Em câncer de endométrio nem sempre é preciso fazer linfadenectomia

Publicado em: 06/06/2017 - 21:06:00
Notícias

Quando o câncer de endométrio avança, geralmente o primeiro lugar em que ele vai se instalar é nos linfonodos da pelve. "Depois disso, se o câncer continuar invadindo os tecidos, a tendência é que ele avance até a para-aórtica (que fica atrás do intestino)", explica o Dr. Glauco Baiocchi, da Ginecologia.

Foram avaliados 255 pacientes.

A intenção do estudo "Para-aortic lymphadenectomy can be omitted in most endometrial cancer patients at risk of lymph node metastasis", publicado no Journal of Surgery Oncology, foi avaliar a real necessidade de procedimentos como a linfadenectomia, cirurgia que remove os gânglios linfáticos da pelve e o tecido junto à aorta para controlar a invasão do tumor.

"O que constatamos é que, na ausência de metástase pélvica, e quando o tumor ainda não chegou a se infiltrar na camada muscular, são raras as metástases para-aórticas. Isso confirma a nossa ideia de que é baixo o risco de metástase na região, e assim podemos recomendar, para esse grupo de pacientes com essas características, que a linfadenectomia não é necessária", explica o Dr. Glauco. 

O estudo avaliou 255 pacientes que já tinham se submetido à linfadenectomia e mostrou que, quando não havia tumor na camada muscular nem metástase pélvica, o risco de metástase na para-órtica ficou abaixo de 0,8%. "Esses dados são importantes para que possamos diminuir a quantidade de procedimentos", explica o Dr. Glauco. Para o paciente é também uma boa notícia: a chance de não fazer mais uma cirurgia.

Para acessar a pesquisa completa, clique aqui.

Dr. Glauco Baiocchi Neto - CRM 97051
Diretor do Departamento de Ginecologia Oncológica
Especialista em Cirurgia Oncológica - RQE nº 42471

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?

Veja também

Alimentos que ajudam na prevenção do câncer: colo do útero, pulmão e estômago
Boa alimentação pode ajudar na prevenção do câncer. Confira dicas de alimentos que podem ser aliados na prevenção de tumores de colo do útero, pulmão e estômago.
Chegou o inverno. Descubra os cuidados necessários na estação mais gelada do ano
Além de se proteger do frio para evitar doenças como a gripe, diversos cuidados são necessários na estação mais fria do ano. Atividades que auxiliam na manutenção do calor no corpo, como a exposição ao sol e o consumo de bebidas quentes, podem ser uma...
Relatório da American Cancer Society indica queda na taxa de mortalidade entre os principais tipos de câncer
O índice de mortes de 2010 a 2014 diminuiu em 11 dos 16 tipos mais comuns de câncer entre os homens e em 13 dos 18 tipos mais comuns de câncer entre as mulheres, incluindo pulmão, colorretal, mama e câncer de próstata. Os maiores aumentos...
Evolução na sobrevida de pacientes com metástase cerebral
A implementação e difusão de uma técnica de radioterapia cranial focal precisa, que possibilita a administração de uma alta dose de radiação restrita à lesão em fração única (radiocirurgia) ou poucas frações (radioterapia estereotática fracionada), assim como o aumento das opções de tratamento sistêmico (novas...
Em oficina gratuita, nutricionistas ensinam o passo a passo do preparo de receitas que auxiliam na prevenção de câncer
Adotar um estilo de vida saudável é fundamental para reduzir os riscos de desenvolver câncer, e um grande passo é estar atento ao que colocamos na mesa. Focado em difundir o papel protetor de uma alimentação equilibrada, o A.C.Camargo anuncia a agenda de 2013 da...