Mitos & verdades sobre câncer colorretal

Publicado em: 21/02/2020 - 00:02:05

Tire suas dúvidas sobre quais hábitos são mais arriscados

O tumor de cólon e reto, mais conhecido como câncer colorretal, é o segundo mais frequente entre as mulheres e entre os homens no Brasil, descontando-se o câncer de pele não-melanoma. 

De acordo com as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), para este ano de 2020 são esperados 40.990 novos casos, dos quais 20.470 em mulheres e 20.520 em homens..

Por ser um dos cânceres mais comuns, o A.C.Camargo esclarece alguns mitos ou verdades sobre a doença. Confira:

A colonoscopia é um exame arriscado e doloroso?

Mito. O paciente é sedado para não sentir desconfortos durante o exame endoscópico do intestino grosso. O procedimento é seguro, dura de 15 a 30 minutos e é realizado por um profissional especializado. Não é aconselhável dirigir, trabalhar ou realizar alguma atividade que exija atenção após o exame e a presença de um acompanhante é indispensável.

O temor sobre a colonoscopia ocorre por ser considerado invasivo e exigir um preparo desagradável: além do jejum líquido, é preciso realizar uma limpeza do intestino com a ingestão de laxantes horas antes do exame. Porém, trata-se do procedimento mais apropriado para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer colorretal.
 

Mesmo sem apresentar sintomas, preciso realizar exames de diagnóstico?

Verdade. O câncer colorretal costuma ser uma doença silenciosa e assintomática no estágio inicial. Sinais como alterações nas fezes, sangramentos ou dores abdominais podem surgir quando a doença já está em um estágio mais avançado. Por isso, recomenda-se o exame da colonoscopia a partir dos 50 anos, ou a partir dos 40 em caso de histórico de câncer na família.
 

Alimentação é o único fator de risco para o desenvolvimento de câncer colorretal?

Mito. Realmente há alimentos que podem aumentar o risco de desenvolvimento do câncer e outros que ajudam a prevenir. No entanto, essa não é a única causa da incidência do câncer de intestino e do reto: há um conjunto de fatores, como sedentarismo, obesidade, tabagismo e excesso de bebidas alcoólicas, que pode contribuir para o surgimento de um tumor maligno.

Portanto, os principais fatores de prevenção do câncer colorretal são, além de evitar o consumo de embutidos e o excesso de carne vermelha, é uma alimentação equilibrada com frutas, verduras, legumes e cereais, praticar exercícios físicos e não fumar.

Dr. Samuel Aguiar Jr. - CRM 84495
Diretor do Núcleo de Tumores Colorretais
Especialista em Cancerologia Cirúrgica - RQE nº 43422

Doutor Samuel Aguiar e o câncer colorretal

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

A mamografia e o tumor de intervalo: entenda a relação
Em 5 de fevereiro, comemoramos o Dia Nacional da Mamografia. Esta data precisa mesmo ser comemorada, pois a mamografia é o exame capaz de diagnosticar o câncer de mama em seus estágios iniciais e salvar vidas de mulheres. O câncer de mama está em primeiro...
"O homem não pode se descuidar de jeito nenhum!"
Sou Carlos Levy, tenho 75 anos, funcionário público aposentado e pai de cinco filhos. Também sou avô dos meus quatro queridos netos e casado com o amor da minha vida, Amália. Desde meus 50 anos tenho um compromisso comigo mesmo: fazer meus exames periódicos. Sigo...
15 de setembro - Dia mundial de conscientização sobre linfomas
Como se prevenir deles? Indo ao médico assim que perceber os sintomas. Então apareceu um gânglio diferente no pescoço, ou na axila, ou na virilha, que não dói, mas você sente extremo cansaço, febre, está suando à noite e também perdendo peso sem razão aparente...
15/09 - Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas
A conversa de hoje é sobre linfomas. Entre os 10 tipos de câncer mais frequentes na população brasileira está o linfoma, que é caracterizado pelo aumento de um gânglio linfático, causando um "inchaço" no local. Existe até um Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, que...
21/09: Dia Mundial do Doador de Medula Óssea
Em 21 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. O procedimento servirá para o transplante, um tipo de tratamento que visa substituir uma medula óssea doente...