Carnes e câncer: a vermelha é mais perigosa que a branca? Pular para o conteúdo principal

Carnes e câncer: a vermelha é mais perigosa que a branca?

 
Publicado em:

Carnes e câncer: a vermelha é mais perigosa que a branca?

Entenda se algum dos tipos de proteína animal apresenta risco maior para o desenvolvimento de um tumor

Publicado em:

Carne vermelha crua e temperada sobre uma mesa de madeira

Carne vermelha crua e temperada sobre uma mesa de madeira

Entenda se algum dos tipos de proteína animal apresenta risco maior para o desenvolvimento de um tumor

Carnes e câncer: muita gente tem dúvidas em relação ao consumo dos diferentes tipos de proteína e o perigo de desenvolver um tumor.

Os estudos epidemiológicos feitos até agora não conseguem medir os riscos da carne vermelha e da carne branca separadamente quando elas são processadas. 

“No entanto, quando olhamos para o consumo de carne, independentemente do processamento ou do preparo da proteína, o risco aumentado de câncer está mais associado com o consumo de carne vermelha”, explica o Dr. Victor Hugo Fonseca de Jesus, vice-líder do Centro de Referência em Tumores do Aparelho Digestivo Alto do A.C.Camargo. 


Preparo, o cuidado essencial 

Alguns estudos correlacionam o radical heme, presente na carne vermelha – ele contém ferro e está associado à coloração da carne –, com um risco maior de câncer, pois o heme provoca a formação de mais radicais livres, que podem lesar o DNA. 

Por outro lado, é importante salientar que a carne branca, quando preparada de maneira semelhante à usual para a carne vermelha, com cura ou defumação, apresenta riscos aumentados para o câncer. 

É que, no processo de preparo da carne no churrasco, são gerados dois tipos de substâncias: as aminas policíclicas aromáticas (APA) e os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA). 

Estas substâncias, após serem metabolizadas no nosso organismo, geram compostos químicos que lesam o nosso DNA e que são mutagênicos.

“Assim sendo, não podemos negligenciar a importância do preparo das carnes no risco de desenvolver câncer. Ou seja, não adianta, simplesmente, mudar para a carne branca e manter os mesmos hábitos de preparo da proteína, como a defumação em um churrasco, pois isso será um equívoco”, analisa o Dr. Victor Hugo.


Solução: saiba como equilibrar a dieta

O mais importante é manter uma dieta balanceada

“De forma alguma estes dados devem ser interpretados como uma evidência de que não se deva comer carne vermelha ou carne processada. Aqui, a palavra-chave é moderação. De maneira geral, deve-se evitar o consumo de carne vermelha ou processada mais de duas a três vezes por semana”, avisa o Dr. Victor Hugo. 

Além disso, é importante privilegiar o consumo de frutas e vegetais. Adicionalmente, outros aspectos da dieta parecem tão relevantes quanto a carne. 

“A obesidade é um fator de risco tão ou mais importante do que o consumo de carne para o desenvolvimento de câncer. Desta forma, não podemos nos descuidar com os doces ou alimentos muito ricos em carboidratos, pois estes também podem conferir indiretamente um risco aumentado de câncer”, finaliza o especialista. 

Doutor Victor Hugo Fonseca de Jesus, branco, cabelos negros, óculos e jaleco
"
Independentemente do processamento ou do preparo da proteína, o risco aumentado de câncer está mais associado com o consumo de carne vermelha.
Doutor Victor Hugo Fonseca, vice-líder do CR em Tumores do Aparelho Digestivo Alto

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Nossos índices de chance de cura são os mais altos do país
Lançado em abril de 2023, o Observatório do Câncer do A.C.Camargo avaliou mais de 98 mil casos tratados na instituição nos últimos 20 anos. E os dados apresentados mostram que, cada vez mais, alcançamos ótimos resultados junto aos pacientes. Nos...
A.C.Camargo contribui para o tratamento de câncer de cabeça e pescoço em países subdesenvolvidos
Como um cancer center, inovação e pesquisa fazem parte da nossa jornada diária. Além de ser um ato de grande orgulho para nós. Nosso corpo clínico é formado por grandes mentes pensantes que, junto a atuação em assistência, também lideram...
Conheça o centro de imunização do A.C.Camargo
O centro de imunização do A.C.Camargo Cancer Center surgiu para ampliar ainda mais o cuidado ao paciente oncológico oferecido na instituição. O espaço disponibiliza com comodidade e agilidade as vacinas para pacientes, familiares e qualquer pessoa interessada no serviço de...
Câncer colorretal tem cura e pode ser prevenido
O câncer colorretal é um dos mais frequentes no mundo todo. A boa notícia é que há prevenção para reduzir a probabilidade de desenvolver este câncer e as taxas de cura são altas quando detectadas precocemente. Por isso, conhecer e...
Proteja-se: vacina contra HPV é sua defesa contra vários tipos de câncer
O papilomavírus humano (HPV) é uma infecção sexualmente transmissível (IST) que pode ser transmitida por relações sexuais desprotegidas, infectando a pele ou as mucosas, como boca, vulva, vagina, colo do útero, reto, pênis, entre outros. Porém, mais importante ainda é...