Laringe: caminhos para a cura e a preservação das funções

Publicado em: 12/07/2019 - 11:07:59

Destaque da revista Oral Oncology, pesquisa do A.C.Camargo estabelece moléculas micro-RNAs como biomarcadores para a terapia do câncer nesse órgão  

 

A laringe é um órgão vital, responsável pela fala, pela deglutição e pela respiração. Os cânceres nessa região são dos mais frequentes. De acordo com estimativa do INCA foram diagnosticados cerca de 7.670 novos casos em 2018. O Brasil tem uma das maiores incidências mundiais de câncer de laringe, com 3.1 casos a cada 100 mil habitantes, dos quais 60 a 70% são detectados em estágios avançados. 

“Nesse cenário, a quimioradioterapia é uma das estratégias terapêuticas com o objetivo de preservação das funções do órgão, mas infelizmente cerca de 40% desses pacientes não respondem ao tratamento”, explica um dos autores do estudo, Genival Barbosa, titular do Departamento de Cirurgia em Cabeça e Pescoço do A.C.Camargo.

Foi o motivo para a realização de um estudo intitulado Integrated miRNA and mRNA Expression Analysis Uncovers Drug Targets in Laryngeal Squamous Cell Carcinoma Patients (Análise Integrada de Expressão de miRNA e mRNA Revela Alvos de Drogas em Pacientes com Carcinoma de Células Escamosas da Laringe).

Foram investigadas moléculas com potencial para serem usadas como biomarcadores ou alvos para a terapia do câncer. O estudo girou em torno da RNA (ácido ribonucleico), uma macromolécula essencial que tem como principal função a produção de proteínas a partir de informações adquiridas do DNA. Também observou moléculas endógenas de RNA, as mirRNAs e as mrRNAs, que atuam como reguladores da expressão gênica. 

Destaque na capa da revista Oral Oncology, a pesquisa analisou 41 casos: 36 de células escamosas da laringe e outras cinco amostras de controle não neoplásico. “Avaliamos a relação da expressão de micro-RNAs e a sobrevida de pacientes com tumores de laringe”, conta Genival, médico que também é mestre e doutorando em oncologia com linha de pesquisa em tumores de laringe.

De acordo com o doutor Genival Barbosa, foi observado o envolvimento de 28 miRNAs e 817 genes diferencialmente expressos. A diminuição da expressão do miR-199b foi significativamente associada à menor sobrevida livre de doença nesse subgrupos de pacientes.  

“Após diversas abordagens computacionais e validações na bancada, identificamos que pacientes que possuem menores níveis desse miRNA nos tumores apresentam pior sobrevida livre de doença”, afirma outro dos autores do estudo, o pesquisador Fabio Marchi, do Centro Internacional de Pesquisa do A.C.Camargo (CIPE). 

“O potencial uso dessa pesquisa é o desenvolvimento de estratégia de escolha terapêutica baseada na expressão desses micro-RNAs, buscando o uso de drogas, ou de uma combinação delas, que sejam mais eficientes nesse cenário”, avalia Genival Barbosa. “Isso pode levar a uma maior chance de cura ou de preservação da laringe nesses pacientes”, projeta o especialista.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

O papel do enfermeiro navegador e seu impacto na jornada oncológica
Durante a jornada oncológica, pacientes do A.C.Camargo Cancer Center podem contar com a expertise dos enfermeiros navegadores. São profissionais altamente especializados em oncologia que atuam como um elo entre o paciente e todas as equipes (assistenciais e administrativas), desenvolvendo um trabalho fundamental para melhorar os...
"O homem não pode se descuidar de jeito nenhum!"
Sou Carlos Levy, tenho 75 anos, funcionário público aposentado e pai de cinco filhos. Também sou avô dos meus quatro queridos netos e casado com o amor da minha vida, Amália. Desde meus 50 anos tenho um compromisso comigo mesmo: fazer meus exames periódicos. Sigo...
2020, O Ano do Profissional de Enfermagem
Saiba mais sobre essa especialidade vital para o cuidado. Clique aqui caso tenha problemas para acessar o vídeo abaixo. video { width: 100%; height: auto; }
21/09: Dia Mundial do Doador de Medula Óssea
Em 21 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da doação de medula óssea. O procedimento servirá para o transplante, um tipo de tratamento que visa substituir uma medula óssea doente...
7 passos para pacientes com câncer manterem a mente calma
Pacientes com câncer são afetados em qualquer idade. Existem, porém, formas de eles se manterem calmos e positivos, conforme se vê nas dicas abaixo. São ideias que valem não apenas para quem está em tratamento, mas também para quem faz parte desses pacientes com câncer...