Médica fazendo ultrassom de tireoide em uma paciente mulher. Ambas são brancas e jovens.

Dia Internacional da Tireoide: cistos e nódulos podem desenvolver um câncer?

Publicado em: 21/05/2021 - 12:05:18
Linha Fina

Celebrada em 25 de maio, data reforça a importância de se manter os exames em dia e prevenir doenças no órgão

 

Dia Internacional da Tireoide: para que cada órgão dentro do nosso corpo execute sua função básica, é preciso que cada um receba uma regulação hormonal para funcionar. Esse “comando” é enviado pela tireoide, responsável pela produção desses hormônios (T3 e T4, triiodotironina e tiroxina, respectivamente). A glândula possui forma semelhante a uma borboleta, localizada na parte anterior do pescoço.

A tireoide atua diretamente no crescimento e desenvolvimento do corpo humano, assim como na regulação dos ciclos menstruais, concentração, humor e até fertilidade.


Tireoide x cisto x nódulo

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), mais de 13 mil novos casos de câncer de tireoide foram diagnosticados em 2020, ou seja, 7 casos para cada 100 mil brasileiros.

A tireoide pode apresentar alguns problemas, entre eles, cisto e nódulo.  O cisto é uma condição em que há um acúmulo de líquido em uma cavidade. Já os nódulos são sólidos ou mistos. Na maioria das vezes, eles podem não apresentar sinais e sintomas, e são detectados através de ultrassons ou outros exames de imagem.

“Tanto os cistos como os nódulos, também chamados de nódulos coloides, são benignos e não se transformam em câncer. Eles podem, inclusive, desaparecer sozinhos ou após cirurgias, ablação ou até mesmo após punção realizada para diagnóstico. Depende de cada caso”, explica o Dr. Luiz Paulo Kowalski, líder do Centro de Referências em Tumores de Cabeça e Pescoço do A.C.Camargo Cancer Center.

No entanto, eles podem crescer e produzir sintomas importantes. Por isso, é importante manter o acompanhamento e ficar atento a qualquer sinal da doença, como dificuldade para engolir e rouquidão.


Tireoide desenvolve câncer?

O câncer na tireoide, por sua vez, exige atenção. A maioria hoje é diagnosticado da mesma forma que as doenças benignas, isto é, de pequeno volume, assintomáticos e por meio de exames de imagem. No entanto, alguns manifestam-se como nódulo no pescoço que cresce lentamente ou depressa, podendo causar dor na parte da frente do pescoço, dificuldade para engolir, rouquidão e tosse que não passa.

A atriz Carla Diaz, de 30 anos, revelou recentemente que havia sido diagnosticada com câncer de tireoide, o que chamou bastante atenção. Dr. Kowalski lembra que o tumor é uma doença que pode ocorrer em qualquer idade e que merece cuidados. “É uma doença que costuma ocorrer na faixa dos 30 a 50 anos e a incidência é três vezes maior em mulheres do que em homens. Muitas vezes, a evolução pode ser silenciosa. Vários estudos, no entanto, não mostram vantagem na realização de exames preventivos como os recomendados e muito importantes para câncer de mama ou de colo uterino”, explica.

Mas, fatores como exposição a radiação e algumas doenças hereditárias devem ser levadas em consideração na hora de indicar-se os exames de rotina.

Dr. Luiz Paulo Kowalski, líder do Centro de Referência de Tumores em Cabeça e Pescoço do A.C.Camargo Cancer Center
"
"Tanto os cistos como os nódulos, também chamados de nódulos coloides, são benignos e não se transformam em câncer. Eles podem, inclusive, desaparecer sozinhos ou após cirurgias, ablação ou até mesmo após punção realizada para diagnóstico
Dr. Luiz Paulo Kowalski, líder do Centro de Referência de Tumores em Cabeça e Pescoço do A.C.Camargo Cancer Center

 

O câncer não espera. Fique atento aos sinais e sintomas e, caso seja suspeito ou confirmado o diagnóstico de câncer de tireoide, marque sua consulta. Estamos à disposição para atender você com toda segurança e seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19.
 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

A bebida alcoólica eleva o risco de um câncer de boca?
A bebida alcoólica pode ser, sim, um fator de risco para o desenvolvimento de um câncer. Essa associação ocorre não apenas para um tumor de cabeça e pescoço, como boca, faringe e laringe. O álcool também pode implicar problemas no esôfago, mama e intestino grosso...
Podcast Rádio Cancer Center #20 - O cirurgião oncológico
Conheça o papel deste especialista essencial A conversa de hoje é sobre o papel do cirurgião oncológico. Vamos falar da atuação desse especialista que é vital para o tratamento do câncer. Trata-se de um profissional que não somente é preparado para conduzir cirurgias de alta...
Podcast Rádio Cancer Center #19 - Julho Verde e a reabilitação de um câncer de cabeça e pescoço
Conheça mais as possibilidades terapêuticas da fonoaudiologia e da estomatologia Neste Julho Verde, mês de conscientização para o combate aos tumores de cabeça e pescoço (leia mais a seguir), é importante falar de reabilitação. É fundamental ressaltar as possibilidades de tratamento e até mesmo conhecer...
Como eu me tornei uma oncologista
Para marcar este 9 de julho, Dia do Oncologista, saiba mais sobre a profissão com o depoimento da Dra. Maria Nirvana da Cruz Formiga, oncologista clínica do Departamento de Oncogenética do A.C.Camargo “A oncologia é uma área que me encantou desde o 5° ano da...
Julho Verde: 9 mitos & verdades sobre o câncer de cabeça e pescoço
Julho Verde: os tumores de cabeça e pescoço representam o nono tipo de câncer mais comum no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Incluindo todas as áreas da cavidade oral, como a língua e boca, e órgãos como laringe, faringe, seios...