Presença de bactéria H.pylori, relacionada ao câncer de estômago, chega a 57% na América Latina e Caribe

Publicado em: 27/06/2019 - 09:06:32
Pesquisa
Prevenção
Epidemiologia
Tumores do Aparelho Digestivo Alto

Condições ruins de saneamento básico e a ingestão de alimentos crus ou mal condicionados são as principais causas de infecção pela bactéria, que pode ser evitada e tratada

As taxas de incidência e de mortalidade do câncer gástrico são altas na América Latina e a bactéria H.pylori está associada ao desenvolvimento de alguns tipos de tumores como o adenocarcinoma. Para entender melhor esse assunto, o A.C.Camargo realizou o estudo Prevalence of Helicobacter pylori infection in Latin America and the Caribbean populations: a systematic review and meta-analysis / Prevalência de infecção por Helicobacter pylori em populações da América Latina e Caribe: uma revisão sistemática e metanálise, cuja autora é a doutora Maria Paula Curado, head do Núcleo de Epidemiologia e Estatística em Câncer do A.C.Camargo.

O trabalho se propôs a revisar estudos sobre o assunto em 14 países da América Latina e Caribe, incluindo mais de 24 mil indivíduos, entre 1987 e 2012. “Os dados sistematizados apontaram uma alta prevalência do H.pylori na região de 57,57% em todas as idades, enquanto a prevalência mundial é de 44,3%. Nas crianças e adolescentes a prevalência encontrada foi de 48,36%, enquanto em adultos foi de 69,26%. Em relação ao sexo, não foram observadas diferenças”, destaca a epidemiologista.

Dos casos incidentes de câncer associados a agentes infecciosos, aproximadamente 56% dos casos de câncer gástrico (não cárdia região de transição entre o esôfago inferior e o estômago) foram atribuídos ao H.pylori, em 2012. Entre as principais causas de infecção pela bactéria estão fatores como condições ruins de saneamento básico e a ingestão de alimentos crus ou mal condicionados.

De acordo com a doutora Maria Paula Curado, são necessárias ações de prevenção e tratamento desta bactéria, principalmente, em crianças e jovens. “Percebemos que o câncer gástrico só aparece na fase adulta, por isso é importante tratarmos o quanto antes as crianças e adolescentes que possuem a bactéria a fim de evitar os riscos para o desenvolvimento deste tipo de tumor”, ressalta.

Como forma de prevenção é importante que a qualquer sintoma de desconforto abdominal, enjoo e queimação, seja procurada a avaliação de um médico para investigação da causa. A bactéria pode ser diagnosticada por diversos exames, como a endoscopia e o tratamento inclui o uso de antibióticos via oral.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Orientações para pacientes e acompanhantes sobre novas variantes da covid-19 e influenza
Diante das dificuldades impostas pelas novas variantes da covid-19 e a epidemia de influenza, é importante tomar alguns cuidados para proteger a sua saúde e a de sua família. Confira: Orientações para acompanhantes e visitantes Se estiver com sintomas gripais, é importante não vir ao...
Com cientistas do A.C.Camargo e da USP entre os autores, estudo internacional vence premiação ao relacionar bactérias do intestino ao câncer colorretal
É a segunda vez que pesquisadores de nossa instituição garantem a láurea do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Conduzido por cientistas de um grupo internacional que inclui o A.C.Camargo Cancer Center, a USP e a Universidade de Trento, na Itália, um estudo...
Inovação: a era da bioimpressão 3D chega à saúde
Tecnologia permite a construção de tecidos que reduzem rejeições e de modelos in vitro para testes de drogas imunossupressoras Células carregadas em matrizes poliméricas, as chamadas biotintas, são impressas posicionadas hierarquicamente, camada a camada, de maneira programada. Nascem assim, por meio da tecnologia de bioimpressão...
Estudo revela que infecção por HIV não foi independentemente associada com aumento da mortalidade hospitalar
O impacto da infecção por HIV em pacientes com câncer e em estado crítico é desconhecido, porém, este conhecimento é indispensável para uma adequada admissão na UTI, um planejamento terapêutico e um aconselhamento a pacientes e parentes. Por isso, Dr. Pedro Caruso, head do Departamento...
Vídeo: prevenção e diagnóstico precoce no câncer de intestino
No Brasil, o câncer de cólon e reto (ou colorretal) é o segundo mais frequente entre as mulheres e o terceiro mais comum entre os homens. Ele está intimamente associado a maus hábitos alimentares e, por isso, pode ser prevenido. Assista ao vídeo e entenda...