Arte gráfica em verde escuro e azul esverdeado.

Conheça nossos grupos assistenciais com atendimento diferenciado e especializado ao paciente

Publicado em: 12/04/2021 - 09:04:04
Institucional
Tratamento
Suporte e Reabilitação
Linha Fina

 

O paciente oncológico sempre vai precisar de cuidados especializados durante seu tratamento em vários momentos (incluindo diagnóstico, tratamento e seguimento). A complexidade da doença requer atenção redobrada, desde a primeira consulta

 

 

Dessa forma, é importante que ele conte com serviços assistenciais especializados em oncologia, para que suas reais necessidades sejam atendidas, aumentando o bem-estar e continuidade da sua rotina de vida, com qualidade, autocuidado e adaptação de cada um.

Para isso, o A.C.Camargo Cancer Center conta com grupos de trabalho assistenciais compostos por especialistas multiprofissionais certificados em tratar o câncer.

Esses serviços estão presentes desde o primeiro dia de atendimento em nossa Instituição e têm como objetivo atender as necessidades exigidas pela proposta terapêutica a partir do conhecimento científico. Além disso, suportam as necessidades físicas e psíquicas dos pacientes a partir de evidências científicas.

Atualmente, esses grupos seguem dois modelos de atuação: suporte científico e suporte assistencial.

Para o primeiro grupo, as atividades buscam o conhecimento científico para melhorar as práticas assistenciais. A diferença deste grupo é que a atividade é indireta para o paciente.

A equipe é responsável por ofertar conhecimentos aos profissionais que lidam diariamente com o paciente, auxiliando na orientação do melhor cuidado e melhor prática.

São grupos importantes que se baseiam no estímulo à pesquisa e fortalecem a busca pela prática profissional baseada na melhor evidência científica, melhorando atendimento em diferentes contextos e diminuindo cuidados desnecessários, eventos adversos e consequentemente em custos.

Alguns exemplos de grupos de trabalho que fazem suporte científico: Grupo de Quimioterapia, Grupo de Sistematização da Assistência de Enfermagem e Grupo de Cuidados Paliativos, composto por uma equipe multiprofissional de enfermeiros, farmacêuticos, médicos, nutricionistas, entre outros.

Já os grupos de suporte assistencial, o cuidado é direcionado ao paciente e acompanhante. A equipe coloca em prática os melhores cuidados discutidos e estabelecidos pela Instituição. É composto por especialistas em um determinado tema e são capazes de propor intervenções para melhor atender o paciente dentro da sua necessidade.

São exemplos de grupos de trabalho do suporte assistencial: Grupo de Cateter e Terapia Infusional, Grupo Paraquedas e Grupo Oncológico de Pele e Estomas.

Conheça o GOPE

O Grupo Oncológico de Pele e Estomas atua na prevenção e no tratamento de lesões de pele que podem aparecer durante o tratamento e também com a instalação e manutenção dos estomas.

É um grupo multiprofissional e conta com enfermeiros para avaliação dos pacientes com tal necessidade. É um time especialista e engajado com o tema, que além da atividade principal, trabalha com a incorporação de novas tecnologias para auxiliar na melhor resolução do problema, novas condutas e outros modelos de cuidados envolvidos na prevenção e no tratamento de lesões de pele e complicações nos estomas.

“Para que o paciente tenha o melhor atendimento oncológico possível, os(as) enfermeiros(as) do grupo devem, obrigatoriamente, participar do treinamento teórico e prático sobre cuidados com pele e estomas, incluindo curativos de alta complexidade. Após essa etapa, o enfermeiro está apto para atender às solicitações assistenciais e deve participar de reuniões periódicas com o grupo”, explica Juliana Schunck, Gerente de Operações do A.C.Camargo Cancer Center.

Segundo Vanessa Camandoni, Supervisora de Práticas Assistenciais, “não é possível falar de segurança do paciente sem pensar na atuação dos grupos assistenciais. São essenciais no processo de cuidado e atendimento contínuo do paciente”.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Covid-19: atente-se aos riscos do uso das máscaras com válvula expiratória
Esse tipo de máscara não tem sua utilização indicada para evitar a disseminação do vírus durante a pandemia do novo Coronavírus Covid-19 e a máscara certa para se proteger. Depois da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial em locais públicos, muitas pessoas têm...
Inteligência artificial e inovação marcam o 19º Curso de Dermatoscopia do A.C.Camargo
Evento aborda as melhores práticas do mundo para profissionais envolvidos no tratamento do câncer de pele O reconhecido Curso de Dermatoscopia do A.C.Camargo Cancer Center, que está em sua 19ª edição, ocorre de 21 a 23 de novembro de 2019, no Auditório Senador José Ermírio...
Presença de proteína no sangue é um importante biomarcador para controle de câncer de estômago
Oncogene HER 2 é maior nas células tumorais circulantes do que nos tumores primários O câncer de estômago é a terceira neoplasia maligna mais letal do planeta, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) – corresponde a 8% de todos os tumores. Entre as causas...
Tumores neuroendócrinos: pesquisa indica ligação entre Everolimo e infecções oportunistas
Doenças causadas por fungos são as principais causas infecciosas entre pacientes diagnosticados com esse tipo de câncer que fazem uso do medicamento Uma pesquisa realizada com 111 pacientes da América Latina, diagnosticados com tumores neuroendócrinos e em tratamento com Everolimo, mostrou que o medicamento pode...
Podcast Rádio Cancer Center #26 - O Câncer na Infância
A conversa de hoje é sobre o câncer na infância, o tratamento pediátrico integrado. Falamos sobre como notar o diagnóstico, sobre o tratamento humanizado e com alto índice de cura, o acolhimento, o apoio aos pais, a rotina escolar que não para dentro do A.C.Camargo...