Camargo Cancer Center
Federação Mundial do Coração

Dia Mundial do Doador de Medula Óssea

Linha Fina

Veja um infográfico com os detalhes deste ato que salva vidas

Em 17 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. 

O procedimento servirá para o transplante, um tipo de tratamento que visa substituir uma medula óssea doente por uma saudável, para restabelecer a produção normal das células sanguíneas. É indicado para diversas doenças, como leucemia (leucemia adulto ou leucemia infantil), linfomas (linfoma de Hodgkin ou linfoma não Hodgkin), mieloma múltiplo, aplasia de medula e imunodeficiências.

O aumento do número de doadores voluntários brasileiros é imprescindível para aumentar as chances de encontrar uma medula compatível. Além disso, a espera pelo doador pode durar meses e isso pode ser um fator determinante para o sucesso do procedimento.

Confira o passo a passo e, se possível, participe: essa atitude poderá salvar vidas. 

Infográfico sobre a doação de medula óssea


 

A importância da segurança do paciente

Linha Fina

No Dia Mundial da Segurança do Paciente, confira um manual com orientações para os cuidados necessários durante a internação ou passagem pelo hospital

A Segurança do Paciente é nossa prioridade no A.C.Camargo Cancer Center. E você, sabe como pode contribuir para evitar riscos à sua saúde? 

Desenvolvemos um material especial de orientação sobre os cuidados necessários para que você esteja em segurança durante sua internação ou passagem pelo hospital. Reunimos informações e procedimentos básicos que devem ser seguidos por você, familiares, visitantes e por toda a equipe de profissionais da instituição. 

O material também vai ajudar a entender o que é a segurança do paciente, como você deve se proteger, o que perguntar, entre outros tópicos. 

Sepse tem prevenção e pode ser tratada

Linha Fina

No Dia Mundial da Sepse, saiba mais sobre ela, seus sinais e sintomas

O Dia Mundial da Sepse, marcado para 13 de setembro, foi criado para aumentar a conscientização sobre a doença. Cerca de 430 mil brasileiros têm o problema todos os anos. Desses, apenas 200 mil sobrevivem.


Mas você sabe o que é sepse?

Conhecida também como infecção generalizada ou septicemia, é uma resposta exagerada do próprio organismo contra alguma infecção, seja bacteriana, fúngica, viral, parasitária ou causada por protozoários.

Como consequência, essa reação exagerada pode levar ao mau funcionamento de alguns órgãos e, se não tratada rapidamente, pode levar o paciente à morte.


Sinais e sintomas

Os principais sinais e sintomas que podem indicar a doença são:

•    Febre
•    Dificuldade de respirar
•    Pressão arterial baixa
•    Ritmo cardíaco acelerado
•    Confusão mental

Fique atento. Ao notar estes sinais e sintomas, busque imediatamente um serviço de saúde.


Controle da sepse no A.C.Camargo

No A.C.Camargo Cancer Center, nossas equipes são constantemente treinadas para reconhecer os sinais de sepse e agir rapidamente. Temos protocolos que seguem padrões internacionais para prevenção e tratamento da doença, de forma a garantir o melhor cuidado com qualidade e segurança para o paciente. A Instituição também iniciou projetos de inteligência artificial para dar suporte à equipe na identificação de indicadores iniciais do problema.
 

FONTE:
Serviço de Controle de Infecção Relacionada a Assistência à Saúde (SCIRAS) do A.C.Camargo Cancer Center /  Instituto Latino Americano da Sepse (ILAS)