Nossos pacientes da imunoterapia podem contar com monitoramento remoto Pular para o conteúdo principal

Nossos pacientes da imunoterapia podem contar com monitoramento remoto

 
Publicado em:

Nossos pacientes da imunoterapia podem contar com monitoramento remoto

Por meio de um aplicativo, os pacientes são monitorados de forma a evitar o agravamento do quadro clínico de sintomas, oferecendo um canal de comunicação rápida e ágil com a Instituição
 

Publicado em:

Homem com celular na mão, olhando a tela do aplicativo de monitoramento remoto

Homem com celular na mão, olhando a tela do aplicativo de monitoramento remoto

Por meio de um aplicativo, os pacientes são monitorados de forma a evitar o agravamento do quadro clínico de sintomas, oferecendo um canal de comunicação rápida e ágil com a Instituição
 

No A.C.Camargo Cancer Center, o acompanhamento de pacientes em imunoterapia, feito por telefone desde abril de 2018, foi aprimorado com a introdução de um aplicativo de monitoramento remoto de sintomas.

O desenvolvimento do aplicativo teve início em fevereiro de 2020, com a revisão do fluxo de identificação precoce de sintomas desenvolvido pelo Dr. Milton Barros, líder médico do Centro de Imunoterapia. O desenvolvimento integrou times assistenciais, de inovação, experiência do paciente, pesquisadores e tecnologia da informação.

A implantação do aplicativo começou em outubro de 2020, após meses de testes com a equipe assistencial e um grupo de 15 pacientes para garantir a segurança da transição e identificar oportunidades de melhoria. Atualmente, cotamos com 160 pacientes de imunoterapia utilizando o aplicativo.

"É uma forma efetiva de acompanhamento dos sintomas relacionados a imunoterapia por equipe especializada, evitando idas desnecessárias ao pronto-socorro e contribuindo para o sucesso do tratamento. É uma ferramenta de acolhimento aos pacientes, que permite o contato direto com os enfermeiros da imunoterapia" relata Patricia Carla, enfermeira e participante do time de desenvolvimento do projeto. 

No aplicativo, o paciente é estimulado a reportar sintomas semanalmente ou sempre que identificar algum que comprometa as atividades diárias e seja incapaz de tolerar até a próxima consulta médica. O fluxo de perguntas do aplicativo segue um estilo de linguagem conversacional, reduzindo o incômodo no preenchimento de longos questionários. Se não estiver disposto a responder as perguntas, o paciente também tem a opção de solicitar uma ligação. 

Depois de respondidas todas as perguntas, o aplicativo analisa os sintomas por meio de algoritmos e gera um resultado que pode ser desde a orientação para que o paciente aguarde a próxima consulta até a emissão de alertas.

No amarelo, o paciente é orientado a acompanhar os sintomas no período de 24 horas e receberá a ligação de um enfermeiro. No alerta vermelho, no qual são identificados sinais evidentes de deterioração clínica, como falta de ar e temperatura acima de 37,8° C, o paciente é orientado a seguir imediatamente para a emergência. Nestes casos, o enfermeiro monitora se o paciente compareceu ao pronto atendimento e qual foi o desfecho.

O monitoramento remoto e os benefícios para o paciente

Graziela Escobar, gerente sênior de operações e líder operacional do projeto, explica que o aplicativo trouxe resultados imediatos para a experiência do paciente da imunoterapia, como a percepção de cuidado integrado entre os profissionais, melhor comunicação com enfermeiros, informações relevantes ao paciente e cuidador sobre os sintomas relacionados ao tratamento, engajamento do paciente nas orientações de cuidado e segurança no monitoramento do tratamento e de gerenciamento da dor.

“O aplicativo também reforça a segurança no direcionamento para Emergência somente dos casos que requerem atendimento presencial, o que é um fator relevante neste cenário de pandemia”, explica Graziela.

Segundo Victor Sato, supervisor de inovação do A.C.Camargo, o próximo passo é expandir o monitoramento remoto para pacientes em tratamentos com quimioterapia, radioterapia e em período pré e pós-cirúrgico. “O aplicativo também é uma forma de se comunicar de forma rápida e ágil com a Instituição, o que proporcionou maior segurança e acolhimento para estes pacientes. Por isso, em breve, será expandido para todas as linhas de tratamento”, finaliza.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Um símbolo da nossa coragem
Outro dia, numa consulta, o médico colocou um estetoscópio nos ouvidos e encostou o auscultador no meu peito. Para não dizer que tomei um susto, eu me surpreendi com o gesto. Há anos não via o tradicional aparelho em consultório...
Conheça o centro de imunização do A.C.Camargo
O centro de imunização do A.C.Camargo Cancer Center surgiu para ampliar ainda mais o cuidado ao paciente oncológico oferecido na instituição. O espaço disponibiliza com comodidade e agilidade as vacinas para pacientes, familiares e qualquer pessoa interessada no serviço de...
Câncer colorretal tem cura e pode ser prevenido
O câncer colorretal é um dos mais frequentes no mundo todo. A boa notícia é que há prevenção para reduzir a probabilidade de desenvolver este câncer e as taxas de cura são altas quando detectadas precocemente. Por isso, conhecer e...
Câncer infantil se cura com ciência, alegria e carinho
A experiência do paciente de câncer, dele e de sua família, é bem difícil, não há como negar. Quem vive, sabe como a doença convulsiona as emoções, transtorna o cotidiano, impacta a vida. Já é duro passar por ela quando...
Dona Carmen, a nossa padroeira
Na semana que vem ele me alcança. Tem sido assim desde sempre, desde que nascemos naquele mesmo ano. Eu faço aniversário e, menos de dois meses depois, ele faz também. Na próxima semana, o A.C.Camargo completa os 71 de uma...