A perigosa relação dos jovens com o cigarro

Publicado em: 23/08/2015 - 21:08:00

Momento de transição para a idade adulta, é na adolescência que, geralmente, acontece o período de autoafirmação social. É nessa fase que a adoção de comportamentos e a tomada de algumas decisões podem trazer consequências prejudiciais à saúde. Um desses exemplos é o cigarro, que acaba entrando na vida dos adolescentes apesar da intensa campanha que ressalta os seus malefícios nas embalagens do produto. E o consumo, inicialmente social, pode se transformar em vício.



Se na fase adulta o tabagismo pode trazer o risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares, impotência sexual, câncer de laringe, boca e pulmão, em um organismo jovem essas consequências podem ser piores. "Por tratar-se de uma pessoa que está em fase de crescimento, com um sistema imunológico ainda em desenvolvimento, fumar torna-se mais perigoso nessa faixa etária", explica Dra. Carolina Salim, médica titular do Núcleo de Pulmão e Tórax do A.C.Camargo.

A interação da nicotina dentro do organismo também é potencializada em um jovem fumante, aumentando as chances de dependência química. A substância, depois de ser inalada, entra em contato rapidamente com o cérebro, trazendo a sensação de prazer. Depois, é expelida pelo organismo e causa uma reação de insaciedade no Sistema Nervoso Central, que vai "desejar" mais nicotina. "Muitos tabagistas iniciam seu vício na adolescência", exemplifica Salim. Os danos causados pelo cigarro são mais intensos nos jovens e também em idosos, além de interferir mais em organismos femininos do que masculinos. 
 

Alternativas ao cigarro também não são seguras

Atualmente, uma das opções utilizadas pelos jovens é o narguilé, cachimbo da cultura árabe com um fumo composto principalmente por tabaco e aromatizantes, que supostamente evita danos à saúde. No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou não haver forma segura para consumir o tabaco, pois todas contêm substâncias prejudiciais ao organismo. "Um reservatório pequeno de narguilé, consumido durante uma hora, equivale a 100 cigarros e a quantidade de nicotina inalada pode até mesmo dobrar", destaca Dra. Carolina Salim.

Além disso, o narguilé também pode ser porta de entrada para o consumo de outras drogas, como o próprio cigarro.

 

Dra. Carolina Salim Gonçalves Freitas - CRM 131517
Médica Titular do Núcleo de Pulmão e Tórax

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam

Veja também

O que o paciente com câncer deve saber sobre interações medicamentosas?
Chás e alguns medicamentos podem interferir na ação dos quimioterápicos Por Daniel Garcia, médico oncologista clínico do A.C.Camargo Cancer Center Pacientes com câncer têm um risco particularmente alto de interações medicamentosas, que, por definição, são um efeito do uso de duas (ou mais) drogas, ou...
Touca de resfriamento - Uma forma de colaborar com a autoestima e preservar a privacidade dos pacientes
Tentar manter a autoestima durante o tratamento de câncer ajuda no bem-estar e na qualidade de vida e também a paciente a se sentir mais bonita e até mais forte para seguir com os cuidados necessários. Nem sempre isso é tão simples. Um dos efeitos...
Como o pioneirismo em cirurgia robótica acelera a recuperação de pacientes
Artigo científico descreve como foi a implementação dessa tecnologia aqui no A.C.Camargo e que temos, hoje, expertise similar aos melhores do mundo Somos pioneiros na América Latina em cirurgia robótica de cabeça e pescoço, com expertise similar aos centros de referência do mundo. A primeira...
Orientações sobre a gripe 2018
A gripe A influenza ou gripe é uma infecção respiratória aguda, causada pelo vírus influenza, com alto potencial de transmissão. Os primeiros sintomas geralmente são: febre, dor muscular e tosse seca. A evolução costuma ser branda e autolimitada, por período de quatro dias a sete...
O exame de sangue oculto nas fezes é o método ideal para rastreamento do câncer colorretal em grandes populações
Pouca gente se lembra de fazer – e às vezes até mesmo os médicos se esquecem de pedir – o exame de sangue oculto nas fezes. Entretanto, ele é muito eficiente para ajudar no diagnóstico do câncer de intestino e tem a vantagem de ser...