O Coronavírus e o paciente oncológico

Publicado em: 13/03/2020 - 18:03:46
Prevenção
Diagnóstico
Epidemiologia

A situação requer atenção – no entanto, o mais importante é não interromper o tratamento

A manutenção do tratamento oncológico é fundamental para o sucesso terapêutico. 

“O Coronavírus é mais um item que o paciente deve considerar em sua rotina de precauções, que já é muito criteriosa para quem trata o câncer”, afirma o Dr. Victor Piana, Superintendente Executivo de Operações e Diretor Médico do A.C.Camargo Cancer Center. 

“Entre elas, ele deve lavar as mãos frequentemente, restringir as visitas e evitar um contato físico com pessoas com algum problema de saúde, como gripes”, explica o especialista.

O paciente oncológico sofre com o efeito imunossupressor de alguns tratamentos. Durante a quimioterapia ou a radioterapia, por exemplo, a imunidade fica mais baixa.

“E, se tiver febre, sintomas respiratórios, especialmente falta de ar e cansaço, o paciente deve procurar o pronto socorro, algo que ele já faria mesmo sem a pandemia do Coronavírus”, complementa o Dr. Victor Piana. 


Não parar o tratamento

Quando o paciente imunossuprimido desenvolve o Coronavírus, ele pode ficar mais vulnerável.

Uma coisa, porém, é certa. “Um paciente com câncer não deve interromper seu tratamento oncológico”, acrescenta o Dr. Victor Piana. 
 

Cuidados importantes

Outras orientações relevantes para o paciente oncológico evitar:

- Aglomerações e ambientes fechados;
- O cumprimento com apertos de mão, beijos e abraços, mesmo nos médicos e outros profissionais de saúde 
- Visitas desnecessárias; 
- Acompanhantes que apresentem sintomas de gripe ou suspeita de Coronavírus – é importante que seja apenas um acompanhante.

Mais Coronavírus
- Como se proteger
- Recomendações importantes
- Dúvidas mais frequentes
- O que é

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Como confirmar os resultados da pesquisa em câncer
Um estudo selecionou os 50 artigos mais importantes da área de oncologia com o objetivo de replicar seus experimentos em outros laboratórios e testar seus resultados. É o que se chama de reprodutibilidade (reproduzir estudos para checar sua veracidade), uma das maneiras de demonstrar que...
Prevenção entre funcionários: o papel do empregador na cultura da saúde
O câncer continua sendo uma das principais causas de morte prematura mundo. No Brasil, segundo as projeções do INCA, até 2040 o câncer incidirá em um milhão de pessoas. No mesmo período, estima-se, segundo projeções do IBGE, que a população brasileira crescerá 9,5%, sendo 67,7%...
Coronavírus: sou cuidador de um paciente com câncer. Como devo proteger a mim e a ele?
É importante seguir alguns cuidados especiais para quem faz parte do grupo de risco da Covid-19 O Coronavírus ataca principalmente o sistema respiratório e imunológico, e causa sintomas como tosse seca, febre e, em casos mais graves, dificuldade para respirar. Fazem parte do grupo de...
29/08 – Dia Nacional de Combate ao Fumo: como parar de fumar?
Apoio psicológico, medicamentos e algumas atitudes simples podem ajudar quem deseja largar o vício O tabagismo é o maior fator de risco evitável de adoecimento e morte no mundo. Os malefícios incluem um aumento significativo nas chances de adquirir ou morrer por doenças cardíacas, pulmonares...
Pesquisa usa biópsia líquida para antever risco de metástases em pacientes com tumores de cabeça e pescoço
Microêmbolos compostos por um aglomerado de células tumorais (chamadas de CTMs) circulam pela corrente sanguínea e podem levar à metástase. Para identificar marcadores presentes nessas células que apontem o risco de metástase, nossos pesquisadores avaliaram, usando biópsia líquida, amostras de sangue de 53 pacientes com...