Glândulas salivares | A.C.Camargo Cancer Center

Glândulas salivares

Elas são tecidos especializados na produção e secreção de saliva, que lubrifica a boca e a garganta, contém enzimas que dão início ao processo de digestão dos alimentos, além anticorpos e outras substâncias que ajudam a prevenir infecções. Um sinal que pede investigação seria um nódulo ou inchaço na boca, bochecha, mandíbula ou no pescoço.

Câncer de cabeça e pescoço: programa científico – Next Frontiers to Cure Cancer 2021

Linha Fina

Por Thiago Bueno de Oliveira, vice-líder do Centro de Referência em Tumores de Cabeça e Pescoço

O câncer de cabeça e pescoço será o foco de dois dias intensos de debates no Next Frontiers to Cure Cancer 2021. Um total de 56 especialistas renomados nessa área, incluindo 10 palestrantes internacionais, abordarão as principais novidades no tratamento desses tumores, além de aspectos relacionados à prevenção, ao diagnóstico e à ciência translacional. 

O programa está dividido em oito sessões – a maioria delas, com um formato que traz, além de palestras, discussões interativas de casos clínicos com profissionais de diversas especialidades da equipe multidisciplinar envolvida no cuidado ao paciente.

Baseado na experiência de nosso Centro de Referência em Tumores de Cabeça e Pescoço, no qual diversas especialidades atuam de maneira integrada, buscamos refletir essa integração em nosso programa científico, trazendo em cada tema abordado diversos profissionais envolvidos na cadeia de cuidado, para enfatizar a importância deste modelo multidisciplinar centrado no paciente.

No primeiro dia (25/6) serão discutidos temas como o descalonamento de terapia em tumores de orofaringe relacionados ao HPV, com o intuito de maximizar as taxas de cura e minimizar efeitos colaterais e potenciais sequelas do tratamento, culminando numa melhor qualidade de vida. 

Na sequência, o tratamento atual dos tumores de cavidade oral e as estratégias de preservação de função de órgão nos tumores de laringe e hipofaringe serão debatidos, mais uma vez buscando curabilidade e proporcionando melhor reabilitação funcional e qualidade de vida. 

Por fim, os tumores sinonasais ganham os holofotes, trazendo a expertise de nossa equipe no tratamento destas neoplasias e a troca de experiência com outros centros mundialmente reconhecidos no tratamento do câncer.

No segundo dia (26/6), os temas serão o tratamento atual das recidivas do câncer de cabeça e pescoço, com foco na cirurgia de resgate, e no papel fundamental da imunoterapia, que veio revolucionar a terapêutica neste cenário da doença e já faz parte do arsenal de tratamento em nosso centro. 

Depois, abordaremos os tumores de tireoide e de glândulas salivares, mais uma vez unindo nossa expertise com a de grandes centros mundiais. 

Finalizando o nosso programa científico, teremos uma sessão de medicina translacional em câncer de cabeça e pescoço, no qual abordaremos o que acreditamos ser o futuro do cuidado aos nossos pacientes, ou seja, as novas fronteiras para a cura do câncer, fazendo jus ao nosso grande congresso anual.
 

Doutor Thiago Bueno de Oliveira, branco, traços orientais, sorri de jaleco
"
O programa está dividido em 8 sessões: a maioria delas, com um formato que traz, além de palestras, discussões interativas de casos clínicos com profissionais de diversas especialidades da equipe multidisciplinar envolvida no cuidado ao paciente.
Doutor Thiago Bueno de Oliveira, vice-líder do CR em Tumores de Cabeça e Pescoço

Covid-19: pandemia pode causar até 20% a mais de mortes por câncer

Linha Fina

 

Pesquisa liderada pela equipe médica do A.C.Camargo Cancer Center mostra o impacto da demora em se buscar tratamento oncológico durante a pandemia do Sars-CoV-2

 

 

Covid-19 e câncer: a pandemia mudou o estilo de vida de grande parte dos brasileiros. Sair de casa somente para o essencial e fazer o uso de medidas protetivas contra o vírus da Covid-19 viraram hábitos que já completam um ano.

Por isso, muitas pessoas, assustadas com o agravamento da saúde pública no Brasil, não procuram atendimento médico mesmo se apresentam sintomas oncológicos. Isso fez com que diversos pacientes diagnosticados com câncer tivessem seu quadro clínico agravado.

"Eles temiam usar transporte público ou ir a hospitais e clínicas. Suportaram a piora dos sintomas e somente quando tiveram complicações mais graves, como falta de ar, dificuldade para deglutir, sangramento ou muita dor, procuraram meios para diagnóstico e tratamento", explica Dr. Luiz Paulo Kowalski, líder do Centro de Referência em Tumores de Cabeça e Pescoço do A.C.Camargo Cancer Center e considerado um dos 100 mil cientistas influentes do mundo.

A redução do número de novos casos e atraso nas primeiras consultas e no retorno foi o objeto de estudo do Dr. Kowalski e sua equipe na pesquisa científica que analisou essa diminuição no atendimento oncológico e os riscos que isso causa em pacientes diagnosticados com câncer de cabeça e pescoço.

"Ainda em abril de 2020, houve uma redução no número de novos casos de câncer de até 30%, o que também foi percebido por colegas de instituições internacionais. Tendo por base o conhecimento prévio do efeito do atraso prognóstico, discutimos um metodologia objetiva, capaz de estimar os efeitos da magnitude e do tempo de atraso no prognóstico dos pacientes e como deveria ser planejada a retomada das atividades para reduzir os efeitos esperados. O modelo criado é bastante efetivo e deveria ser empregado para planejar a assistência após a primeira onda", explica Kowalski.

O câncer não espera

O impacto no atraso do diagnóstico do tratamento oncológico é devastador. Somente a primeira onda irá causar um aumento de cerca de 20% no número de mortes por câncer de Cabeça e Pescoço, analisado pela pesquisa.  "Diversos pacientes serão tratados em fases mais avançadas e, embora curados, terão mais sequelas do tratamento", diz. Kowalski também explica que os custos serão maiores, tanto para sistema público quanto privado. "Quanto maior a espera, piores os efeitos".

Outro efeito marcante a longo prazo da demora em se procurar atendimento oncológico: os programas de prevenção também foram afetados pela falta de procura dos pacientes. O efeito, segundo o médico, será um aumento no número de casos e de diagnósticos tardios de diversos tipos de câncer.

Covid-19 e câncer: e agora?

Passada a “primeira onda”, algumas lições foram anotadas: prevenção, diagnóstico e tratamento não podem ser adiados.

“Mesmo durante a pandemia, em plena segunda onda e esperando a terceira que com certeza virá, temos que manter e ampliar esses serviços, sempre que possível, oferecendo opções à distância e promovendo um ambiente seguro para que os pacientes possam ser encorajados a procurar uma instituição de saúde sem medo de serem contaminados por Covid-19. O câncer não espera e o paciente não deve esperar. Torna-se obrigatório oferecer serviços adequados a mudanças atuais”, diz.

A telemedicina é uma alternativa ao atendimento presencial, que pode auxiliar o paciente a buscar o melhor tratamento.
“Apesar dessa opção, invariavelmente os pacientes chegaram para a primeira consulta com tumores mais avançados, alguns sem possibilidade de tratamento com finalidade curativa. Mesmo pacientes já tratados interromperam o tratamento e alguns tiveram atraso no diagnóstico de recorrências” diz Kowalski. A pesquisa mostrou que atrasos superiores a 60 dias no início do tratamento piora o prognóstico. A pandemia confirmou categoricamente esses dados.

Covid-19: previna-se

Pacientes com câncer de cabeça e pescoço podem apresentar mais comorbidades e, por isso, se encaixam no grupo de risco da Covid-19. As recomendações de prevenção da doença devem ser intensificadas (como uso de máscara, distanciamento, uso de álcool em gel e evitar aglomerações).

O câncer não espera. Fique atento aos sinais e sintomas do câncer de cabeça e pescoço e marque sua consulta. Estamos à disposição para atender você com toda segurança e seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19.


 

Douglas Guedes de Castro

Sobre

Ensino Superior em Medicina, concluído em 2000, na Universidade Federal de São Paulo

Pós-graduação em Gestão da Saúde, concluída em 2010, na Fundação Instituto de Administração

Mestrado em Oncologia, concluído em 2007, no A.C.Camargo Cancer Center

Doutorado em Oncologia, concluído em 2021, no A.C.Camargo Cancer Center

Especialização em Radioterapia, concluída em 2004, no A.C.Camargo Cancer Center

 

Contato para candidatos a mestrado e doutorado

[email protected]

 

Registro
CRM 100543
Especialidade
Radioterapia
Departamento
Radioterapia
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço

Ulisses Ribaldo Nicolau

Sobre

Graduação em Medicina concluída em 1996 na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. 

Residência Médica em Medicina Interna cursada na Irmandade da Santa Casa de São Paulo. 

Residência em Clínica Médica cursada na Fundação Antonio Prudente – Escola de Cancerologia Celestino Bourroul, entre 2000 e 2003. 

Registro
CRM 88030
Especialidade
Oncologia Ginecológica
Departamento
Oncologia Clínica
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço

Thiago Bueno de Oliveira

Sobre

Vice-líder do Centro de Referência em Tumores de Cabeça e Pescoço

Ensino Superior em Medicina, concluído em 2004, na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Especialização em Cancerologia Clínica, concluída em 2010, na Sociedade Brasileira de Cancerologia

Especialização em Clínica Médica, concluída em 2007, na Sociedade Brasileira de Clínica Médica

 

Contato para candidatos a mestrado e doutorado

[email protected]

 

Registro
CRM 116619
Especialidade
Oncologia Ginecológica
Departamento
Oncologia Clínica
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço

Paola Bertolotti Cardoso Pinto

Sobre

Ensino Superior em Medicina, concluído em 2002, na Universidade Estadual de Campinas

Doutorado em Ciências Médicas, concluído em 2014, na Universidade Estadual de Campinas

Especialização em Clínica Médica, concluída em 2005, na Sociedade Brasileira de Clinica Medica

Especialização em Cancerologia Clinica, concluída em 2010, na Sociedade Brasileira de Cancerologia

Registro
CRM 107910
Especialidade
Oncologia Clinica
Departamento
Oncologia Clínica
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço

Thiago Celestino Chulam

Sobre

Head do Departamento de Prevenção e Diagnóstico Precoce

Cursou o Ensino Superior em Medicina, concluído em 2005, na Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória. Deu continuidade a sua formação com uma Especialização em Cirurgia de Cabeça e Pescoço, concluído em 2010, na Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Em 2010 realizou Fellowship em Head and Neck Surgery no Instituto Europeu de Oncologia com sede em Milão, Itália. Em 2013 obteve Doutorado em Oncologia pelo A.C.Camargo Cancer Center.

Registro
CRM 131730
Especialidade
Cirurgia de Cabeça e Pescoço
Departamento
Medicina Comunitária e SUS
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço

Fábio de Abreu Alves

Sobre

Head de Estomatologia

Sua formação teve início em Três Corações - MG, onde se graduou em Odontologia em 1992. Na sequência, concluiu mestrado, doutorado e livre-docência na Faculdade de Odontologia de Piracicaba-UNICAMP. Desde 2003 dirige o Serviço de Estomatologia do A.C.Camargo Cancer Center, com a missão de liderar um time de especialistas que oferece atendimento odontológico a pacientes oncológicos e também controle e prevenção dos efeitos colaterais do tratamento oncológico.

 

Contato para candidatos a mestrado e doutorado

[email protected]

 

Registro
CRO 83680
Especialidade
Estomatologia
Departamento
Estomatologia
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço

Joilma Rodrigues de Lima

Sobre

Titular de Endocrinologia

Cursou Medicina pela Universidade Federal da Paraíba, onde concluiu a graduação em 1997. Nos três anos seguintes, já em São Paulo, concluiu Residência em Clínica Médica pelo Hospital Ipiranga e se especializou em Endocrinologia em 2002 pelo Hospital Brigadeiro. Atualmente, cursa pós-graduação em Oncologia no A.C.Camargo Cancer Center. É responsável pela organização do Workshop de Insulinoterapia Intra-Hospitalar, promovido pelo A.C.Camargo e também ministra palestras sobre educação continuada em hipotireoidismo. Juntamente com o apoio de um time interdisciplinar, dirige o Serviço de Endocrinologia Adulto do A.C.Camargo Cancer Center, cuja missão é propiciar ao paciente todo suporte necessário na detecção precoce dos tumores endócrinos, na pré-cirurgia e durante a quimioterapia.  

Registro
CRM 92102
Especialidade
Endocrinologia
Departamento
Endocrinologia Adulto
Centro de Referência
Tumores de Cabeça e Pescoço