Podcast Rádio Cancer Center #55 - Doação de sangue: tire suas dúvidas

Publicado em: 01/12/2021 - 08:12:23
Linha Fina

Quais são os eventuais efeitos colaterais? E as plaquetas? Ouça, saiba tudo e salve vidas

A doação de sangue é uma atitude essencial para salvar vidas, sobretudo a dos pacientes com câncer, que utilizam plaquetas em profusão.

Mas muita gente tem dúvida na hora de realizar este gesto. Tanto que ​a doação de sangue é uma atitude adotada por cerca de 1,7% dos brasileiros, um índice que poderia crescer mais – há até um Dia Nacional do Doador de Sangue (25/11).

Entre essas dúvidas:

Quais são os pré-requisitos para uma pessoa doar sangue?

A pessoa corre algum risco? Quais são os eventuais efeitos colaterais?

A pessoa pode doar sangue após tomar a vacina contra a covid-19? Ou precisa de um intervalo entre a vacina e a doação?

Quem já recebeu transfusão em algum momento da vida pode doar sangue?

Plaquetas: pra quê servem? Como funciona a doação? Os pré-requisitos são os mesmos? As plaquetas podem ser armazenadas por quanto tempo?

Para esclarecer todas essas questões, ouça este papo descomplicado com a Doutora Marta Lemos, coordenadora médica do serviço de hemoterapia e terapia celular do A.C.Camargo:

 

Rádio Cancer Center além da doação de sangue:

- Inspire-se com a nossa paciente Michelly Zullo

- Como é ser mãe de crianças com câncer

- Ouça os episódios no Spotify

- Confira todos os episódios do podcast Rádio Cancer Center

Podcasts

A vacinação da Covid-19 está sendo muito falada, mas pouco se diz sobre o paciente oncológico em meio ao processo de imunização. Os estudos feitos com as vacinas que estão imunizando a população não levam em conta pacientes oncológicos, que são imunocomprometidos. Assim, pairam algumas...
O câncer de colón e reto é muito frequente no Brasil. Sem contar os tumores de pele não melanoma, ele é o segundo mais comum entre os homens, com previsão de 20.540 novos casos para 2020, e também o segundo mais comum entre as mulheres...
Para prevenir o câncer, várias atitudes podem ser adotadas. Temos de lidar com estresse, obesidade, sedentarismo, cigarro, álcool, alimentação desregrada, com o perigo de pegar sol sem proteção e com os riscos de não se vacinar, por exemplo, contra HPV e hepatite. Esta conversa, que...
Vitamina D e protetor solar são um dos principais assuntos que as pessoas querem saber, seja no consultório ou nas redes sociais. Algo importante, já que o câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de...
A conversa de hoje é sobre oncogenética. Estima-se que de 5% a 10% dos tumores malignos sejam de origem hereditária. Para isso, medidas preventivas podem ser adotadas: um caso notório foi o da Angelina Jolie, na questão da mama. Assim, a oncogenética tem como missão...

Avaliação de conteúdo

Você gostaria de avaliar esse conteúdo?
Esse conteúdo foi útil?
Gostaria de comentar algo sobre esse conteúdo?
Ao continuar você confirma ter ciência de nossa Política de Privacidade e dos respectivos Avisos de Privacidade e Proteção de Dados presentes em nosso Portal de Privacidade.
CAPTCHA
Esta pergunta é para testar se você é humano e para evitar envios de spam