Covid-19: vírus pode deixar sequelas no pulmão?

Publicado em: 19/05/2020 - 14:05:29
Diagnóstico
Tratamento
Epidemiologia
Tumores do Pulmão e Tórax

Doença causada pelo novo Coronavírus afeta principalmente o sistema respiratório e pode levar à morte

Covid-19 e as sequelas no pulmão. Desde quando foi decretado pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o novo Coronavírus já infectou mais de 4 milhões de pessoas no mundo. Muitas delas podem ser assintomáticas ou desenvolver alguns sintomas, como tosse, febre ou falta de ar, em casos mais graves.

Mesmo com a pandemia, é importante seguir o tratamento oncológico. Você sabia que o A.C.Camargo Cancer Center possui um Fluxo Oncológico Protegido? Leia mais a seguir.

Segundo alguns estudos, apenas 5% dos pacientes diagnosticados com Covid-19 evoluem para um quadro de doença respiratória grave, com falta de ar, respiração rápida, tonturas e batimentos cardíacos acelerados, por exemplo.


Pulmão x Covid-19

Por ser um vírus respiratório, o Sars-Cov-2, causador da Covid-19, impacta principalmente os pulmões – em especial as células dos alvéolos, onde ocorre a troca de gases entre o pulmão e a corrente sanguínea.

"A doença afeta os pulmões de várias formas. O paciente pode não sentir nada ou ter uma pneumonia que pode evoluir para uma insuficiência grave respiratória, quando inflama grande parte do pulmão, explica a Dra. Carolina Salim, médica pneumologista do A.C.Camargo.


Possíveis sequelas

Por ser uma doença nova, é muito cedo para afirmar quais são as sequelas causadas pelo novo Coronavírus.

Hoje, a gente tem visto como consequências em pacientes que estiveram em internação prolongada, com ventilação mecânica. Essas pessoas costumam perder massa muscular e se queixam de falta de ar depois da internação", conta a especialista.

Ainda segundo a doutora, o paciente diagnosticado com Covid-19 e que necessita de auxílio para respirar deve precisar de reabilitação pulmonar após a internação. 

"De qualquer forma, como não sabemos como serão as possíveis sequelas a longo prazo, aconselhamos todos os pacientes positivos para Covid-19 que tiveram doença grave, a marcar uma consulta com um pneumologista para avaliar a situação do pulmão ", diz.


O Fluxo Oncológico Protegido

O sucesso de uma terapia oncológica depende muito do diagnóstico precoce e do tratamento adequado de um tumor, pois um dos fatores que aumenta a chance de cura da doença é tratá-lo em até 30 dias a partir do início dos sintomas ou do diagnóstico.

A integração de diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer é o modelo adotado no A.C.Camargo Cancer Center, assim como nos principais Cancer Centers do mundo. Uma evolução do conceito de saúde em oncologia para aprofundar constantemente o conhecimento sobre a doença e gerar inovação: o paciente é avaliado por um grupo multidisciplinar de especialistas em todas as etapas, desde o diagnóstico até a reabilitação. Essa especialização nos permite oferecer agilidade, excelência e segurança no tratamento oncológico.

Dessa forma, estabelecemos o Fluxo Oncológico Protegido – um conjunto de processos que garante segurança para o paciente prosseguir com seu tratamento, em tempos de pandemia.

Todas as práticas adotadas estão de acordo com as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. Por isso, não interrompa seu tratamento.

Saiba mais:

- O Fluxo Oncológico Protegido do A.C.Camargo Cancer Center

- Confira tudo o que você precisa saber sobre a Covid-19

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

CR de Tumores do Aparelho Digestivo Alto: tecnologia e atenção com o paciente no centro do cuidado
Aparelho digestivo alto: contar com um grupo multidisciplinar de especialistas em oncologia no diagnóstico e tratamento do câncer é peça chave na recuperação e melhor desfecho clínico ao paciente. Ter à disposição um Centro de Referência (CR) especializado em cada tipo de câncer é contar...
Mitos & verdades sobre câncer colorretal
Tire suas dúvidas sobre quais hábitos são mais arriscados O tumor de cólon e reto, mais conhecido como câncer colorretal, é o segundo mais frequente entre as mulheres e entre os homens no Brasil, descontando-se o câncer de pele não-melanoma. De acordo com as estimativas...
Doação de sangue: um infográfico com todas as etapas
​A doação de sangue é um gesto lindo que ajuda no combate ao câncer. Os bancos de sangue trabalham sempre com os estoques no limite. Devemos considerar que, por mais que a medicina tenha evoluído e a tecnologia proporcione aos pacientes transfusões mais seguras e...
Imunoterapia para o câncer colorretal metastático
Por Celso Abdon Lopes de Mello, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center O estudo mais aguardado desta ASCO foi o Keynote-177, pois a imunoterapia é usada para diversos tumores atualmente. Para os pacientes com câncer colorretal, a imunoterapia é aprovada apenas para os pacientes que...
Pesquisa do A.C.Camargo avalia tolerância de medicamentos em 430 mulheres idosas com câncer de mama
Apresentado na ASCO 2019, o trabalho analisou a eficácia de tratamentos com Trastuzumab e Lapatinib Um estudo desenvolvido por pesquisadores do A.C.Camargo, que foi apresentado em Chicago durante a sessão de pôsteres de Survivorship e Supportive Care da ASCO 2019, analisou a capacidade de tolerância...