Programa Institucional de Iniciação Científica - dezembro de 2021

O Programa Institucional de Iniciação Científica conta com 6 vagas destinadas para:

  • Área básica / translacional: 2 vagas;
  • Área clínica / epidemiológica: 6 vagas.

Inscrições

Somente poderão participar do processo seletivo:

  • Candidatos regularmente matriculados em instituição de Graduação reconhecida pelo Ministério da Educação;
  • Candidatos residentes na Grande São Paulo. 

As inscrições serão realizadas no período de 8 de dezembro de 2021 a 6 de janeiro 2022 às 23h59 nesta página.

Para a inscrição o candidato deverá apresentar documentos de identificação, currículo cadastrado na Plataforma Lattes, comprovante de matrícula, histórico escolar, e carta de intenção. 

Na carta de intenção, o candidato deverá apresentar as razões que o levaram a buscar a iniciação científica e experiências anteriores na área.

No formulário de inscrição, o candidato poderá optar pela inscrição em até 2 projetos de pesquisa. 

Atenção ao preenchimento do formulário e envio da documentação, pois as inscrições que estiverem em desacordo, serão anuladas automaticamente.
 

Seleção

1ª fase:  
A seleção será realizada com base na documentação entregue. Os seguintes critérios serão utilizados para a seleção:

  • Histórico de notas;
  • Experiências anteriores;
  • Domínio da língua inglesa;
  • Disponibilidade de horário;
  • Carta de intenção. 
# Candidatos selecionados Orientador Horário da entrevista Projeto
1 Igor Barreto Ferreira Almir Bitencourt 08:00 Projeto: Achados da Ressonância Magnética dos Carcinomas Mamários Invasivos com diferentes níveis de superexpressão de HER-2
2 Julianna Moura Ferreira Almir Bitencourt 08:15 Projeto: Apresentações do Carcinoma Lobular Invasivo da mama: correlação entre dados clínicos, de imagem e anatomopatológicos 
3 Luana Tambosi Barreto Eduardo Bertolli 10:00  Análise das indicações e resultados da perfusão isolada de membro no tratamento de tumores cutâneos na era dos novos tratamentos sistêmicos
4 João Vitor Rodrigues Souza Thais Fernanda Bartelli 11:00 Estudo da relação da microbiota e alterações moleculares com a ocorrência de efeitos colaterais relacionados à quimioterapia em pacientes com adenocarcinoma gástrico 
5 Mariana Campelo da Silva Lima Thais Fernanda Bartelli 11:15 Estudo da relação da microbiota e alterações moleculares com a ocorrência de efeitos colaterais relacionados à quimioterapia em pacientes com adenocarcinoma gástrico
6 Aline Ramos Marques Cláudia Malheiros Coutinho Camillo 14:00  Avaliação da expressão de microRNAs em carcinoma mucoepidermoide metastático e não metastático
7 Larissa Fernanda dos Santos Lima Macedo Cláudia Malheiros Coutinho Camillo 14:15  Avaliação da expressão de microRNAs em carcinoma mucoepidermoide metastático e não metastático
8 Maria Eduarda Salles Trevizani Cláudia Malheiros Coutinho Camillo 14:30 Avaliação da expressão de microRNAs em carcinoma mucoepidermoide metastático e não metastático 
9 Julia Santos Fonzar Antônio Paulo Nassar Junior 15:00 Infecções adquiridas na UTI em pacientes graves com câncer: Um estudo de coorte prospectiva
10 Larissa Alana Cherque Roccon Antônio Paulo Nassar Junior 15:15 Infecções adquiridas na UTI em pacientes graves com câncer: Um estudo de coorte prospectiva
11 ISABELLA CRISTINA MONTEIRO DA SILVA Bruno Adler Maccagnan Pinheiro Besen 16:00 Associação entre o balanço hídrico intra e pós-operatório e desfechos de pacientes cirúrgicos admitidos em UTI: estudo de coorte retrospectiva
12 Natasha Gatti Mollo Figueiredo Bruno Adler Maccagnan Pinheiro Besen 16:15  Associação entre o balanço hídrico intra e pós-operatório e desfechos de pacientes cirúrgicos admitidos em UTI: estudo de coorte retrospectiva
13 Náthali Amie Makiyama Santos Bruno Adler Maccagnan Pinheiro Besen 16:30 Associação entre o balanço hídrico intra e pós-operatório e desfechos de pacientes cirúrgicos admitidos em UTI: estudo de coorte retrospectiva

2ª fase: 
Somente os candidatos aprovados na 1ª fase serão chamados para a entrevista presencial realizada no dia 26 de janeiro de 2022. Durante a entrevista, os candidatos serão arguidos sobre:

  • Histórico de notas;
  • Experiências anteriores;
  • Domínio da língua inglesa;
  • Disponibilidade de horário;
  • Conhecimento sobre o tema do projeto escolhido.  

O tempo de 15 minutos para cada entrevista deverá ser respeitado.

Lista de Aprovados - Modalidade com bolsa do CNPq (em ordem alfabética)

Aluno Orientador E-mail Docente
Maria Eduarda Salles Trevizani Claudia Malheiros Coutinho Camillo [email protected]

 

Lista de Aprovados - Modalidade sem bolsa do CNPq (em ordem alfabética)

Aluno Orientador E-mail Docente
Julianna Moura Ferreira Dr. Almir Galvao Vieira Bitencourt [email protected]
Isabella Cristina Monteiro da Silva Bruno Adler Maccagnan Pinheiro Besen [email protected]
Larissa Alana Cherque Roccon Dr. Antonio Paulo Nassar Junior [email protected]
Luana Tambosi Barreto Dr. Eduardo Bertolli [email protected]
Mariana Campelo da Silva Lima Thais Fernanda Bartelli [email protected]

 

Aprovados para lista de espera - modalidade com bolsa do CNPq (em ordem alfabética)

Aluno Área
Julia Santos Fonzar Clinica
Larissa Fernanda dos Santos Lima Macedo Básica
Natasha Gatti Mollo Figueiredo Clinica
Náthali Amie Makiyama Santos Clinica

 

Aprovados nas Modalidades com e sem bolsa

As atividades serão iniciadas em 7 de fevereiro de 2022. Neste dia, haverá uma integração online às 10h (plataforma TEAMS) obrigatória para os candidatos aprovados. O link de acesso e as orientações de matrícula serão enviados por e-mail em 2 de fevereiro. Em caso desistência, envie um e-mail para [email protected] até o dia 2 de fevereiro de 2022.

Cronogramas/atividades que serão desenvolvidas.

Todos os aprovados, bolsistas ou não, deverão cumprir o cronograma das atividades propostas pelo Programa de Iniciação Científica que será divulgado no início do curso.

 Bolsas

Este processo seletivo dispõe de 1 bolsa concedida pelo CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, sendo  destinada à área de pesquisa básica / translacional ou  destinada à área clínica / epidemiológica.

Os alunos aprovados no processo seletivo serão classificados de acordo com os critérios utilizados na entrevista e o melhor classificado receberá a bolsa de estudos até agosto de 2022 e sete não terão bolsa. As bolsas PIBIC exigem do aluno dedicação ao projeto de, ao menos, 20 horas semanais. 

A implantação da bolsa será realizada apenas se e mediante confirmação de disponibilidade da cota pela agência CNPq.

Os demais aprovados serão admitidos sem bolsa, respeitando-se o limite total de até 2 vagas na área básica / translacional e 6 vagas na área clínica / epidemiológica. 

Cronogramas/atividades que serão desenvolvidas

Todos os aprovados, bolsista ou não, deverão cumprir o cronograma das atividades propostas pelo Programa de Iniciação Científica que será divulgado no início do curso.

Publicação do resultado final: 1º de fevereiro de 2022

O processo de matrícula irá iniciar no dia 2 de fevereiro de 2022 para todos os alunos aprovados (bolsistas ou não bolsistas), que deverão submeter os documentos abaixo por meio do link da plataforma que será disponibilizado nesta página posteriormente. 

  • Cédula de Identidade 
  • Cópia do CPF 
  • Foto para Crachá 
  • Comprovante de matrícula da graduação 

Aprovados na modalidade com Bolsa

O candidato aprovado com direito a Bolsa de Estudo, deverá encaminhar as informações bancárias de sua conta no Banco do Brasil (agência e número da conta corrente) para o e-mail: [email protected] até o dia 2 de fevereiro de 2022.

Caso não possua conta neste banco, envie uma mensagem para esse mesmo e-mail solicitando uma declaração para abertura de conta no Banco do Brasil.

Em caso de desistência, informe a secretaria de ensino até o dia 2 de fevereiro de 2022.
 

Início do programa: 7 de fevereiro 2022

Neste dia haverá uma integração (horário a definir, na plataforma TEAMS) obrigatória para os candidatos aprovados. Enviaremos o link de acesso e demais orientações por e-mail. 

Para outras informações, entre em contato com a Secretaria de Ensino pelo e-mail: [email protected]

Lista de projetos disponíveis

Orientador

Almir Bitencourt

Resumo do projeto

Superexpressão do gene HER-2 (human epidermal growth factor receptor 2) e sua proteína é observada em 20-30% dos carcinomas mamários invasivos e está associada ao prognóstico e tratamento da doença. A superexpressão da proteína detectada por imunohistoquímica (IHC) ou amplificação do gene HER-2 analisada por hibridização in situ por fluorescência (FISH) são os dois principais métodos usados para detectar o status de HER-2 na prática clínica. No entanto, trabalhos recentes têm demonstrado que tumores com diferentes níveis de expressão do HER-2 apresentam diferentes características e resposta ao tratamento. A ressonância magnética (RM) é um método de imagem que permite avaliação morfológica e funcional do tumor, bem como correlação com dados histológicos e imunohistoquímicos, incluindo avaliação de heterogeneidade tumoral. O objetivo deste estudo é comparar achados da RM dos pacientes com carcinomas mamários invasivos com diferentes níveis de superexpressão de HER-2.

Orientador

Eduardo Bertolli

Resumo

A perfusão isolada de membro (isolated limb perfusion - ILP) é uma modalidade de tratamento cirúrgico para pacientes com metástases em trânsito de neoplasias cutâneas ou lesões irressecáveis, cujos resultados são consistentes na literatura e está incorporada em manuais de conduta nacionais e internacionais. Entretanto, com a incorporação de imunoterapias e terapias alvo, sua indicação tem se tornado mais restrita e seu papel dentro desse novo contexto ainda é discutível. O objetivo desse trabalho é analisar as indicações e resultados da ILP, antes e após a introdução dos novos tratamentos sistêmicos, dentro de um centro de referência em Oncologia Cutânea.

Orientador

Almir Bitencourt

Resumo do projeto

O carcinoma lobular invasivo (CLI) representa 15% dos carcinomas mamários invasivos e sua maior importância deve-se ao fato de apresentar tendência ao diagnóstico tardio. O CLI clássico se caracteriza pelo baixo grau nuclear e crescimento indolente através dos exames de imagem, geralmente na forma de lesão espiculada, assimetria focal ou distorção arquitetural aos exames de imagem. Nos últimos anos, a Ressonância Magnética (RM) provou ser um complemento útil à mamografia e ultrassonografia na detecção e manejo do CLI, com sensibilidade de aproximadamente 95%, além de demonstrar o aspecto multicêntrico e multifocal da doença, bem como na estimativa do tamanho do tumor, que tende a ser subestimada com imagem convencional. O objetivo deste estudo é avaliar as diferentes apresentações do CLI, correlacionando dados clínicos, de imagem e anatomopatológicos, permitindo maior entendimento deste subtipo especial de carcinoma mamário invasivo.

Orientador

Bruno Adler Maccagnan Pinheiro Besen

Resumo

Introdução: O volume de fluidos recebido por pacientes cirúrgicos de alto risco pode estar associado a desfechos clínicos melhores ou piores a depender da estratégia de fluido utilizada.

Objetivo: Avaliar a associação entre o volume de fluidos utilizado no intra-operatório e no pós-operatório até 72 horas de internação na UTI com desfechos clínicos.

Desenho: estudo de coorte retrospectiva de pacientes submetidos à cirurgia de grande porte com necessidade de fluidoterapia intra-operatória e pós-operatória com tempo de estadia na UTI maior do que 24 horas. A associação não-linear entre o volume de fluido e desfechos clínicos (mortalidade, incidência de lesão renal aguda, necessidade e duração do uso de vasopressores e de ventilação mecânica) será avaliada através de modelos de regressão adequados para cada desfecho ajustados para a gravidade geral (SAPS 3) e outras covariáveis relevantes. Análises estratificadas em pacientes com hiperlactatemia ou uso de vasopressores serão realizadas.

Orientadora

Cláudia Malheiros Coutinho Camillo

Resumo

O carcinoma mucoepidermóide é o tumor maligno mais comum das glândulas salivares. Metástase em linfonodo ocorre em 30 a 70% dos casos e metástase à distância ocorre em 10 a 20% dos casos, sendo considerado um indicador de pior prognóstico. Os microRNAs (miRNAs) representam uma classe de pequenos RNAs não codificantes que regulam a expressão gênica. A determinação de perfis de expressão de miRNAs pode potencialmente ser utilizada no diagnóstico, classificação e prognóstico de tumores. Estudo anterior do grupo mostrou um perfil de miRNAs diferencialmente expressos em amostras de carcinoma mucoepidermóide metastáticos (metástase linfonodal e metástase à distância), não metastáticos e em amostras de glândula salivar não neoplásicas.  O objetivo do presente estudo é a confirmação da expressão diferencial dos miRNAs em amostras de carcinoma mucoepidermoide utilizando a técnica de RT-PCR em tempo real e a determinação dos RNAs mensageiros alvos desses miRNAs.

Orientadora

Thais Fernanda Bartelli

Resumo

O câncer gástrico é a quinta neoplasia maligna mais frequente no mundo e a terceira em causa de morte. Os tratamentos vêm em constante avanço, sendo a ressecção cirúrgica a única modalidade com possibilidade curativa para câncer gástrico localizado. No entanto, o tratamento combinado de cirurgia com quimioterapia é a forma de tratamento com maior chance de sucesso, aumentando a sobrevida. A maioria dos protocolos têm o uso das Fluoropirimidinas como ponto comum, em particular 5-fluorouracil (5-FU), que continua sendo a principal droga nos tratamentos de tumores sólidos. Apesar de o 5-FU ter eficácia e segurança na dose usual, até 40% dos pacientes apresentam eventos adversos graus 3 e 4. Neste trabalho investigaremos fatores relacionados com a ocorrência destes eventos adversos, tais como alterações moleculares e de composição da microbiota do trato gastrointestinal de uma coorte de pacientes com adenocarcinoma gástrico tratados no A.C.Camargo Cancer Center. 

Orientador

Antônio Paulo Nassar Junior

Resumo do projeto

Infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) são uma grande ameaça aos pacientes e aos sistemas de saúde. As IRAS estão associadas a maior mortalidade, maior tempo de internação e custos. IRAS causadas por microrganismos resistentes (MR) podem impor um risco adicional aos pacientes. Os pacientes com câncer representam um grupo de possível maior risco, devido à idade avançada, imunossupressão e necessidade de mais procedimentos invasivos.

O objetivo primário deste estudo é comparar a mortalidade hospitalar de pacientes com câncer internados em UTI que tiveram IRAS causadas por MR, IRAS causadas por microrganismos não MR e que não tiveram IRAS. O objetivo secundário será comparar o tempo de internação hospitalar entre os três grupos de pacientes.

Trata-se de um estudo de coorte, com dados coletados dos pacientes internados na UTI do AC Camargo Cancer Center no período de Outubro de 2019 a Dezembro de 2022.

Orientador

Cassio Pellizzon 

Resumo do projeto

O tratamento local e sistêmico da neoplasia metastática mudou rapidamente. A radioterapia é um tratamento eficaz no tratamento da dor com origem nas metástases ósseas. No entanto, a radioterapia pode ser administrada usando diferentes esquemas de dosagem. Vários estudos mostraram que cursos mais curtos podem ser tão eficazes quanto cursos mais longos para amenizar uma variedade de sintomas, incluindo dor óssea, porem a sobrevida mais longa tem mostrado que o efeito analgésico não perdura durante toda essa sobrevida aumentada.  A proposta deste estudo é aplicar o modelo “TEACHH” de forma retrospectiva e verificar se o mesmo pode prever a sobrevida dos pacientes, permitindo assim adequar o melhor esquema terapêutico a sobrevida dos mesmos, reduzindo a vinda dos pacientes terminais ao hospital e prolongando o efeito analgésico naqueles com maior tempo previsto, evitando o uso de esquemas protraídos nos pacientes com melhor perspectiva de sobrevida.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam