Homem com celular na mão, olhando a tela do aplicativo de monitoramento remoto

Nossos pacientes da imunoterapia podem contar com monitoramento remoto

Publicado em: 08/02/2021 - 09:02:20
Institucional
Tratamento
Inovação e tecnologia
Linha Fina

Por meio de um aplicativo, os pacientes são monitorados de forma a evitar o agravamento do quadro clínico de sintomas, oferecendo um canal de comunicação rápida e ágil com a Instituição
 

No A.C.Camargo Cancer Center, o acompanhamento de pacientes em imunoterapia, feito por telefone desde abril de 2018, foi aprimorado com a introdução de um aplicativo de monitoramento remoto de sintomas.

O desenvolvimento do aplicativo teve início em fevereiro de 2020, com a revisão do fluxo de identificação precoce de sintomas desenvolvido pelo Dr. Milton Barros, líder médico do Centro de Imunoterapia. O desenvolvimento integrou times assistenciais, de inovação, experiência do paciente, pesquisadores e tecnologia da informação.

A implantação do aplicativo começou em outubro de 2020, após meses de testes com a equipe assistencial e um grupo de 15 pacientes para garantir a segurança da transição e identificar oportunidades de melhoria. Atualmente, cotamos com 160 pacientes de imunoterapia utilizando o aplicativo.

"É uma forma efetiva de acompanhamento dos sintomas relacionados a imunoterapia por equipe especializada, evitando idas desnecessárias ao pronto-socorro e contribuindo para o sucesso do tratamento. É uma ferramenta de acolhimento aos pacientes, que permite o contato direto com os enfermeiros da imunoterapia" relata Patricia Carla, enfermeira e participante do time de desenvolvimento do projeto. 

No aplicativo, o paciente é estimulado a reportar sintomas semanalmente ou sempre que identificar algum que comprometa as atividades diárias e seja incapaz de tolerar até a próxima consulta médica. O fluxo de perguntas do aplicativo segue um estilo de linguagem conversacional, reduzindo o incômodo no preenchimento de longos questionários. Se não estiver disposto a responder as perguntas, o paciente também tem a opção de solicitar uma ligação. 

Depois de respondidas todas as perguntas, o aplicativo analisa os sintomas por meio de algoritmos e gera um resultado que pode ser desde a orientação para que o paciente aguarde a próxima consulta até a emissão de alertas.

No amarelo, o paciente é orientado a acompanhar os sintomas no período de 24 horas e receberá a ligação de um enfermeiro. No alerta vermelho, no qual são identificados sinais evidentes de deterioração clínica, como falta de ar e temperatura acima de 37,8° C, o paciente é orientado a seguir imediatamente para a emergência. Nestes casos, o enfermeiro monitora se o paciente compareceu ao pronto atendimento e qual foi o desfecho.

O monitoramento remoto e os benefícios para o paciente

Graziela Escobar, gerente sênior de operações e líder operacional do projeto, explica que o aplicativo trouxe resultados imediatos para a experiência do paciente da imunoterapia, como a percepção de cuidado integrado entre os profissionais, melhor comunicação com enfermeiros, informações relevantes ao paciente e cuidador sobre os sintomas relacionados ao tratamento, engajamento do paciente nas orientações de cuidado e segurança no monitoramento do tratamento e de gerenciamento da dor.

“O aplicativo também reforça a segurança no direcionamento para Emergência somente dos casos que requerem atendimento presencial, o que é um fator relevante neste cenário de pandemia”, explica Graziela.

Segundo Victor Sato, supervisor de inovação do A.C.Camargo, o próximo passo é expandir o monitoramento remoto para pacientes em tratamentos com quimioterapia, radioterapia e em período pré e pós-cirúrgico. “O aplicativo também é uma forma de se comunicar de forma rápida e ágil com a Instituição, o que proporcionou maior segurança e acolhimento para estes pacientes. Por isso, em breve, será expandido para todas as linhas de tratamento”, finaliza.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Radioterapia: acolhimento ao paciente
Por Katia Trigo, Enfermeira da Radioterapia do A.C.Camargo Cancer Center Na Semana Brasileira da Oncologia, apresentei o resultado do trabalho de acolhimento, conhecido como Radiotour, que realizamos no A.C.Camargo Cancer Center. É algo inovador e vai de encontro com os temas mais atuais em relação...
Vamos comemorar o DIA DO NUTRICIONISTA deixando você com água na boca!
No Dia do Nutricionista, trazemos diversas receitas deliciosas e funcionais elaboradas pelo nosso time do Departamento de Nutrição e Dietética. Thaís Manfrinato Miola, supervisora de Nutrição Clínica do A.C.Camargo Cancer Center, explica que, tanto para quem está em tratamento oncológico quanto para quem não está...
Tumores Cutâneos no Next Frontiers to Cure Cancer 2021
O Next Frontiers to Cure Cancer é um congresso internacional organizado pelo A.C.Camargo Cancer Center para discutir os principais avanços em pesquisa e inovação em diagnóstico e tratamento do câncer. Voltado para médicos, cientistas e multiprofissionais de diversas áreas, como enfermeiros, fisioterapeutas, entre outros, o...
Histórias reais sobre o câncer: conheça Amanda Benites
Assista ao quarto capítulo da série de vídeos em parceria com a Revista Claudia: são vivências inspiradoras de mulheres que lutam contra o câncer Quando se tem 21 para 22 anos, é difícil imaginar um revés na saúde. Era o caso da professora paranaense Amanda...
Conheça os sinais e sintomas dos tumores na região da garganta
A garganta, assim como a boca, participa da respiração, fala, alimentação e deglutição, contendo vários tipos de células e tecidos nos quais diferentes tipos de tumores podem se desenvolver. Alguns sintomas são comuns para grande parte dos tumores na garganta. Outros são bem específicos. Por...