Segurança do Paciente: as 6 metas internacionais

Publicado em: 11/09/2019 - 10:09:02
Foco do paciente
Tratamento
Efemérides

Colaboradores do A.C.Camargo contam como cumprem tais medidas preventivas

 

A Organização Mundial de Saúde estabeleceu seis metas internacionais de segurança do paciente. Tamanha a importância, há até um Dia Mundial da Segurança do Paciente, celebrado em 17 de setembro  daí a programação intensa de palestras durante esta semana para os colaboradores do A.C.Camargo Cancer Center.

Essa metas de segurança têm como objetivo promover melhorias específicas e constantes na assistência. 

Abaixo, funcionários da Instituição explicam quais medidas precisam ser adotadas para que o atendimento prestado aos pacientes seja o mais adequado e seguro.

 

Giselda

1. Identificar corretamente o paciente. É o primeiro passo para uma assistência segura. No A.C.Camargo Cancer Center, utilizamos dois identificadores: nome completo do paciente e data de nascimento.

"A identificação correta salva vidas. Devemos sempre confirmar a data de nascimento e o nome do paciente"

 

Daiane

2. Melhorar a comunicação. Para uma assistência segura é necessário que a comunicação seja eficiente entre os profissionais da saúde e setores, garantindo que essas informações sejam transmitidas de forma completa e clara para dar continuidade no cuidado do paciente.

"A comunicação é a chave para uma assistência segura"

 

Ivone

3. Melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos. Falhas no processo de medicação são situações frequentes que ocorrem no mundo todo. Uma das principais causas envolve a administração equivocada relacionada à dose, à via de administração e ao tipo de droga. É necessário ter atenção no manuseio, na prescrição e na administração dos medicamentos para garantir que esses erros não ocorram.

"As informações técnicas sobre medicamentos ofertados pela Farmácia Clínica contribuem diretamente para a segurança dos nossos pacientes"

 

Samantha

4. Assegurar cirurgia em locais corretos. Antes do início de qualquer procedimento invasivo, verifique a identificação precisa do paciente, a marcação do local cirúrgico (quando for indicada) e a adequação dos equipamentos e recursos necessários. Confirme o procedimento a ser realizado e a obtenção do consentimento informado.

"Por em prática os protocolos propicia um ambiente confiável e a garantia de que a segurança dos pacientes está sempre em primeiro lugar"

 

wal

5. Higienizar as mãos para evitar infecções. Adote a higienização das mãos de forma adequada e constante. Para isso utilize o passo a passo dos 5 momentos para uma higiene adequada:
- Antes do contato com o paciente;
- Antes da realização de procedimento asséptico;
- Após risco de exposição a fluidos corporais;
- Após o contato com o paciente;
- Após o contato com áreas próximas ao paciente.

"Lavar as mãos é essencial para a proteção de nossos pacientes"

 

Isabel

6. Reduzir o risco de quedas e lesões por pressão. Avaliar individualmente todos os pacientes e identificar aqueles que apresentam uma propensão maior a sofrerem quedas e lesões por pressão, em função das condições clínicas atuais ou de fatores predisponentes. Diante do risco identificado, os profissionais adotam medidas preventivas e orientam pacientes e acompanhantes.

"Quando faço a higiene do chão, sinalizo com a placa 'Piso Molhado'. Assim, evito que alguém sofra uma queda"

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Facebook do Hospital A.C.Camargo está entre os cinco perfis com maior engajamento por postagens no Brasil
O perfil oficial do A.C.Camargo no Facebook foi a quinta marca com maior engajamento por postagens no mês de janeiro no Brasil. Isso só é possível quando uma empresa conquista fãs que realmente são fiéis e acompanham diariamente as divulgações, interagindo, curtindo, comentando e compartilhando...
Podcast Rádio Cancer Center #18 - Julho Verde: sinais e sintomas do câncer de tireoide
Julho Verde: você já ouviu falar dessa campanha? Ela é a bandeira do mês de conscientização mundial sobre o combate aos tumores de cabeça e pescoço. O câncer de tireoide é um dos mais comuns: as projeções do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que...
Covid-19: nova política de visitas para os pacientes internados
Com o objetivo de aumentar a segurança dos nossos pacientes e conter o avanço do novo Coronavírus, a política de visitas aos pacientes internados mudou UTIs Unidades Antônio Prudente e Tamandaré - Quando a visita for para um paciente com suspeita ou confirmação de Covid-19...
Tuberculose pode causar câncer de pulmão? 
Pneumologista explica as diferenças entre as duas doenças, como é feito o diagnóstico e cuidados para prevenção De 24 a 31 de março é comemorada a Semana Nacional de Mobilização e Luta Contra a Tuberculose, uma doença pulmonar que ainda é um problema de saúde...
Vídeo: o papel da radioterapia em tumores cerebrais
A definição do melhor tratamento para tumores cerebrais depende de uma série de fatores: tipo de tumor, número de lesões, estado geral do paciente, entre outros aspectos. O mais importante é que a decisão seja tomada por uma equipe multidisciplinar. Entre as alternativas disponíveis está...