Pesquisa integrada aponta alterações em genes que podem estar relacionadas ao desenvolvimento do carcinoma de pênis

Publicado em: 20/07/2017 - 21:07:00
Pesquisa
Diagnóstico
Genética
Tumores Urológicos

Se os dados coletados forem confirmados em estudos futuros, será possível criar terapias personalizadas para esse tipo de tumor.

Durante seu doutorado, o pesquisador Fabio Marchi, do CIPE, cruzou uma imensa quantidade de dados moleculares sobre o carcinoma de pênis. Seu foco era entender como a integração de dados poderia ajudar a identificar genes importantes para o desenvolvimento do tumor.

"Pesquisas realizadas pelo grupo da Dra Silvia Rogatto, orientadora do nosso programa de Pós-graduação, contribuíram com uma grande quantidade de informações moleculares sobre a doença e o desafio era criar um método que fosse capaz de combinar todas elas da melhor maneira possível", explica Dr. Fabio.

Os resultados foram divulgados no artigo "Multidimensional integrative analysis uncovers driver candidates and biomarkers in penile carcinoma" (Análise integrada multidimensional revela candidatos drivers e biomarcadores no carcinoma de pênis), publicado em julho na revista Scientific Reports.

Para cruzar os dados e identificar os genes de 53 pacientes, foi desenvolvido um algoritmo que combinou os muitos resultados encontrados. O grande desafio era entender quais alterações nos genes têm o papel de drivers (ou seja, as alterações significativas, que são poucas e de fato contribuem para o desenvolvimento da doença) e quais delas são passengers (alterações neutras que parecem não contribuir diretamente). Para aumentar a complexidade e a resolução, foram estudadas as diferentes vias biológicas onde essas alterações se encontram e como isso ajudaria no processo tumoral.

Cada grupo de alunos pesquisadores concentrou-se em um tipo de molécula da célula – uns estudaram alterações no DNA, outros no RNA etc. A integração dos conjuntos de dados, em várias dimensões, acabou revelando dois genes, BIRC5 e DNMT3B, que estão relacionados com a alta agressividade da doença e a pior sobrevida do paciente. Se as pesquisas moleculares futuras confirmarem isso, será possível desenvolver terapias personalizadas para esse tipo de tumor.

Para ver a pesquisa completa, clique aqui.

Dr. Fabio Albuquerque Marchi
Cientista e pesquisador do Centro Internacional de Pesquisa, do A.C.Camargo Cancer Center

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

O câncer de próstata tem cura
O diagnóstico precoce aumenta as chances de cura do câncer de próstata. Fique atento aos fatores de risco, formas de prevenção e quais exames são indicados para detectar precocemente o tumor. Fatores de risco e prevenção Idade: é o fator de risco mais importante. A...
A.C.Camargo Cancer Center representa o Brasil em evento no Institut Curie
Comprehensive Cancer Center francês é referência na pesquisa do tratamento do câncer de mama, olho, sarcomas e tumores pediátricos a partir de radioterapia Médicos do A.C.Camargo Cancer Center participaram do Jantar dos Embaixadores, realizado no Institut Curie, um dos principais centros europeus de pesquisa do...
O primeiro estudo eficaz do uso da ressonância magnética de corpo inteiro para rastrear tumores em fase inicial
Cientistas de seis países se uniram em consórcio internacional – e nossa Instituição representando o Brasil – para diagnosticar com segurança as muitas lesões dos pacientes com a Síndrome de Li-Fraumeni. A Síndrome de Li-Fraumeni, condição hereditária de famílias portadoras que têm alto risco de...
Leucemia: pesquisadores brasileiros trabalham em um tratamento menos invasivo para pacientes graves
A leucemia é o décimo tipo de câncer mais comum entre os homens, com 5.920 novos casos por ano, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Atinge, ainda, muitas crianças. Por isso, as pesquisas sobre o tema são recorrentes. Neste momento, pesquisadores brasileiros trabalham em...
Diverticulite causa câncer?
Saiba mais sobre a relação dessa inflamação gastrointestinal com tumores colorretais Diverticulite é uma doença que ocorre quando estão inflamados ou infectados os divertículos, que são saliências gastrointestinais que retêm pequenas quantidades de fezes, ou seja, bolsas que se alojam no intestino grosso. A formação...