Cancer colorretal metastático: foco em pacientes HER2 positivos Pular para o conteúdo principal

Câncer colorretal metastático: foco em pacientes HER2 positivos

 
Publicado em:

Câncer colorretal metastático: foco em pacientes HER2 positivos

Publicado em:

Por Celso Abdon Lopes de Mello, oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center

Foi apresentado o estudo DESTINY-CRC01. Este estudo é um estudo pequeno, de fase II, multicêntrico que avaliou a eficácia de uma nova droga, o Trastuzumabe Deruxtecan (T-Dxd), em pacientes com carcinoma de cólon e reto metastático, HER2 positivo. 

Esta droga já é utilizada nos EUA para o tratamento do câncer de mama HER2 positivo. Uma parcela muito pequena de pacientes com câncer colorretal apresentam alteração de HER2.

Estudos prévios liderados pelo Dr. Salvatore Siena, de Milão, mostraram que a inibição dessa proteína, como é feito com o câncer de mama, produz resultados positivos. 

Neste estudo, foi avaliada a eficácia dessa nova droga, o T-Dxd, que é uma molécula inteligente por ser um anticorpo contra o HER2, acoplado a uma outra droga, e por isso é mais "potente" do que os que já existem. 

Foram incluídos pacientes que não tinham mutação no gene Kras e Nras e que eram positivos para HER2. O estudo mostrou que, para pacientes (n=53 pacientes) que já haviam sido tratados com praticamente todas as drogas ativas para o câncer colorretal metastático, o T-Dxd produziu uma taxa de resposta de 45%, algo bastante surpreendente para pacientes que costumam não responder aos agentes convencionais. 

Esta droga apresenta efeitos colaterais que precisam ser monitorados, como a pneumopatia. 

Em resumo, este estudo mostra que esta droga é promissora e embasa o desenvolvimento de novas investigações para pacientes com câncer colorretal metastático que expressam a proteína HER2.   

Celso Abdon Lopes de Mello e o câncer colorretal

Saiba mais:

- Acompanhe aqui o melhor do ASCO Annual Meeting 2020

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

Síndrome de Li-Fraumeni: estudo que envolveu o A.C.Camargo pode mudar o aconselhamento genético da doença de forma marcante
Pesquisa internacional analisou dois tipos de mutações que estão ligadas à predisposição ao câncer A Síndrome de Li-Fraumeni (SLF) é uma doença hereditária de predisposição ao câncer, relacionada a mutações no gene TP53. Uma das mutações neste gene, denominada R337H...
Câncer colorretal: A.C.Camargo apresenta pôster em colaboração com o MD Anderson Cancer Center
Por Samuel Aguiar Junior, cirurgião oncologista e head do Centro de Referência em Tumores Colorretais e Sarcoma do A.C.Camargo Intitulado Consensus Molecular Subtypes in Colorectal Cancer Differ by Geographic Region , este pôster apresentado na ASCO mostra resultados iniciais de...
Atualização de seguimento de conduta terapêutica com base na assinatura genética mammaprint
Por Solange Sanches, oncologista clínica e vice-coordenadora do Centro de Referência em Tumores da Mama Existem esforços muito grandes em reduzir a indicação de quimioterapia para pacientes com câncer de mama receptor hormonal positivo precoce estadio clínico I e II...
O câncer de próstata e a Oncogenética
Alguns perfis de pacientes tendem a um risco aumentado de desenvolver esse tipo de tumor e precisam antecipar o rastreamento Câncer de próstata, uma enfermidade ligada ao fator genético. Estudos mostram que de 10 a 12% desse tipo de tumor...
Trabalho ganha prêmio no Congresso Latino-Americano de Patologia
Estudo foi feito em parceria com pesquisadores do Instituto Mário Penna e do A.C.Camargo Cancer Center Durante o XXXII Congresso Latino-americano de Patologia, o trabalho Perfil imuno-genético de pacientes com câncer de colo uterino respondedoras à quimiorradioterapia foi o vencedor...