Casal de idosos se abraçando felizes à direita. Impotência sexual e câncer urológicos: mitos e verdades

Função sexual e câncer urológico: mitos e verdades

Publicado em: 20/11/2020 - 11:11:15
Tratamento
Prevenção
Epidemiologia
Tumores Urológicos
Mitos & Verdades
Próstata
Linha Fina

Conversamos com o Dr. Stênio de Cássio Zequi, líder do Centro de Referência em Tumores Urológicos do A.C.Camargo Cancer Center, para esclarecer as principais dúvidas sobre saúde do homem (tumores de bexiga, pelve, pênis, próstata, rim e testículos), impotência sexual e outras questões. Confira:

Todo tipo de tratamento contra câncer urológico pode resultar em impotência sexual.

Mito. Não é todo câncer urológico que pode causar impotência sexual após o tratamento. Na maioria das vezes, a disfunção erétil ocorre durante o tratamento cirúrgico para tumores de próstata ou de bexiga. Isso depende da condição física prévia do paciente, assim como o tipo e o nível do tumor. Atualmente, muitos médicos utilizam a cirurgia robótica, uma técnica minimamente invasiva que ajuda a proteger os tecidos e músculos da região. De qualquer forma, na maioria das vezes, existem alternativas para contornar o problema, como tratamentos hormonais, medicamentos ou próteses penianas.

Quanto mais cedo descobrir o câncer, menos devo sofrer com impotência sexual.

Verdade. Quanto mais cedo o câncer for descoberto, menores são as chances de uma possível impotência sexual. Os tratamentos empregados são menos agressivos e podem não impactar a função erétil do pênis.

É possível recuperar a impotência sexual após o tratamento oncológico.

Verdade. Mas, é importante analisar caso a caso. A resposta depende de alguns fatores, como idade do paciente, tipo do câncer e outros. No geral, homens jovens e sadios, que não sofriam de impotência sexual previamente, tendem a voltar com a disposição de antes. A notícia do câncer também pode impactar a condição psicológica do paciente, deixando-o ansioso e influenciando na qualidade da função erétil do pênis.

Posso ficar infértil após o tratamento contra um câncer urológico.

Verdade. A depender do tipo do câncer, saúde e idade do paciente e tratamento aplicado, o paciente pode sim ficar infértil. Portanto, para aqueles que desejam ser pais no futuro, é importante ter uma conversa franca com o médico urologista para pensar em alternativas de preservação de espermatozoides, como banco de sêmen.

Sou jovem, não terei problemas com impotência sexual após o tratamento contra o câncer.

Depende. Pacientes com menos de 65 anos e que já possuem uma boa potência sexual prévia, podem sofrer menos com disfunção erétil ou outros fatores decorrentes do tratamento oncológico.
 

Dr. Stênio de Cássio explica sobre impotência sexual, mitos e verdades sobre o tratamento do câncer urológico

 

 

Veja também

Vídeo: a oncologia clínica nos tumores cerebrais
Entenda mais sobre o tema com a Dra. Ana Carolina Levy A oncologia clínica nos tumores cerebrais é peculiar, pois esses cânceres do sistema nervoso central podem ser primários ou secundários. Isso significa que eles surgiram das células do próprio sistema nervoso central ou que...
Estudo RAPIDO: foco no tratamento do carcinoma de reto localizado
Por Celso Abdon Lopes de Mello, oncologista clínico, com a colaboração da médica da radioterapia Maria Leticia Gobo, ambos do A.C.Camargo Cancer Center Os resultados do estudo RAPIDO estavam sendo bastante aguardados. Os pacientes com carcinoma de reto distal de alto risco são tratados hoje...
Inibidores de PARP: estamos vivendo uma mudança de paradigma?
Medicamento atua inibindo enzimas relacionadas às mutações BRCA1 e BRCA2 presentes no desenvolvimento de câncer de ovário Os inibidores de PARP. estão quebrando paradigmas no tratamento de câncer de ovário. O medicamento, que funciona como uma quimioterapia oral, tem sido utilizado para tratamento de uma...
Dia Mundial da Higiene das Mãos: 7 passos para a lavagem perfeita
Data de conscientização ocorre em 5 de maio e serve para reafirmar a importância essencial desse ato Higiene das mãos, algo vital. Tanto que há um dia de conscientização (5/5), instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que nasceu bem antes da pandemia. Assim, nunca...
Afinal o que causa e como lidar com os efeitos tardios do tratamento do câncer?
Estudo apresentado no AACR Meeting 2017, em Washington, mostra como sobreviventes de longo tempo do tratamento de câncer podem ter sua qualidade de vida melhorada. Nos últimos cinco anos, o tratamento de 27 diferentes sítios tumorais elevou o número de sobreviventes de câncer no planeta...