Edição gráfica de um laço azul com a foto do paciente Adelso

“Depois de 18 anos curado de um câncer, quero viver uma vida mais leve”

Publicado em: 25/11/2020 - 12:11:30
Foco do paciente
Tratamento
Epidemiologia
Tumores Urológicos
Linha Fina

 

Neste Novembro Azul, conheça a história do nosso paciente Adelso, escrivão de polícia aposentado que enfrentou um tumor de próstata e foi tratado no A.C.Camargo Cancer Center

 

“Minha vida é cheia de histórias e experiências. Sou um escrivão de polícia aposentado, com uma família linda e bem grande: sou casado com a querida Matilde, a mulher da minha vida! Com o casamento, vieram os filhos: Ricardo e Janeth, que nos presentaram com quatro netos, meus xodós.

Todo fim de semana que podemos, a gente dá uma escapada para a praia. E aí é só diversão! Sou um avô muito presente, curtindo os netos em casa ou viajando à praia.

Todo ano faço meus exames de rotina, pra conferir como anda minha saúde. Minha esposa fica sempre no meu pé, incentivando a cuidar do meu bem-estar e relembrando sempre dos meus compromissos com a saúde. E ela está certíssima!

Lá em 2003, o exame de próstata detectou algo diferente. O médico, na ocasião, até disse: "Não estou gostando do que vi!". Fiquei muito assustado, será que minha vida acabaria ali? Insatisfeito com o diagnóstico, fui atrás de outro profissional, indicado por um amigo.

O novo médico era o Doutor Stênio de Cássio Zequi, do A.C.Camargo. Pensa em um cara gente boa! Na consulta, prontamente ele identificou meu tumor, pediu mais exames e já começamos a pensar em uma possível cirurgia. O que mais gostei é que o Doutor – que eu chamo carinhosamente de ‘Papa da Urologia’ – foi muito legal comigo, tivemos uma conversa franca e sincera sobre meu problema.

Como meu tumor foi recém-descoberto, ele me passou as opções de tratamento – rádio, hormonioterapia ou cirurgia. Escolhi a última alternativa.

A cirurgia foi um sucesso, o Doutor retirou minha próstata e sigo saudável até hoje. A cada seis meses faço questão de visitar o Doutor Stênio, que virou meu grande amigo e colega na luta contra o câncer.

Aprendizado na jornada

No momento em que o câncer chega à nossa vida, a gente fica muito mexido. Mas meu tumor foi diagnosticado muito precocemente, o que ajudou no meu tratamento rápido e sem sequelas.

A partir disso, virei uma enciclopédia do câncer: pesquiso de tudo um pouco (sempre em fontes seguras, como o portal do A.C.Camargo) e tranquilizo meus colegas com as informações que busco.

Depois de 18 anos curado de um câncer, quero viver uma vida mais leve. Sei que muitos homens costumam adiar os exames de rotina, seja por falta de tempo, vergonha ou qualquer outro motivo. Se vale um conselho, diria que nossa saúde é muito preciosa e essas desculpas não são suficientes.

"Hoje tenho 74 anos bem vividos, e com muitos a vir. Quero estar com ainda mais saúde para curtir minha vida com minha esposa e netos, e aproveitar uma praia sempre que possível.”

Foto de frente do senhor Adelso, homem branco, de cabelos grisalhos e

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Next Frontiers em Urologia: saiba mais sobre os recentes usos da teranóstica no câncer de próstata
Abordagem da medicina personalizada é um dos grandes destaques do painel Teranóstica é um conceito que une terapêutica (tratamento) e diagnóstico na mesma palavra e na mesma prática. Uma abordagem contemporânea da medicina personalizada e de precisão: durante um exame de imagem (PET-CT), células tumorais...
Dia Nacional de Atenção à Disfagia (20/3): problemas na deglutição devem ser tratados
Além de comprometer o bem-estar do paciente, alteração pode levar à pneumonia A disfagia é caracterizada por qualquer alteração no ato de engolir e pode trazer uma série de riscos à saúde, como aspirações de alimentos ou saliva que, se atingirem os pulmões, levam à...
Tumor de tireoide pode ter origem na metástase de outros órgãos
Análise evidencia a importância do conhecimento dos aspectos morfológicos dos pacientes para identificar a origem da doença, cujo dia é lembrado em 25 de maio O Dia Internacional da Tireoide, em 25 de maio, é mais uma ocasião para lembrar que o câncer nessa glândula...
Câncer de próstata: sinais, sintomas e um manual completo de informações sobre cirurgia
O câncer de próstata deverá acometer 65.840 brasileiros e causar quase 15.576 mortes em 2020, segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca). É o segundo tumor mais comum entre os homens no país, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Na maioria das vezes...
Podcast Rádio Cancer Center #38 - O Cuidado com o Câncer de Cólon e Reto em Tempos de Covid-19
O câncer de cólon e reto é muito comum no Brasil. Sem contar os tumores de pele não melanoma, ele é o segundo mais comum entre os homens, com previsão de 20.540 novos casos para 2020, de acordo com o INCA, e também é o...