Programa Institucional de Iniciação Científica - julho de 2021

O Programa Institucional de Iniciação Científica conta com vagas destinadas para:

· Área básica / translacional: 08 vagas;

· Área clínica / epidemiológica: 19 vagas.

Obs: as bolsas poderão ser remanejadas entre as áreas caso não seja atingida a cota mínima de projetos aprovados.

Inscrições

Somente poderão participar do processo seletivo:

  • Candidatos regularmente matriculados em instituição de Graduação reconhecida pelo Ministério da Educação;
  • Candidatos residentes na Grande São Paulo. 

As inscrições serão realizadas no período de 8 de julho de 2021 a 31 de julho de 2021 às 23h59 nesta página.

Para a inscrição o candidato deverá apresentar documentos de identificação, currículo cadastrado na Plataforma Lattes, comprovante de matrícula, histórico escolar, e carta de intenção.  

Na carta de intenção, o candidato deverá apresentar as razões que o levaram a buscar a iniciação científica e experiências anteriores na área.

No formulário de inscrição, o candidato poderá optar pela inscrição em até 2 projetos de pesquisa. 

Atenção ao preenchimento do formulário e envio da documentação, pois as inscrições que estiverem em desacordo, serão anuladas automaticamente.

Seleção

1ª fase:  
A seleção será realizada com base na documentação entregue. Os seguintes critérios serão utilizados para a seleção:

  • Histórico de notas;
  • Experiências anteriores;
  • Domínio da língua inglesa;
  • Disponibilidade de horário;
  • Carta de intenção. 

O resultado da primeira fase:

Candidato Orientador Horário da entrevista
Ana Beatriz Deleame Medeiros Glaucia Hajj 09h00
Ana Beatriz Deleame Medeiros Thais Fernanda Bartelli 13h20
Ana Luísa Almeida Vilela Ferreira Maria Paula Curado 11h00
André Luiz Corrêa Filho Maria Paula Curado 10h20
Beatriz Lopes da Silva Badaró Antonio Paulo Nassar Junior 15h30
Beatriz Mesalira Alves Gisele Aparecida Fernandes 12h40
Bruno Rossi Camargo Jose Claudio Casali da Rocha 13h20
Camila Cavalcanti Barcelos Rodrigues Maria Nirvana da Cruz Formiga 17h00
Caroline Marques de Aquino Glaucia Hajj 08h40
Danielle Karini de Souza Costa Glaucia Hajj 09h20
Deiwet Ribeiro Silva Almir Bitencourt 14h00
Diego Vaz Paulino da Silva Gisele Aparecida Fernandes 12h00
Eloah Pascuotte Filippetti Antônio Cássio de Assis Pellizzon 11h30
Emanoella Nogueira Ribeiro Martin Roffe 11h20
Farid Asaad Diniz Saliba Jose Claudio Casali da Rocha 14h00
Fernanda Pini Sapata Gonçalves Arruda Almir Bitencourt 14h20
Filipe Danilo das Neves Jose Claudio Casali da Rocha 13h40
Gabriela Domingues Mattos Glaucia Hajj 09h40
Giulia Medola Del Missier Pedro Caruso  10h00
Guilherme Marques Leriam Jose Claudio Casali da Rocha 13h00
Isabela Granato Travalini Stênio de Cássio Zequi 08h00
Jacqueline Palumbo Ribeiro Martin Roffe 11h00
Jessica Moraes de Souza Antonio Paulo Nassar Junior 15h15
José Augusto Stinghen Neto Glaucia Hajj 08h00
Junia Costa Carvalho Fabiana Baroni Alves Makdissi 12h20
Laís Silva Praxedes Carlos Alberto Ricetto Sacomani 13h30
Larissa Alana Cherque Roccon Antonio Paulo Nassar Junior 15h45
Larissa Irigoyen Teixeira Barbosa Gisele Aparecida Fernandes 09h00
Larissa Vila Afonso Jose Claudio Casali da Rocha 15h00
Larissa Vila Afonso Giovana Tardin Torrezan 17h20
Leonardo Moraes e Silva Maria Paula Curado 10h00
Letícia Miliano Candelária Gisele Aparecida Fernandes 11h40
Letícia Miliano Candelária Marina De Brot Andrade 15h00
Leticia Zorzi Brondani Felipe José Fernández Coimbra 08h00
Lissa Alessandra Santos Siqueira Marina De Brot Andrade 15h20
Luana Tambosi Barreto Eduardo Bertolli 17h20
Luíza Floriano Gisele Aparecida Fernandes 12h20
Maria Eduarda Salles Trevizani Cláudia Malheiros Coutinho Camillo 14h20
Maria Eugenia Dumont Adams Prudente Corrêa Eduardo Bertolli 17h00
Maria Laura Doná Mourão Celso Abdon Lopes de Melo 12h30
Maria Luísa Gomes Tomazelli Elisabete Carrara de Angelis 10h00
Maria Victoria Cortez de Oliveira Lima Jose Claudio Casali da Rocha 14h40
Maria Victoria Cortez de Oliveira Lima Giovana Tardin Torrezan 17h00
Mariana Amélia Silva de Souza Thais Fernanda Bartelli 13h00
Mariana da Silva Moraes Gisele Aparecida Fernandes 09h40
Matheus Caldeira Ferraz Borges Maria Paula Curado 10h40
Natalia Tomaz Pires Fabiana Baroni Alves Makdissi 12h00
Náthali Amie Makiyama Santos Gisele Aparecida Fernandes 13h00
Norma Kimberly Guillen Balarezo Maria Teresa D. P. da Cruz Lourenço 17h00
Paula Myllena da Silva Pereira Gisele Aparecida Fernandes 09h20
Pedro Cesar Souza Jose Claudio Casali da Rocha 14h20
Pedro Nunes Garcia Cláudia Malheiros Coutinho Camillo 14h00
Riqueli Pimentel Felipe José Fernández Coimbra 08h20
Rodrigo Pereira Barbosa Maria Paula Curado 11h20
Sandy Vieira Teixeira Glaucia Hajj 08h20
Tainara Rita Pezzini Antonio Paulo Nassar Junior 15h00
Thainara Miranda Libânio José Guilherme Vartanian 14h00
Victor Chequer Mineli Almir Bitencourt 14h40

 

As entrevistas serão realizadas em 31 de agosto de 2021 com duração de 15 minutos para cada candidato.

O candidato aprovado nesta fase receberá o link de acesso a sala online de entrevista. Caso não receba este e-mail até o dia 27/08, deverá entrar em contato pelo do e-mail: [email protected] ou telefone: (11) 2189-5098.    

2ª fase: 
Somente os candidatos aprovados na 1ª fase serão chamados para a entrevista online realizada no dia 31 de agosto de 2021 em horário a ser definido. Durante a entrevista, os candidatos serão arguidos sobre:

  • Histórico de notas;
  • Experiências anteriores;
  • Domínio da língua inglesa;
  • Disponibilidade de horário;
  • Conhecimento sobre o tema do projeto escolhido.  

O tempo de 15 minutos para cada entrevista deverá ser respeitado.

O candidato aprovado nesta fase receberá o link de acesso a sala online de entrevista. Caso não receba este e-mail até o dia 27 de agosto de 2021, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone: (11) 2189-5098.

A aprovação no processo seletivo não condiciona, necessariamente, ao recebimento de bolsa de estudos. 

Bolsas: 
Este processo seletivo dispõe de 19 bolsas concedidas pelo CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico:

  • 8 destinada à área de pesquisa básica / translacional
  • 11 destinada à área clínica / epidemiológica.

Se as bolsas de uma das áreas não forem completamente preenchidas, por liberalidade, a instituição automaticamente transferirá cota remanescente de bolsa para a outra.

Os alunos aprovados no processo seletivo serão classificados de acordo com os critérios utilizados na entrevista e os dezenove melhores classificados receberão as bolsas de estudos até agosto de 2022 e oito não terão bolsa. As bolsas PIBIC exigem do aluno dedicação ao projeto de, ao menos, 20 horas semanais. 

A implantação da bolsa será realizada apenas se e mediante confirmação de disponibilidade da cota pela agência CNPq.

Os demais aprovados serão admitidos sem bolsa, respeitando-se o limite total de até 08 vagas na área básica / translacional e 19 vagas na área clínica / epidemiológica. 

Resultado Final: 02/09/2021

O processo de matrícula irá iniciar no dia 03 de setembro de 2021 para todos os alunos aprovados (bolsistas ou não bolsistas), que deverão submeter os documentos abaixo por meio do link da plataforma que será disponibilizado nesta página posteriormente.

  • Cédula de Identidade
  • Cópia do CPF
  • Foto para Crachá
  • Comprovante de matrícula da graduação

 

Lista de Aprovados - Modalidade com bolsa do CNPq (em ordem alfabética)

Aluno Orientador E-mail Docente
Ana Beatriz Deleame Medeiros Giovana Tardin Torrezan [email protected]
Camila Cavalcanti Barcelos Rodrigues Maria Nirvana da Cruz Formiga [email protected]
Eloah Pascuotte Filippetti Antonio Cassio Assis Pellizzon [email protected]
Farid Asaad Diniz Saliba Jose Claudio Casali da Rocha [email protected]
Fernanda Pini Sapata Gonçalves Arruda Almir Galvao Vieira Bitencourt [email protected]
Giulia Medola Del Missier Pedro Caruso  [email protected]
Isabela Granato Travalini Stênio de Cássio Zequi [email protected]
Jessica Moraes De Souza Antonio Paulo Nassar Junior [email protected]
José Augusto Stinghen Neto Glaucia Noeli Maroso Hajj [email protected]
Junia Costa Carvalho Fabiana Baroni Alves Makdissi [email protected]
Letícia Miliano Candelária Gisele Aparecida Fernandes [email protected]
Maria Laura Doná Mourão Celso Abdon Lopes de Mello [email protected]
Maria Luísa Gomes Tomazelli Elisabete Carrara De Angelis [email protected]
Mariana Amélia Silva De Souza Thais Fernanda Bartelli [email protected]
Natalia Tomaz Pires Fabiana Baroni Alves Makdissi [email protected]
Norma Kimberly Guillen Balarezo Maria Teresa  D. P. da Cruz Lourenço [email protected]
Pedro Nunes Garcia Cláudia Malheiros Coutinho Camillo [email protected]
Thainara Miranda Libânio José Guilherme Vartanian  [email protected]
Victor Chequer Mineli Almir Galvao Vieira Bitencourt [email protected]

 

Lista de Aprovados - modalidade sem bolsa (em ordem alfabética)

Aluno Orientador E-mail Docente
Jacqueline Palumbo Ribeiro Martin Roffe [email protected]
Lais Silva Praxedes Carlos Alberto Ricetto Sacomani [email protected]
Lissa Alessandra Santos Siqueira Marina De Brot Andrade [email protected]
Maria Eugenia Dumont Adams Prudente Corrêa Eduardo Bertolli [email protected]
Matheus Caldeira Ferraz Borges Maria Paula Curado [email protected]
Pedro Cesar Souza Jose Claudio Casali da Rocha [email protected]
Riqueli Pimentel Felipe José Fernández Coimbra [email protected]

 

Aprovados para lista de espera - modalidade com bolsa do CNPq (em ordem alfabética)

Candidato Área 
Ana Luísa Almeida Vilela Ferreira Básica
André Luiz Corrêa Filho Básica
Beatriz Mesalira Alves Básica
Bruno Rossi Camargo Clínica
Deiwet Ribeiro Silva Clínica
Diego Vaz Paulino Da Silva Básica
Filipe Danilo Das Neves Clínica
Gabriela Domingues Mattos Básica
Larissa Alana Cherque Roccon Clínica
Larissa Vila Afonso Clínica
Letícia Miliano Candelária Básica
Luana Tambosi Barreto Clínica
Luíza Floriano Básica
Maria Eduarda Salles Trevizani Básica
Náthali Amie Makiyama Santos Básica
Paula Myllena Da Silva Pereira Básica
Rodrigo Pereira Barbosa Básica
Sandy Vieira Teixeira Básica

 

Os candidatos não bolsistas e a lista de espera poderão ser convocados para bolsa, em caso de desistência, até julho de 2022

Aprovados nas Modalidades com e sem bolsa

As atividades serão iniciadas em 8 de setembro de 2021. Neste dia, haverá uma integração online às 16h (plataforma TEAMS) obrigatória para os candidatos aprovados.

O link de acesso e as orientações de matrícula serão enviados por e-mail em 3 de setembro.

Em caso desistência, envie um e-mail para [email protected] até o dia 3 de setembro de 2021.

Cronogramas/atividades que serão desenvolvidas

Todos os aprovados, bolsistas ou não, deverão cumprir o cronograma das atividades propostas pelo Programa de Iniciação Científica que será divulgado no início do curso.

Lista de projetos disponíveis

Orientador

Almir Bitencourt

Resumo do Projeto

O câncer de mama é uma doença heterogênea. O imunofenótipo mais comum é o luminal, que se caracteriza pela expressão receptores hormonais e geralmente se beneficia da terapia endócrina. No entanto, existe uma grande heterogeneidade mesmo dentro dos tumores luminais. A diretriz da ASCO/CAP recomenda que receptor de estrógeno (RE) seja considerado positivo se 1% ou mais das células tumorais apresentarem expressão deste marcador em qualquer intensidade. No entanto, sugere que se houver expressão de RE entre 1-10% deve ser relatado como “low-positive”, uma vez que esses tumores são biologicamente heterogêneos e muitas vezes têm perfis de expressão gênica semelhantes aos carcinomas ER-negativos. No entanto, as características de imagem dos carcinomas luminais “low-positive” ainda não estão bem descritas na literatura. O objetivo deste estudo é comparar achados de imagem dos pacientes com carcinomas mamários invasivos do subtipo Luminal com e sem baixa expressão de RE (“low-positive”). 

Orientador

Almir Bitencourt

Resumo do Projeto

Os carcinomas mamários do subtipo triplo-negativo são caracterizados por não apresentar expressão de receptores hormonais ou hiperexpressão de HER-2 no estudo imunohistoquímico. Este subtipo representa cerca de 10-20% de todos os carcinomas mamários invasivos, sendo mais comum em pacientes jovens. Em geral, são tumores de alto grau que apresentam comportamento agressivo, com crescimento rápido e pior prognóstico, associado a maior risco de disseminação por via hematogênica e recorrência precoce (1-3 anos após o diagnóstico). Os tumores deste subtipo costumam se apresentar nos exames de imagem como massas redondas ou ovais, com áreas de necrose central. Vários trabalhos têm relatado alta prevalência de mutações germinativas patogênicas no gene BRCA1 em mulheres jovens portadoras de tumores triplo-negativos. O objetivo deste estudo é comparar achados de imagem dos pacientes com carcinomas mamários invasivos do subtipo triplo-negativo com e sem mutação no gene BRCA.

Orientador

Martín Roffé

Resumo do Projeto

Uma das classes de proteínas com função importante na formação e progressão de tumores corresponde às proteínas quinases, formada por aproximadamente 540 proteínas humanas, porém menos de 10% das quinases em nosso genoma foram amplamente estudadas e utilizadas como alvos terapêuticos. O presente projeto visa selecionar um grupo de quinases pouco exploradas e avaliar a importância dessas quinases como alvos terapêuticos potenciais para tumores específicos. O potencial dessas proteínas será inicialmente investigado em tumores sólidos, utilizando métodos de bioinformática, biologia celular e molecular e química medicinal. O projeto será possível devido à colaboração de cientistas do A.C.Camargo Cancer Center e da Aché laboratórios, que possuem experiência complementar.

Orientadora

Giovana Tardin Torrezan

Resumo do Projeto

O diagnóstico genético de indivíduos em risco para síndromes de predisposição hereditária ao câncer (SPHC) é realizado através do sequenciamento de nova geração de painéis multigenes contendo de uma dezena a uma centena de genes de predisposição ao câncer (GPC).  Uma pequena parcela dos pacientes portadores de SPHC apresenta variantes patogênicas em mais de um gene, incluindo genes de alta e moderada penetrância ao câncer. As implicações clínicas relacionadas à expressividade de múltiplas variantes em um indivíduo ainda são desconhecidas. O presente estudo tem como objetivos: descrever as características clínicas de pacientes/famílias com duas ou mais variantes patogênicas em GPC; avaliar características moleculares (expressão proteica, expressão alélica e perda de heterozigose) dos tumores desses indivíduos para definir relações de etiologia entre variantes e tumores. 

Orientador

Antonio Paulo Nassar Junior

Resumo do Projeto

Delirium é uma síndrome clínica caracterizada por distúrbio de consciência e da cognição, caracterizado por desatenção e pensamento desorganizado. O objetivo deste estudo é avaliar se a ocorrência de delirium na UTI está associada à maior mortalidade em 1 ano em pacientes previamente funcionais, internados por motivos clínicos e que sobreviveram à internação hospitalar. Trata-se de um estudo de coorte retrospectiva, baseado no banco de dados da UTI do AC Camargo Cancer Center, com pacientes admitidos entre 2015 e 2018. A variável de exposição a ser estudada será a ocorrência ou não de delirium à internação na UTI. O desfecho primário será a mortalidade em 1 ano.

Orientador

Fabiana Baroni Alves Makdissi

Resumo do Projeto

Estudos demonstram a importância da Espiritualidade como fator de proteção para transtornos mentais e melhoria da qualidade de vida, sendo a terapia complementar mais usada por pacientes com câncer. Este estudo visa avaliar o nível de Espiritualidade/ Religiosidade em pacientes com câncer de mama e compreender o impacto nestes níveis na qualidade de vida após o diagnóstico. A avaliação das pacientes contará com a aplicação de questionário geral sobre os aspectos demográfico, estado de saúde e religiosidade, bem como Escala de Coping Religioso-Espiritual Abreviada (CRE-Breve), Instrumento de Qualidade de Vida da Organização Mundial da Saúde – Módulo Espiritualidade, Religião e Crenças Pessoais (WHOQOL-SRPB e Instrumento de Qualidade de Vida da OMS Abreviado (WHOQOL-Bref). As pacientes serão consentidas após o diagnóstico de câncer ou antes do início do primeiro tratamento oncológico.

Orientador

Jeam Haroldo Oliveira Barbosa

Resumo do Projeto

Imagens de tomografia computadorizada possuem um contraste limitado para diferenciar tecidos moles e assim o delineamento de estruturas anatômicas do sistema nervoso central se torna um desafio para a equipe médica. Uma alternativa adotada por muitos serviços de radioterapia para contornar essa dificuldade é fazer os contornos anatômicos nas imagens de ressonância magnética nuclear e copiar para as imagens de tomografia computadorizada, co-registradas respectivamente. O processo de co-registro e a necessidade de aquisição de uma imagem de tomografia computadorizada poderia ser descartado se o sistema de planejamento realizasse o cálculo somente com as imagens de ressonância magnética nuclear. Diante dessa necessidade, propomos avaliar as implicações na distribuição de dose em radiocirurgia de sistema nervoso central calculadas com base em imagens de Ressonância magnética nuclear.

Orientador

Carlos A. R. Sacomani

Resumo do Projeto

Realizar o desenvolvimento de uma matriz para monitoramento remoto de pacientes em seguimento urológico pós-operatório. Pesquisa inicial do aplicativo em uma população selecionada, incluindo análise da fluência digital. Criação e avaliação das "personas"  e percepção do paciente sobre ferramentas para esse fim na área de urologia.

Orientadora

Elisabete Carrara de Angelis

Resumo do Projeto

O câncer na região amigdaliana é a 2ª neoplasia mais comum do trato aerodigestivo alto. As opções de tratamento incluem cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou qualquer combinação destas modalidades, e sequelas nas áreas de voz, fala e deglutição podem estar presentes, comprometendo a qualidade de vida (QV). Não há estudos de QV específica nestas funções, justificando-se o objetivo deste projeto. Método: estudo transversal, utilizando-se o banco de dados com 53 pacientes do projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do A.C.Camargo Cancer Center sob o nº 1895/14. Pacientes elegíveis a partir de 2016 serão convidados a participar do estudo, após consentimento livre e esclarecido, respondendo aos questionários:  Índice de Desvantagem Vocal (JACOBSON et al. 1997; COSTA et al. 2013); Índice de Desvantagem da Fala (RINKEL et al. 2008; SOUZA 2014) e Questionário de Disfagia M.D. Anderson - MDADI (CHEN et al. 2001; GUEDES 2010).

Orientador

Pedro Caruso

Resumo do Projeto

Estudo de coorte retrospectivo desenvolvido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital AC Camargo Cancer Center, com o objetivo primário de avaliar a mortalidade hospitalar e a sobrevida de pacientes críticos com câncer colonizados por bactérias multirresistentes.

Orientador

Fabiana Baroni Alves Makdissi

Resumo do Projeto

Sabemos que ao longo dos anos as técnicas de tratamento do câncer de mama vem avançando na garantia de melhores resultados, menor morbidade e melhor qualidade de vida dos pacientes. O mesmo ocorreu com a Radioterapia que ampliou o escopo de suas modalidades a fim de se adequar às expectativas terapêuticas e personalizadas. Da terapia convencional, conhecida como teleterapia, vimos surgir a possibilidade de realizar tratamento dentro do centro cirúrgico, através de cones que direcionavam os feixes de radiação. Atualmente, a técnica do INTRABEAM veio com a possibilidade mais assertiva de tratamento, minimizando efeitos colaterais e as visitas frequentes para aplicação. Este estudo avaliará a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama submetidas à radioterapia convencional (teleterapia), intraoperatória por cone e intrabeam, através do uso de instrumentos validados para o Brasil da Organização Mundial de Saúde e do Colégio Europeu (ECOG).

Orientadora

Glaucia Hajj

Resumo do Projeto

O glioblastoma (GBM) está entre os tipos tumorais mais agressivos e de menor resposta a terapias, o que requer, portanto, uma melhor compreensão sobre o comportamento deste tipo tumoral, auxiliando no desenvolvimento de novos tipos de tratamento para a doença. 
Em trabalhos anteriores do grupo, identificamos o perfil de expressão gênica de 37 casos de GBM através do RNA diferencialmente traduzido, o que reflete de maneira mais fidedigna a expressão proteica. Esse perfil de expressão levou à identificação de 3 grupos moleculares com impacto em sobrevida, sugerindo ainda que os grupos poderiam se beneficiar de terapias dirigidas especificas. 
 Neste projeto pretendemos validar a expressão protéica de alvos selecionados para os três grupos moleculares, através da técnica de tissue microarray, contendo aproximadamente 200 amostras de GBM. Adicionalmente, culturas celulares primarias de glioblastomas de cada grupo molecular serão tratadas com inibidores das vias sinalização mais afetadas de cada grupo e as propriedades tumorigenicas serão avaliadas. 

Orientadora

MARIA PAULA CURADO

Resumo do Projeto

O Registro Hospitalar de Câncer é parte essencial de qualquer programa de controle do câncer, possibilita avaliar e melhorar a assistência prestada ao paciente com câncer, auxilia nas atividades de pesquisa e vigilância epidemiológica, permite identificar o perfil clínico e de sobrevida dos pacientes tratados na instituição. Portanto, o objetivo neste estudo é descrever o perfil dos pacientes tratados de câncer no A.C.Camargo Cancer Center. Estudo de coorte retrospectiva base hospitalar serão considerados todos os casos de câncer com data de diagnóstico entre 2000 a 2021 e que realizaram tratamento no A.C.Camargo Cancer Center, identificados no RHC. Serão calculadas as frequências absolutas (n) e relativas (%). O teste qui-quadrado será aplicado para a associação das variáveis em relação aos períodos estudados e as curvas de sobrevida. Espera-se identificar o perfil clínico e a sobrevida dos pacientes tratados na A.C.Camargo Cancer Center no período, 2000 a 2021.

Orientadora

GISELE APARECIDA FERNANDES

Resumo do Projeto

Um dos impactos da pandemia de COVID-19 é a sobrecarga nos sistemas de saúde incluindo os centros de tratamento de câncer. Dada à importância da transmissão do SARS-CoV-2, é necessário o monitoramento clínico e epidemiológico dos casos assintomáticos, suspeitos em profissionais da saúde e pacientes, com câncer elegíveis para tratamento. Objetivos: este projeto pretende monitorar uma coorte composta por pacientes e profissionais de saúde no A.C.Camargo Cancer Center, São Paulo-Brasil quanto a prevalência de infecção de óbitos e tendência de recuperação Métodos: identificar as características clínicas e epidemiológicas dos casos testados para a COVID-19. As variáveis serão extraídas dos prontuários médicos e dos prontuários da medicina ocupacional para aqueles que são profissionais de saúde. As variáveis estão descritas no anexo 1 e anexo 2 ( pacientes e profissionais de saúde). As analises estatísticas serão, frequência, prevalência, tendência (AAPC) e razão de chances (OR). 

Orientador

Antônio Cássio de Assis Pellizzon

Resumo do Projeto

Os sarcomas de CP são raros sendo que, dentre os mais frequentes o Rabdomiossarcoma se apresenta em 3.5% em crianças em idades entre 5-9 anos, e menos frequentes em adolescentes. Por outro lado, os Osteossarcomas, acometem os ossos gnáticos até um 5%. O tratamento multimodal é a escolha para o manejo destas condições patológicas, sendo que a associação das terapias permite um aumento das taxas de sobrevida global, livre de doença e de doença específica. O presente estudo visa determinar o impacto da Radioterapia adjuvante nos pacientes que foram submetidos à terapia multimodal, a partir da análise da sobrevida global, sobrevida livre de doença e qualidade de vida após tratamento realizado. Serão conformados 4 grandes subgrupos: a) pacientes que fizeram Cirurgia e Quimioterapia b) fizeram cirurgia, quimioterapia e RT, c) fizeram cirurgia e RT e d) fizeram quimioterapia e radioterapia. Os resultados serão analisados estatisticamente sendo que o nível de significância adotado será de 5%. 

Orientadora

Cláudia Malheiros Coutinho Camillo

Resumo do Projeto

Os tumores de glândulas salivares compreendem um grupo heterogêneo de lesões, apresentando diferentes características histológicas e comportamento clínico diverso. A baixa incidência dos tumores de glândula salivar, aliada à grande quantidade de lesões diferentes presentes neste grupo faz do diagnóstico destas lesões uma atividade desafiadora. Por isso, a identificação de marcadores biológicos é tão importante. 
O objetivo desse estudo é a identificação de um perfil metabolômico diferencial entre os tumores benignos e malignos mais frequentes das glândulas salivares. Para tanto, serão coletadas amostras de saliva de 15 pacientes com tumores de glândula salivar (5 de adenoma pleomórfico, 5 de carcinoma adenoide cístico e 5 de carcinoma mucoepidermoide) e 10 indivíduos sem evidência de neoplasia. As amostras serão processadas e analisadas por espectrometria de massas. Os resultados obtidos serão processados e analisados utilizando-se o software MetaboAnalyst.

Orientadora

Marina De Brot Andrade

Resumo do Projeto

A extensão extracapsular (EEC) nos linfonodos metastáticos de pacientes com câncer de mama está associada ao aumento das taxas de recidiva locorregional. Define-se como EEC a disseminação extranodal do depósito metastático, através da cápsula linfonodal. O objetivo do presente estudo é avaliar o impacto prognóstico da medida da EEC em linfonodos axilares metastáticos de pacientes com câncer de mama. Serão incluídos pacientes com esse diagnóstico que tenham comprometimento axilar submetidos a tratamento cirúrgico com biópsia de linfonodo sentinela no A.C.Camargo Cancer Center (ACCCC) no período de 2000 a 2020. Os dados clínicos e patológicos serão obtidos retrospectivamente. As lâminas originais serão revistas para a determinação da medida da EEC em linfonodos sentinela metastáticos. Análises univariada e multivariada serão realizadas para avaliar a associação das medidas de EEC com outros parâmetros. 

Orientadora

Maria Teresa D. P. da Cruz Lourenço

Resumo do Projeto

Estima-se que cerca de 27 milhões de indivíduos terão câncer em 2030 e cerca de 9.6 milhões foram acometidos até 2018. Segundo trabalhos publicados, os pacientes oncológicos apresentam taxas de risco de suicídio de 1.5 a 2 vezes mais elevadas que a população geral. O objetivo deste trabalho é identificar a incidência de risco de suicídio em pacientes diagnosticados com câncer nos primeiros 3 meses após o diagnóstico, independentemente do tipo de câncer. Uma amostra de 70 pacientes, com idades superior a 18 anos foi avaliada. Foram coletados dados sócio demográficos, das escalas Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADs), o questionário Cut down, Annoyed by criticism, Guilty and Eye opener (CAGE) a seção de risco de suicídio do Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI).

Orientador

Jose Claudio Casali da Rocha

Resumo do Projeto

A neurofibromatose tipo 1 (NF1) é uma doença genética (gene NF1), de incidência 1:3000, que manifesta com manchas "café com leite” típicas, neurofibromas cutâneos, entre outras. Neurofibroma plexiforme (NP) ocorre em 50% dos portadores. Os NP gigantes (NFG) causam perda mobilidade,  desfiguração, dor e compressões de estruturas nobres e distanciamento social. O controle cirúrgico dos NFG é difícil e o aconselhamento genético é fundamental na percepção da doença. Recentemente, a terapia-alvo com os iMEK têm demonstrado excelentes respostas, abrindo novas perspectivas para os portadores. Objetivo: descrever a experiência, percepções e expectativas de dois casos NF1 com NFG em tratamento ha dois anos com trametinibe e em aconselhamento genético. O participantes irão relatar sua experiência e impressões sobre o tratamento. Os dados clínicos de resposta serão documentados em conjunto com a equipe multidisciplinar dos participantes da pesquisa.

Orientador

Stênio de Cássio Zequi

Resumo do Projeto

Está sendo feita uma coleta retrospectiva de todos os pacientes com câncer de próstata no nosso hospital e estamos analisando se os pacientes submetidos a hormonioterpia apresentam melhor evolução e menos complicações em comparação com pacientes nao submetidos as terapias de privação androgênica. Isso decorre do fato das privação andor%encia, parecer impedir a ação do gene TIMPRESS junto ao receptor de andrógeno, uma das principais vias de entrada do SARsCOV 2 no organismo.

Orientador

Jose Claudio Casali da Rocha

Resumo do Projeto

A pandemia de coronavírus em 2020 no Brasil resultou em mais de 500 mil mortes e afetou todo sistema de saúde. Os tratamentos de pacientes oncológicos foram prejudicados,  alguns até interrompidos, resultando em menores chances de cura. Os impactos da pandemia no adiamento dos exames periódicos de prevenção na população geral resultaram em diagnósticos oncológicos mais tardios e que irão impactar a chance de cura. Não se conhece o impacto que a  pandemia gerou nos serviços de aconselhamento genético, onde são atendidos os pacientes de maior risco de câncer. O objetivo desse projeto é avaliar os impactos da pandemia no atendimento da Oncogenética no ACCCC. O estudo irá avaliar o número e a modalidade (presencial ou telemedicina) dos atendimentos realizados a partir de Março de 2020, em comparação com o mesmo período dos anos anteriores. Iremos também avaliar a eficácia da telemedicina como uma alternativa para o aconselhamento genético durante e após o controle da pandemia.

Orientador

Eduardo Bertolli

Resumo do Projeto

Introdução

O surgimento de novas metodologias diagnósticas, técnicas cirúrgicas e terapias sistêmicas mudaram consideravelmente o tratamento e a evolução dos pacientes com melanoma. Entretanto, a maioria desses recursos acaba restrito a uma pequena parcela da população que tem acesso a modalidades complementares de acesso aos serviços de saúde como convênios médicos, enquanto a maioria da população brasileira depende exclusivamente do sistema único de saúde (SUS)


Objetivo

Avaliar como o acesso do paciente aos serviços de saúde (SUS, convênio ou particular) impacta no diagnóstico, tratamento e evolução dos pacientes com melanoma cutâneo
Pacientes e métodos: serão avaliados pacientes diagnosticados com melanoma cutâneo dentro de uma mesma instituição que presta atendimento a todas as modalidades de acesso à saúde vigentes. Serão comparados os dados relativos a diagnósticos, tratamento recebido e evolução clínica.

Orientador

Felipe José Fernández Coimbra

Resumo do Projeto

O Carcinoma Hepatocelular (HCC) é o principal tipo de tumor hepático primário, a 5ª malignidade mais comum, e a 3ª causa de mortes por câncer.É quase exclusivamente associado a cirrose, que está presente em mais de 90% dos casos.O HCC tem prognóstico ruim.Sem intervenção, progride gerando metástases e comprometendo a função hepática,mas quando diagnosticado e tratado precocemente,há potencial de cura.A indicação do tratamento deve considerar o estadiamento,capacidade funcional do fígado,idade e condições clínicas do paciente.O tratamento cirúrgico possui maior chance de cura,mas nem todos os pacientes podem ser submetidos a ele.Contraindicações incluem a descoberta de metástases extra-hepáticas durante o estadiamento.Opções não cirúrgicas incluem ablação por radiofrequência, TACE ou alcoolização tumoral percutânea.


Objetivo:

Avaliar os dados clínico-demográficos e as principais indicações para cada tipo de tratamento locorregional do HCC.

Orientador

CELSO ABDON LOPES DE MELLO

Resumo do Projeto

Objetivo: O principal objetivo é avaliar a inserção digital de pacientes acima de 70 anos com diagnóstico de câncer. Correlacionar a inserção digital com a capacidade funcional dessa população, identificando fatores – de saúde, sociais, físicos, emocionaisMétodos: Trata-se de um estudo observacional, transversal, exploratório e unicêntrico que será conduzido no A.C. Camargo Câncer Center. Serão entrevistados 100 pacientes com idade acima de 70 anos, diagnosticados com neoplasia nos últimos 3 anos e acompanhamos pelo Hospital A.C. Camargo submetidos à procedimentos e/ou à abordagens terapêuticas nos últimos 12 meses. O participante, após consentimento do TCLE, será submetido a uma entrevista por meio de um questionário padronizado, com duração aproximada de 30 minutos.Será questionado sobre o histórico pessoal de câncer, se a doença se encontra ou não ativa e, em casos nos quais a doença está ativa, qual o tratamento realizado no momento.

Orientadora

Maria Nirvana da Cruz Formiga

Resumo do Projeto

Realizar a análise clínica e financeira entre o atual modelo de solicitação de exames genéticos presente no rol da ANS proposto em 2018, e compará-lo com o modelo hipotético a ser proposto no trabalho.

Orientadora

Thais Fernanda Bartelli

Resumo do Projeto

O câncer gástrico (CG) é uma doença heterogênea e com grande diversidade fenotípica e molecular. Os métodos tradicionais de classificação, devido a heterogeneidade tumoral e seleção de subpopulações de células no momento da coleta, ainda fornecem informações incompletas. Biópsias líquidas (plasma e fluidos gástricos), são abordagens pouco invasivas e que permitem a identificação de DNA tumoral e o acompanhamento tumoral de maneira individualizada e temporal. Este estudo tem como objetivo identificar DNA tumoral e caracterizar a dinâmica mutacional destes tumores em biópsias líquidas de pacientes com CG por meio do sequenciamento de um painel gênico otimizado, em amostras obtidas no momento do diagnóstico e ao longo do tratamento. Realizamos previamente tal sequenciamento, e atualmente precisamos avaliar as mutações encontradas e validá-las. Nosso grande desafio será gerar uma análise consistente e com valor clínico para diagnóstico e determinação de resposta ao tratamento.

Orientador

Jose Guilherme Vartanian

Resumo do Projeto

O câncer de tireoide apresenta taxa de incidência crescente nas últimas décadas. O retardo no diagnóstico e tratamento é um fator de piora prognóstica para a maioria dos carcinomas, entretanto, essa situação não é bem esclarecida para os CBDT. No Brasil, muitos pacientes tem seu diagnóstico e tratamento realizados pelo Sistema Único de Saúde, que conta com problemas de acesso e longos períodos de espera, diferente dos pacientes que são atendidos pelo sistema de saúde suplementar. Objetivos: analisar a existência de possíveis diferenças clínicas e de desfecho no curto prazo entre os pacientes com CBDT tratados no SUS e no sistema de saúde suplementar em um centro de referência oncológico. Método: Será realizado um estudo clínico retrospectivo através da análise de prontuários eletrônicos de pacientes adultos tratados entre outubro/2019 a outubro/2020 por CBDT na instituição. Resultados esperados: encontrar diferenças clínico-patológicas e de desfechos entre os grupos estudados.

Início do programa

6 de setembro de 2021.

Neste dia haverá uma integração (horário a definir)  (plataforma TEAMS) obrigatória para os candidatos aprovados. Enviaremos o link de acesso e demais orientações por e-mail.

Aprovados na modalidade com Bolsa

Os candidatos aprovados com direito a Bolsa de Estudo, deverão encaminhar as informações bancárias de sua conta no Banco do Brasil (agência e número da conta corrente) para o e-mail: [email protected].br até o dia 3 de setembro de 2021.

Caso não possua conta neste banco, envie uma mensagem para esse mesmo e-mail solicitando uma declaração para abertura de conta no Banco do Brasil.

Favor sinalizar em caso de desistência, até o dia 3 de setembro de 2021.

Para mais informações, entre em contato com a Secretaria de Ensino pelo e-mail [email protected]

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam