Confira dicas de alimentação para reduzir os efeitos colaterais do tratamento oncológico

Publicado em: 09/05/2019 - 16:05:15
Tratamento
Prevenção
Hábitos saudáveis

Saiba o que e como comer em casos de diarreia, falta de apetite, dor para engolir, entre outros sintomas

Durante o tratamento de quimioterapia ou radioterapia, o paciente poderá apresentar alguns efeitos colaterais como enjoos, diarreia, alteração do paladar, falta de apetite, constipação e feridas na boca (mucosite oral).  Nestes casos, diversas atitudes e pequenas ações no dia a dia podem ajudar a reduzir os sintomas.

Para isso, é de suma importância que o paciente seja acompanhado por um nutricionista, profissional capacitado para orientá-lo e ajudá-lo a ter uma melhor resposta ao tratamento, com qualidade de vida.

Abaixo, a supervisora de Nutrição Clínica do A.C.Camargo, Thaís Manfrinato, listou sete principais efeitos colaterais do tratamento oncológico e o que pode ser feito, por meio da alimentação, para minimizá-los. Confira:

Em caso de náuseas e vômitos
Aumente o fracionamento das refeições
Evite ingerir líquidos durante as refeições
Mantenha-se afastado da cozinha durante o preparo das refeições
Evite os alimentos muito condimentados, gordurosos e doces
Alterne refeições líquidas com as sólidas, não-concomitantes

Em caso de diarreia
Aumente a ingestão de líquidos
Utilize temperos como cebola, alho, sal e óleo com moderação
Suspenda os alimentos laxativos, como verduras, laranja, ameixa, mamão, leite e derivados, grãos integrais 
Introduza alimentos obstipantes como banana prata, maçã, melão, melancia, goiaba, limão

Em caso de constipação
Aumente o consumo de sucos laxativos, como laranja, mamão, ameixa
Aumente o consumo de alimentos ricos em fibras (legumes, frutas, verduras cruas e cozidas, grãos integrais)

Em caso de boca seca
Ingira pequenas quantidades de líquidos frequentemente 
Consuma balas de limão ou hortelã e gomas sem açúcar
Introduza mais molhos, caldos, sopas na dieta

Em caso de mucosite oral (feridas na boca) ou dor para engolir
Evite os alimentos irritantes (condimentos, secos, duros, ácidos, etc.)
Modifique a consistência da dieta para pastosa ou semissólida 

Em casos de ausência ou alteração de paladar
Mantenha a temperatura das refeições conforme melhor aceitar       
Acrescente ervas e especiarias nas preparações para acentuar o sabor dos alimentos
Introduza alimentos ácidos, caso não apresente feridas na boca 

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Entenda o papel do tabagismo na sua saúde
Especialistas do A.C.Camargo alertam sobre os danos causados por esse hábito que causa mais de 10 mil óbitos por dia no mundo todo O tabagismo é responsável direto por mais de 80% dos casos de câncer de pulmão e mais de uma dezena de outros...
Nosso aluno de pós-graduação propõe uma combinação inovadora de técnicas para quimioterapia em câncer de ovário avançado
O estudo mostrou que a nova abordagem é segura e pode agilizar o tratamento. O método convencional de tratamento para câncer de ovário avançado indica cirurgia para a retirada completa do tumor e, depois, seis ciclos de quimioterapia. Há alguns anos surgiu a quimioterapia intraperitonial...
Dor no peito e falta de ar também podem ser sinais de câncer de pulmão
Saiba como diferenciar estes sintomas que nem sempre indicam gripe ou outras doenças respiratórias O câncer de pulmão tem alta prevalência no Brasil. Segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA), para cada ano do triênio 2020-2022, serão cerca de 17.700 novos casos em homens...
Novembro Azul: é possível “não tratar” um câncer de rim ou de próstata?
Novembro Azul é o mês que reafirma a importância de as pessoas ficarem atentas a fatores de risco, sinais, sintomas e, quando diagnosticadas com um tumor urológico, aos tipos de tratamento existentes. Neste ano em particular, vivemos o dilema entre postergar tratamentos oncológicos para alguns...
15/09 - Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas
A conversa de hoje é sobre linfomas. Entre os 10 tipos de câncer mais frequentes na população brasileira está o linfoma, que é caracterizado pelo aumento de um gânglio linfático, causando um "inchaço" no local. Existe até um Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, que...