Braquiterapia guiada por ultrassom evita em até 90% os riscos de perfuração do útero

Publicado em: 02/05/2019 - 10:05:43

Revisão de estudos comprova a eficácia da técnica usada no A.C.Camargo em pacientes com câncer de colo uterino 

A braquiterapia – radioterapia em que o material radioativo, em forma de fios ou placas, fica em contato direto com o tumor – é uma das condutas terapêuticas mais utilizadas em casos de câncer de colo uterino avançado. O médico insere no útero um condutor, que é um pequeno cano, para aplicar a radiação; terminado o procedimento, ele o retira. E isso tem de ser feito com atenção.

“Se o condutor não for colocado da forma correta, o útero pode ser perfurado e a dose administrada de maneira errada. Por isso é importante fazer a braquiterapia guiada por imagem, para não ter erro”, esclarece Glauco Baiocchi Neto, head do Centro de Referência em Tumores Ginecológicos e coordenador do estudo Decrease in Uterine Perforations with Ultrasound Image-Guided Applicator Insertion in Intracavitary Brachytherapy for Cervical Cancer: A Systematic Review and Meta-Analysis (Diminuição das Perfurações Uterinas com Inserção de Aplicador Guiado por Ultrassonografia na Braquiterapia Intracavitária para Câncer do Colo Uterino: uma Revisão Sistemática e Metanálise).

Publicada na revista científica Gynecologic Oncology, essa pesquisa, de autoria do doutor Lucas Sapienza, que foi residente do A.C.Camargo e aluno de doutorado do doutor Glauco, é uma metanálise, ou seja, uma revisão de artigos já publicados no mundo sobre braquiterapia guiada por imagem, e que incluiu um estudo da Instituição.

A amostragem

Foram analisados 690 artigos – dos quais 12 se encaixavam nos critérios dessa metanálise – que avaliaram a eficácia da técnica. Os estudos consideraram 766 pacientes, que se submeteram a um total de 1757 inserções do condutor. A taxa de perfuração por inserção sem ser guiada por imagem foi de 10,54%, enquanto a taxa de perfuração no procedimento guiado por imagem, de apenas 1,06%.  

Conclusão: a taxa de perfuração interina por inserção guiada por imagem foi 90% mais baixa do que no procedimento não guiado por imagem. A metanálise ratificou a vantagem desse método praticado no A.C.Camargo. “Somente fazemos a braquiterapia guiada por imagem, assim como ocorre nos grandes cancers centers do mundo. Mas não funciona assim em muitos hospitais, daí a importância dessa amostragem”, afirma o doutor Glauco. “O ultrassom é um equipamento acessível, isso poderia ser feito nos demais hospitais, evitando complicações para os pacientes”, complementa.  

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Leucemia mieloide aguda: novo método calcula com precisão a sobrevida do paciente
Pioneiro no campo da onco-hematologia, ele foi desenvolvido em estudo multicêntrico internacional, que teve a liderança de médico do A.C.Camargo Cancer Center Quando um paciente é diagnosticado com leucemia mieloide aguda, os médicos usam uma variedade de métricas para determinar a gravidade da doença. As...
Pesquisa aponta aumento da incidência de câncer de orofaringe associado a infecção por vírus HPV
Neste Julho Verde, mês de conscientização sobre o combate aos tumores de cabeça e pescoço, conheça este estudo feito na cidade de São Paulo, que analisou mais de 15 mil casos de câncer de boca e orofaringe O papilomavírus humano (HPV) é um vírus que...
Síndrome de Li-Fraumeni: estudo que envolveu o A.C.Camargo pode mudar o aconselhamento genético da doença de forma marcante
Pesquisa internacional analisou dois tipos de mutações que estão ligadas à predisposição ao câncer A Síndrome de Li-Fraumeni (SLF) é uma doença hereditária de predisposição ao câncer, relacionada a mutações no gene TP53. Uma das mutações neste gene, denominada R337H, é encontrada apenas no Brasil...
Dia Mundial do Câncer de Rim: atividade física ajuda a reduzir o risco da doença
A adoção de hábitos saudáveis durante o dia diminui a incidência de tumores renais e ainda atua na melhoria de problemas cardiovasculares ou diabetes Câncer de rim e prevenção. Segundo dados mais recentes do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a incidência de câncer renal no...
Câncer de cabeça e pescoço: artigo científico traz recomendações para cirurgias oncológicas
Estudo internacional teve a contribuição do Dr. Luiz Paulo Kowalski, líder do Centro de Referência em Tumores de Cabeça e Pescoço Câncer de cabeça e pescoço e Covid-19. Em artigo divulgado pela revista científica The Lancet Oncology, especialistas representando mais de 30 sociedades médicas do...