AACR 2019: estudo analisa mutações celulares associadas a fatores de risco, como o fumo e toxinas alimentares, em pacientes com tumor de fígado

Publicado em: 22/04/2019 - 14:04:00

A identificação dessas mutações pode melhorar estratégias de prevenção desse tipo de câncer

Por Dr. Israel Tojal da Silva, head do grupo de Biologia Computacional e Bioinformática do A.C.Camargo Cancer Center

Já sabemos que o câncer é uma doença multifatorial com forte componente genético. Embora o conhecimento acumulado ao longo dos anos a respeito dos fatores de risco do câncer, como o meio ambiente, alimentação e estilo de vida, ajude a compreender as muitas causas do câncer, as mutações que resultam dessas exposições ambientais e seus processos celulares endógenos não são totalmente entendidas.

Para compreender melhor a relação entre os agentes externos que aumentam o risco do câncer e as mutações celulares, a Dra. Jessica Zucman-Rossi, da Université Paris Descartes, apresentou em palestra no congresso AACR os achados de seu trabalho com amostras de centenas de pacientes com câncer de fígado, um modelo ideal para estudar essas interações. A Dra. Jessica e sua equipe se dedicam a identificar as origens genéticas e ambientais que determinam o desenvolvimento de tumores.

Neste seu projeto ela foi capaz de identificar assinaturas mutacionais que, por sua vez, foram associadas às exposições ambientais específicas, incluindo fumo e exposições alimentares a partir do consumo de microtoxinas produzidas por espécies de fungos e de plantas que contêm ácidos aristolóquicos. Esses ácidos, sintetizados pelas plantas do gênero Aristolochia, são usados em medicamentos tradicionais na Ásia e em outros lugares.

Assinaturas associadas às mutações herdadas em genes de reparo de DNA foram também observadas. Essas descobertas lançam nova luz sobre a história natural dos cânceres de fígado. A identificação de exposições associadas à iniciação de tumores pode melhorar estratégias de prevenção e esclarecer as diferenças observadas no câncer entre as populações que estão expostas aos fatores de riscos específicos, encontrados no ambiente que vivem.

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

A relação do sistema imunológico, o câncer e a imunoterapia
O corpo humano está diariamente exposto a diversos agentes, como bactérias e vírus, e precisa de uma barreira defensiva para se proteger. Essa é a função do sistema imunológico, que detecta células estranhas ao organismo para poder eliminá-las, tornando-se um importante mecanismo de proteção ao...
A terapia-alvo para câncer de mama em pacientes idosas
Publicado no periódico Journal of Geriatric Oncology, artigo analisa os tratamentos disponíveis e a importância de haver mais ensaios clínicos para planejar o melhor caminho Idosas compõem uma fatia relevante entre as mulheres com câncer de mama. Na Inglaterra, por exemplo, 50% das pacientes diagnosticadas...
A.C.Camargo abre o primeiro estudo clínico brasileiro de células CAR-T para mieloma múltiplo
O A.C.Camargo Cancer Center abriu o primeiro estudo clínico brasileiro que utilizará a inovadora terapia com células CAR-T para pacientes com mieloma múltiplo recém-diagnosticado e para os quais o transplante de células-tronco autólogo não está planejado como terapia inicial. Para os pacientes com este perfil...
A.C.Camargo Cancer Center e Institut Curie firmam acordo de colaboração para pesquisa do câncer e os primeiros alvos são os sarcomas e radioterapia
Acordo de colaboração científica entre o A.C.Camargo Cancer Center e um dos principais centros europeus de pesquisa do câncer, o Institut Curie, que traz o nome da cientista Marie Curie, responsável pela descoberta dos efeitos da radioatividade e única mulher a receber dois prêmios Nobel...
A.C.Camargo Cancer Center é premiado Congresso Brasileiro de Patologia
O A.C.Camargo Cancer Center foi laureado em diversas categorias do Prêmio da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP) 2022, que foi apresentado durante o Congresso Brasileiro de Patologia, em Foz do Iguaçu, entre os dias 3 e 6 deste mês. “Nós recebemos mais prêmios do que...