Histórias reais sobre o câncer: conheça Miriam Haidamus

Publicado em: 06/06/2019 - 10:06:19
Tratamento
Diagnóstico
Cirurgia
Neoplasias Hematológicas

Após tratar uma leucemia diagnosticada em 2015, Miriam Haidamus se prepara para participar dos Jogos Mundiais dos Transplantados 

Após sentir fortes dores de estômago e procurar um Pronto Socorro, a servidora pública Miriam Haidamus foi diagnosticada com leucemia. Mesmo depois de acabar o tratamento e entrar em remissão, a doença voltou e ela descobriu que precisava fazer um transplante de medula óssea. 

Miriam foi encaminhada para o A.C.Camargo Cancer Center, onde começaram as buscas por um doador 100% compatível. “Como não consegui ninguém, os médicos acharam que seria uma boa solução fazer o transplante com o meu irmão, que era 50% compatível. Foi uma união maior ainda para a família saber que eu tinha ao meu lado alguém que pôde me dar a vida de novo”, conta.

Como sempre foi muito ativa e gostava de corrida de rua, Miriam resolveu buscar atividades físicas que poderia fazer assim que teve a liberação dos médicos. Descobriu os Jogos Mundiais dos Transplantados e decidiu praticar o triatlo. Até o fim do ano, deve participar da sua primeira prova e, em 2020, já planeja participar da competição mundial. 

Abaixo, confira o quinto vídeo da websérie “Histórias reais sobre o câncer em um Cancer Center”, realizada em parceria com a CLAUDIA Online. Com delicadeza, mulheres contam em cinco episódios suas histórias sobre o diagnóstico e o tratamento – e como o A.C.Camargo fez diferença na trajetória delas.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Leucemia: pesquisadores brasileiros trabalham em um tratamento menos invasivo para pacientes graves
A leucemia é o décimo tipo de câncer mais comum entre os homens, com 5.920 novos casos por ano, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Atinge, ainda, muitas crianças. Por isso, as pesquisas sobre o tema são recorrentes. Neste momento, pesquisadores brasileiros trabalham em...
HPV x Papanicolau
A investigação do vírus HPV não substitui a realização do papanicolau. Ambos são feitos por meio do mesmo material. Por sua vez, a análise do HPV tem se mostrado mais sensível. “Ao investigarmos a infecção pelo vírus, quando o resultado dá negativo nós podemos afirmar...
Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil
Dra. Cecília Costa, head da pediatria do A.C.Camargo Cancer Center, explica a importância da equipe multidisciplinar especializada para o tratamento do paciente pediátrico O Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil é comemorado em 23 de novembro. A data é uma forma de chamar atenção...
Dia Nacional de Combate ao Câncer
O Dia Nacional de Combate ao Câncer, criado em 1988, é comemorado em 27 de novembro. O objetivo da data é ampliar o conhecimento da população sobre o câncer, principalmente sobre a sua prevenção. Confira abaixo as principais formas de prevenção. Elimine o cigarro da...
Presença de proteína no sangue é um importante biomarcador para controle de câncer de estômago
Oncogene HER 2 é maior nas células tumorais circulantes do que nos tumores primários O câncer de estômago é a terceira neoplasia maligna mais letal do planeta, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) – corresponde a 8% de todos os tumores. Entre as causas...