Mastologistas e radiologistas esclarecem dúvidas sobre os exames que ajudam a descobrir o câncer de mama no início

Publicado em: 11/03/2013 - 21:03:00
Tratamento
Foco do paciente
Radioterapia

Realizar a primeira mamografia aos 40 anos ou antes, se necessário antecipar a idade do primeiro exame, por que alguns casos de câncer de mama também ocorrem em mulheres jovens, o que significa a sigla BI-RADS que aparece em todos os exames das mamas, o que são mamas densas, o que são calcificações, quando associar um exame ao outro, quais são os tipos de biópsias e por que diagnosticar cedo a doença aumenta as chances de cura. Estas e outras possíveis dúvidas do público serão esclarecidas por mastologistas (oncologistas especializados no tratamento de câncer de mama) e radiologistas do A.C.Camargo durante a edição de março do Encontro com Especialistas. Gratuito e aberto ao público, o evento acontece na terça, 12, às 17h30. 

Sob coordenação da diretora de Mastologia, Maria do Socorro Maciel, o evento abrirá com palestra que destacará – com linguagem simples – a evolução do tratamento personalizado de câncer de mama e quanto o sucesso no tratamento, cirúrgico, radioterápico ou quimioterápico, está diretamente relacionado ao estádio de descoberta da doença. "Quando descobrimos a doença logo no começo, é possível adotarmos procedimentos clínicos menos invasivos, com menos efeitos colaterais – tanto físicos quanto emocionais –, oferecendo assim melhor qualidade de vida para a paciente e, em mais de 80% dos casos, conseguimos a eliminação por completo da doença", destaca a mastologista. 

Os principais exames para diagnóstico de câncer de mama são: 

Mamografia - Exame padrão-ouro, adotado no A.C.Camargo desde os anos 70, visa diagnosticar lesões com baixa dose de irradiação e analisar as glândulas mamárias e as regiões axilares. "O exame é adotado em forma de rastreamento populacional a partir dos 40 anos em mulheres que não apresentam sintomas para detectar câncer em estágio inicial não palpável, quando a taxa de cura é muito alta. Também é indicada para avaliar eventuais alterações clínicas como palpação de nódulo ou qualquer modificação nas mamas", destaca a radiologista e coordenadora do Serviço de Mamografia do A.C.Camargo, Elvira Ferreira Marques.  

Ressonância magnética - Exame que propicia imagens detalhadas dos órgãos internos que, ao receberem ondas de rádio, respondem de formas diferentes ao calor e se "denunciam" no exame. No A.C.Camargo desde 2000, é utilizado para várias indicações, como estudos do cérebro, ossos e articulações, mamas e órgãos abdominais como o fígado, o útero, os ovários, o reto e a próstata. Esse exame pode ser utilizado como primeira forma de diagnóstico em algumas situações ou para complementar avaliações iniciadas com outros métodos de imagem como raios X, tomografia computadorizada, ultrassonografia e mamografia.

PET-CT - Equipamento introduzido no Brasil em 2001 pelo A.C.Camargo que permite a sobreposição de imagens para a realização de um exame não invasivo e que fornece dados detalhados sobre o tumor. No início, o PET e o CT eram equipamentos separados e hoje eles compõem uma única estrutura capaz de fornecer, em apenas 30 minutos, cerca de 1.500 imagens em 3D de todo o corpo do paciente. O PET-CT é indicado para a maioria dos tipos de tumores, já que é capaz de produzir resultados precisos e eficazes em mais de 95% dos casos oncológicos e, por isso, inclusive redirecionar as condutas de tratamento em mais de 30% das situações, como, por exemplo, tipo e dosagem das drogas aplicadas por quimioterapia ou até mesmo as aplicações de radioterapia. Para realizar o exame, o paciente recebe uma pequena concentração de glicose radioativa, totalmente segura (FDG) injetada pela veia. Após isso, ele é posicionado no equipamento para a captação de imagens. Esse procedimento tem a duração de 30 minutos e, concluído o exame, o paciente está liberado para retomar as suas atividades.

PEM - Mamógrafo por Emissão de Pósitron (PEM, na sigla em inglês), equipamento que é uma espécie de PET-CT, com a diferença de que o PEM é desenhado exclusivamente para examinar as mamas. O A.C.Camargo é responsável por introduzir a técnica no Brasil inicialmente em protocolo de pesquisa – em andamento – com o propósito de obter a validação da utilização do equipamento no país e assim mostrar os benefícios de incluí-lo na prática clínica. No decorrer de um ano, pacientes serão avaliadas pelo PEM e os resultados serão comparados com os obtidos pelos demais métodos de imagem das mamas, casos de mamografia, ressonância magnética e PET-CT de corpo todo. Diferentemente da mamografia e da ressonância magnética, esse tipo de aparelho mostra, além da localização dos nódulos, a atividade metabólica das lesões, o que pode ajudar a distinguir as benignas das malignas.  

Ultrassonografia - Método de diagnóstico por imagem minimamente invasivo, que não utiliza radiação ionizante, permitindo a visualização de imagens dinâmicas e não possui efeitos nocivos ao organismo. A formação da imagem é realizada pela emissão de ondas sonoras que são refletidas ao atingir os tecidos. Esses ecos refletidos são processados e forma-se a imagem. Realizada no A.C.Camargo desde o início da década de 1980, permite o diagnóstico rápido e o acompanhamento de tratamentos.

Biópsias - Procedimentos que são guiados por ultrassom e/ou tomografia computadorizada. O A.C.Camargo realiza biópsias percutâneas (biópsia de fragmento e mamotomia) por meio do equipamento estereotáxico digital, o qual é também utilizado para localizações pré-operatórias de lesões não palpáveis com ancoramento de fio metálico (agulhamento) ou com a injeção de radiofármaco "Radioguided Occult Lesion Localization" (ROLL) e marcação de linfonodo sentinela.

LEVANTAMENTO RESSALTA DIAGNÓSTICO PRECOCE - Em levantamento inédito, o A.C.Camargo, por meio do Núcleo de Mastologia e Laboratório de Estatísticas, aponta que 8 a cada 10 pacientes diagnosticadas na Instituição descobriram o câncer de mama cedo (in situ, estádio I e estádio II). Já o diagnóstico em fase intermediária (estádio III) ocorreu em 15% dos casos e apenas 5% descobriram a doença em fase avançada (estádio IV).  Ao todo, participaram do levantamento 2.600 pacientes diagnosticadas e tratadas para tumores de mama. 

O principal benefício do diagnóstico precoce pode ser conferido nos índices de sobrevida. Após 5 anos de tratamento, 97% das pacientes diagnosticadas em estádio I estão vivas, 80% (estádio II), 49% (estádio III) e apenas 6% das que descobriam em estádio IV estão vivas após os mesmos 5 anos. Foram diagnosticados tumores malignos em mulheres de 24 a 96 anos, com idade média de 52 anos. Cerca de 15% dos diagnósticos ocorreram em mulheres abaixo dos 40 anos. 

Ser mulher é uma Arte - Integrando a programação especial do Mês da Mulher, o A.C.Camargo anuncia campanha Ser mulher é uma Arte, Prevenir-se é um talento, que incentiva o engajamento das mulheres por meio da difusão das informações sobre câncer que estão sendo publicadas ao longo de março nos perfis oficiais da Instituição no Facebook e Twitter. As três seguidoras que mais curtirem e compartilharem o conteúdo serão premiadas com um kit de maquiagem da Sephora. Para compor a linguagem visual dessa campanha, foram produzidas quatro ilustrações que remetem à prevenção de câncer de mama inspiradas nos movimentos Pop Art, Modernismo, Cubismo e Renascentismo.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Dia das Crianças ainda mais feliz no A.C.Camargo Cancer Center
Para celebrar o Dia das Crianças, nossos bombeiros civis e o Corpo de Bombeiros de São Paulo se uniram para fazer uma surpresa aos pacientes da Pediatria. O equipamento de resgate usado para salvar vidas em situações de perigo, dessa vez foi utilizado para levar...
A cirurgia robótica no câncer de pulmão
Conheça esta técnica menos invasiva e mais precisa, que apresenta muitas vantagens terapêuticas em meio ao nosso Fluxo Oncológico Protegido A cirurgia robótica, em casos de tumores no pulmão, é uma alternativa importante para pacientes do A.C.Camargo Cancer Center, que é um dos centros pioneiros...
Touca de resfriamento previne queda de cabelo causada pela quimioterapia
A touca de resfriamento, também conhecida como touca hipotérmica ou crioterapia capilar, é uma aliada fundamental para pacientes que fazem quimioterapia. Em 2020, por exemplo, a Instituição realizou 29.388 sessões de quimioterapia. Como a queda de cabelo é um efeito colateral importante desse tipo de...
Frozen de iogurte com acerola: aprenda a receita
Assista ao vídeo e faça esta sobremesa rápida e saudável .video-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; padding-top: 30px; height: 0; overflow: hidden; } .video-container iframe, .video-container object, .video-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }
Dia Mundial da Saúde Digestiva (29/5): H.pylori pode ter relação com câncer de estômago: aprenda a como diminuir os riscos
Controlar bactérias que causam infecções é importante para prevenir doenças e tumores digestivos – assim como evitar álcool, fumo e o consumo em excesso de sal, conservas, defumados e carne vermelha Em ‪29 de maio‬ é comemorado o Dia Mundial da Saúde Digestiva, que tem...