Tumor Boards: abordagem multidisciplinar para paciente com câncer Pular para o conteúdo principal

Tumor Boards trazem uma abordagem multidisciplinar sobre o paciente garantindo a melhor condução terapêutica

 
Publicado em:

Tumor Boards trazem uma abordagem multidisciplinar sobre o paciente garantindo a melhor condução terapêutica

Equipes se reúnem semanalmente e avaliam casos complexos e que fogem de protocolos clínicos específicos

Publicado em:

Equipes se reúnem semanalmente e avaliam casos complexos e que fogem de protocolos clínicos específicos

Em um Cancer Center, as áreas de ensino, pesquisa, diagnóstico, tratamento e reabilitação estão integradas para buscar os melhores resultados baseados em evidências científicas. Dessa forma, o paciente encontra em uma única Instituição todos os profissionais necessários para avaliar seu caso, sem necessidade de buscar diversos hospitais e especialistas.

Essa integração é um dos muitos benefícios proporcionados pelo A.C.Camargo Cancer Center. A ciência é a base para a construção dos protocolos clínicos, mas cerca de 20% dos casos não estão previstos nos protocolos. Pacientes com casos complexos e que não se encaixam nos protocolos predefinidos podem contar com uma avaliação multidisciplinar, que acontece nas reuniões de Tumor Boards. Nesses encontros semanais, cirurgiões, oncologistas clínicos, radioterapeutas, patologistas, radiologistas, pesquisadores e outros especialistas discutem a conduta terapêutica mais efetiva para cada caso. 

O grupo pode, por exemplo, discutir a melhor sequência de um tratamento, se é o momento certo para uma intervenção cirúrgica ou quando iniciar terapias paliativas, sempre considerando o histórico, as condições atuais e as preferências do paciente.

Em 2018, foram discutidos 2.240 casos nas reuniões de Tumor Boards. “Além de avaliar casos complexos, esta equipe multidisciplinar também emite segunda opinião e atualiza as condutas nos protocolos clínicos e educacionais, gera perguntas para as áreas de investigação básica e clínica. Dessa forma, o paciente terá uma recomendação feita por diversos profissionais com diferentes olhares”, explica o Dr. Victor Piana de Andrade, Diretor Geral da Instituição, beneficiando o paciente com a melhor combinação de ciência e experiência.

Dr. Victor explica ainda que, em 2018, o índice de assertividade da equipe foi de 95%, ou seja, o grupo de profissionais foi capaz de responder à pergunta inicial proposta para o caso. “Esse número mostra que, para casos que fogem dos protocolos predefinidos, a visão multidisciplinar faz muita diferença na rapidez com a qual a decisão é tomada para o tratamento do paciente e na qualidade de assistência prestada”, comenta. 

Criado em 2016, o Tumor Board conta com 15 grupos que promovem reuniões periódicas nas especialidades de abdome, cabeça e pescoço, colorretal, endocrinologia, mastologia, neurologia, onco-hematologia, pulmão e tórax, ginecologia, urologia, pediatria, sarcoma, tumores cutâneos, neuroendócrinos e vasculares.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Cuidados paliativos, para todas as horas
"Fulano, coitado, ele já está nos cuidados paliativos". É pouco provável que você nunca tenha ouvido essa frase, ou outra parecida com ela, numa conversa sobre doença. O coitado seria uma pessoa muito enferma, já incurável, vivendo os seus últimos...
A quimérica célula Car-t
Você se lembra da notícia, certamente. Se já era oncológico à época, recorda especialmente a esperança que ela trouxe para todos os pacientes. Em 9 de setembro de 2019, no Hospital das Clínicas da de Ribeirão Preto, um aposentado de...
Os planos e o drama da cobertura
Imagine você estar na Emergência do A.C.Camargo, acomodado provisoriamente numa baia, esperando a transferência para um quarto do hospital. Você é um paciente em seguimento de câncer e deu entrada com um quadro de diarreia intensa. Como é o auge...
Nossos índices de chance de cura são os mais altos do país
Lançado em abril de 2023, o Observatório do Câncer do A.C.Camargo avaliou mais de 98 mil casos tratados na instituição nos últimos 20 anos. E os dados apresentados mostram que, cada vez mais, alcançamos ótimos resultados junto aos pacientes. Nos...