Tumor Boards trazem uma abordagem multidisciplinar sobre o paciente garantindo a melhor condução terapêutica

Publicado em: 23/05/2019 - 16:05:29
Institucional
Tratamento
Genética
Linha Fina

Equipes se reúnem semanalmente e avaliam casos complexos e que fogem de protocolos clínicos específicos

Em um Cancer Center, as áreas de ensino, pesquisa, diagnóstico, tratamento e reabilitação estão integradas para buscar os melhores resultados baseados em evidências científicas. Dessa forma, o paciente encontra em uma única Instituição todos os profissionais necessários para avaliar seu caso, sem necessidade de buscar diversos hospitais e especialistas.

Essa integração é um dos muitos benefícios proporcionados pelo A.C.Camargo Cancer Center. A ciência é a base para a construção dos protocolos clínicos, mas cerca de 20% dos casos não estão previstos nos protocolos. Pacientes com casos complexos e que não se encaixam nos protocolos predefinidos podem contar com uma avaliação multidisciplinar, que acontece nas reuniões de Tumor Boards. Nesses encontros semanais, cirurgiões, oncologistas clínicos, radioterapeutas, patologistas, radiologistas, pesquisadores e outros especialistas discutem a conduta terapêutica mais efetiva para cada caso. 

O grupo pode, por exemplo, discutir a melhor sequência de um tratamento, se é o momento certo para uma intervenção cirúrgica ou quando iniciar terapias paliativas, sempre considerando o histórico, as condições atuais e as preferências do paciente.

Em 2018, foram discutidos 2.240 casos nas reuniões de Tumor Boards. “Além de avaliar casos complexos, esta equipe multidisciplinar também emite segunda opinião e atualiza as condutas nos protocolos clínicos e educacionais, gera perguntas para as áreas de investigação básica e clínica. Dessa forma, o paciente terá uma recomendação feita por diversos profissionais com diferentes olhares”, explica o Dr. Victor Piana de Andrade, Diretor Geral da Instituição, beneficiando o paciente com a melhor combinação de ciência e experiência.

Dr. Victor explica ainda que, em 2018, o índice de assertividade da equipe foi de 95%, ou seja, o grupo de profissionais foi capaz de responder à pergunta inicial proposta para o caso. “Esse número mostra que, para casos que fogem dos protocolos predefinidos, a visão multidisciplinar faz muita diferença na rapidez com a qual a decisão é tomada para o tratamento do paciente e na qualidade de assistência prestada”, comenta. 

Criado em 2016, o Tumor Board conta com 15 grupos que promovem reuniões periódicas nas especialidades de abdome, cabeça e pescoço, colorretal, endocrinologia, mastologia, neurologia, onco-hematologia, pulmão e tórax, ginecologia, urologia, pediatria, sarcoma, tumores cutâneos, neuroendócrinos e vasculares.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Dr. Eduardo Bertolli apresenta novo nomograma no congresso da European Association of Dermato Oncology
O modelo matemático prevê a probabilidade de linfonodo sentinela comprometido por melanoma Em 26 de abril, o doutor Eduardo Bertolli, cirurgião oncológico do Centro de Referência de Tumores Cutâneos, apresentou no congresso da European Association of Dermato Oncology (EADO) um novo nomograma desenvolvido por ele...
Dia do Cirurgião Oncológico: pioneirismo e técnica
Esse profissional precisa de 11 anos de formação para acumular um entendimento global do tratamento do câncer e realizar procedimentos de alta complexidade O Dia do Cirurgião Oncológico é celebrado em 17 de julho desde 2017. Trata-se de uma especialidade fundamental. Afinal, esse profissional não...
Seis dicas para aliviar a mente e manter o paciente confortável durante a sessão de quimioterapia
A quimioterapia é uma das mais importantes formas de tratamento do câncer, que utiliza medicamentos para destruir ou inibir o desenvolvimento de células tumorais. Pode ser aplicada por via oral ou de forma intravenosa, ou seja, diretamente na veia por meio de cateteres. Como o...
O papel do farmacêutico em um Hospital Oncológico
Você sabe qual o papel de um farmacêutico em um hospital oncológico? Segundo Edna Tanaka, supervisora da Farmácia do Hospital A.C.Camargo, "a missão da farmácia é promover assistência farmacêutica aos profissionais envolvidos no tratamento dos pacientes, garantindo a segurança da cadeia de abastecimento e uso...
Tumores hematológicos: conheça as diferenças entre eles
Entre os tumores hematológicos estão as leucemias, os linfomas e o mieloma múltiplo. Caso você tenha observado os sinais e sintomas dos tumores hematológicos e recebido o diagnóstico de algum deles, ou mesmo queira apenas entender mais sobre fatores de risco e tratamentos, confira a...