Entenda a diferença entre quimioterapia vermelha e branca

Publicado em: 13/06/2022 - 11:06:07
Linha Fina

Esclarecemos essa dúvida de muitas pessoas, que associam a quimioterapia vermelha a efeitos colaterais mais fortes e ação mais intensa e a quimioterapia branca a efeitos e ação mais leves

Muitas pessoas quando ouvem falar de quimioterapia vermelha ou branca têm dúvidas do que essas cores significam. Uma é mais “forte” do que a outra? A vermelha tem mais efeito colateral do que a branca? Entenda o que significa essas cores.

A quimioterapia e as cores

A quimioterapia vermelha é formada por uma classe de medicamentos chamada antraciclinas, que apresentam tons avermelhados. A quimioterapia branca é formada por diversas classes de medicamentos que não apresentam nenhuma cor, como ciclofosfamida, taxanos, gencitabina e vinorelbina.

Ou seja, a cor do medicamento é devido às características físico-químicas dos seus componentes e não influencia nos efeitos colaterais. O que determina se um é “mais forte” que o outro não é a cor, mas a dosagem, a combinação dos medicamentos e o protocolo para cada tipo de tumor.

A única diferença entre a quimioterapia vermelha e a branca é a forma de administração. Enquanto a vermelha é administrada exclusivamente de forma endovenosa, a branca pode ser endovenosa, intramuscular, subcutânea ou intratecal.

Além da vermelha e da branca, existem quimioterápicos que apresentam outras cores, como é o caso do metotrexato, de coloração amarela, e da mitoxantrona, de coloração azul.

Combinação de medicamentos

O tratamento quimioterápico pode contar com um único medicamento ou com a combinação de vários deles com doses diferentes e variadas formas de administração.

Os medicamentos da quimioterapia vermelha, por exemplo, são muito utilizados para pacientes com câncer de mama. Mas, é mais comum ainda a paciente fazer o tratamento com uma combinação de quimioterapia branca e vermelha.

Cada dose e combinação de medicamento é única, preparada de acordo com as recomendações do médico e com o peso e a altura do paciente.

Manipulação de quimioterápico: escolha uma instituição de confiança

A manipulação do quimioterápico segue legislações, normas e protocolos de segurança. Por isso, todo farmacêutico contratado pelo A.C.Camargo, mesmo que já tenha experiência com quimioterápicos, passa por um treinamento de três meses para garantir a aderência aos rígidos protocolos de segurança da Instituição.

Como somente um farmacêutico é capaz de verificar se a medicação foi preparada de forma correta, é importante o paciente escolher bem onde fazer seu tratamento. Neste cenário, uma instituição especializada, como um cancer center, torna-se a opção mais segura. No A.C.Camargo, nossa Farmácia não só é diferenciada como também é referência em todo o Brasil. 

Tudo sobre quimioterapia

Se você tem dúvidas ou quer saber mais sobre o tratamento quimioterápico, clique aqui. Você poderá conferir diversas respostas para as principais perguntas sobre este tratamento.

 

Fonte: Aline Rezende, farmacêutica do setor de quimioterapia do A.C.Camargo Cancer Center
 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

O papel do enfermeiro navegador e seu impacto na jornada oncológica
Durante a jornada oncológica, pacientes do A.C.Camargo Cancer Center podem contar com a expertise dos enfermeiros navegadores. São profissionais altamente especializados em oncologia que atuam como um elo entre o paciente e todas as equipes (assistenciais e administrativas), desenvolvendo um trabalho fundamental para melhorar os...
"O homem não pode se descuidar de jeito nenhum!"
Sou Carlos Levy, tenho 75 anos, funcionário público aposentado e pai de cinco filhos. Também sou avô dos meus quatro queridos netos e casado com o amor da minha vida, Amália. Desde meus 50 anos tenho um compromisso comigo mesmo: fazer meus exames periódicos. Sigo...
2020, O Ano do Profissional de Enfermagem
Saiba mais sobre essa especialidade vital para o cuidado. Clique aqui caso tenha problemas para acessar o vídeo abaixo. video { width: 100%; height: auto; }
21/09: Dia Mundial do Doador de Medula Óssea
Em 21 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. O procedimento servirá para o transplante, um tipo de tratamento que visa substituir uma medula óssea doente...
25/09 - Palestra Segurança do Paciente: participe!
A importância do paciente, acompanhante e cuidador no atendimento hospitalar Convidamos você para participar de uma palestra especial, onde falaremos sobre a importância de cada pessoa nas questões relacionadas à segurança de nossos pacientes. Será uma tarde de compartilhamento de muito conhecimento e experiências. Você...