A perigosa relação dos jovens com o cigarro

Publicado em: 23/08/2015 - 21:08:00
Notícias

Momento de transição para a idade adulta, é na adolescência que, geralmente, acontece o período de autoafirmação social. É nessa fase que a adoção de comportamentos e a tomada de algumas decisões podem trazer consequências prejudiciais à saúde. Um desses exemplos é o cigarro, que acaba entrando na vida dos adolescentes apesar da intensa campanha que ressalta os seus malefícios nas embalagens do produto. E o consumo, inicialmente social, pode se transformar em vício.



Se na fase adulta o tabagismo pode trazer o risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares, impotência sexual, câncer de laringe, boca e pulmão, em um organismo jovem essas consequências podem ser piores. "Por tratar-se de uma pessoa que está em fase de crescimento, com um sistema imunológico ainda em desenvolvimento, fumar torna-se mais perigoso nessa faixa etária", explica Dra. Carolina Salim, médica titular do Núcleo de Pulmão e Tórax do A.C.Camargo.

A interação da nicotina dentro do organismo também é potencializada em um jovem fumante, aumentando as chances de dependência química. A substância, depois de ser inalada, entra em contato rapidamente com o cérebro, trazendo a sensação de prazer. Depois, é expelida pelo organismo e causa uma reação de insaciedade no Sistema Nervoso Central, que vai "desejar" mais nicotina. "Muitos tabagistas iniciam seu vício na adolescência", exemplifica Salim. Os danos causados pelo cigarro são mais intensos nos jovens e também em idosos, além de interferir mais em organismos femininos do que masculinos. 
 

Alternativas ao cigarro também não são seguras

Atualmente, uma das opções utilizadas pelos jovens é o narguilé, cachimbo da cultura árabe com um fumo composto principalmente por tabaco e aromatizantes, que supostamente evita danos à saúde. No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou não haver forma segura para consumir o tabaco, pois todas contêm substâncias prejudiciais ao organismo. "Um reservatório pequeno de narguilé, consumido durante uma hora, equivale a 100 cigarros e a quantidade de nicotina inalada pode até mesmo dobrar", destaca Dra. Carolina Salim.

Além disso, o narguilé também pode ser porta de entrada para o consumo de outras drogas, como o próprio cigarro.

 

Dra. Carolina Salim Gonçalves Freitas - CRM 131517
Médica Titular do Núcleo de Pulmão e Tórax

Veja também

Núcleo de Desospitalização: um repertório de boas práticas com foco na eficiência da alta hospitalar
Ser eficaz no processo de alta hospitalar é um procedimento beneficente a todos os envolvidos – pacientes, instituição de saúde, operadoras e prestadores de serviço. Entenda-se como eficiência a capacidade de liberar o paciente internado no momento certo e da maneira correta, tendo como premissa...
Existe câncer no coração?
Órgão essencial para o corpo humano, o coração tem como função bombear o sangue, que carrega oxigênio e nutrientes por todo o organismo. Localizado no interior da cavidade torácica, é o centro do sistema circulatório e sempre requer atenção quanto à sua saúde: de acordo...
Calendário 2015
CALENDÁRIO 2015 Credenciamento das instituições Até 30/01/2015 Para as instituições interessadas em submeter projetos em 2015. Apresentação de projetos Entre 01/03 e 15/04/2015 Captação de recursos Até 30/04/2015 Fonte: Portal da Saúde
A relação entre tabagismo e obesidade com câncer de pâncreas
Os dados podem assustar: fumantes têm risco de 2 a 6 vezes maior do que não fumantes de desenvolver câncer de pâncreas; entre 20% e 30% dos pacientes diagnosticados são fumantes; e 20% dos pacientes são obesos e diabéticos obesos. A principal forma de prevenir...
Retrospectiva: 10 tipos de câncer mais pesquisados em 2015
Para melhor entendimento sobre o assunto câncer, o A.C.Camargo disponibiliza em seu site informações detalhadas sobre mais de 50 tipos da doença, elencando seus principais fatores de risco, sintomas e opções de tratamento. Confira quais foram os 10 mais procurados pelo público neste ano. 10...