Biologia Tumoral
Biologia Tumoral

Highlight

  • Células tumorais têm a capacidade de estimular a formação de vasos sanguíneos para nutrição da massa tumoral.
  • As células tumorais também têm a habilidade de se reprogramar para estados indiferenciados que se assemelham às células-tronco, que conferem maior grau de agressividade às células tumorais.
  • Estudar os processos que regulam a formação de vasos e a reprogramação celular é essencial tanto para entender a história natural da doença quanto para identificar novas terapias contra o câncer.

A formação de vasos sanguíneos (angiogênese) em tumores sólidos é um processo essencial para o crescimento e a manutenção deles, que, para obter suprimento sanguíneo, estimulam e atraem células vasculares que se reorganizam em uma rede vascular própria do tumor. Um importante regulador desse fenômeno é a hipóxia (diminuição dos níveis de oxigênio), que ocorre quando a demanda da massa tumoral supera a capacidade da rede vascular que a sustenta. A hipóxia, por sua vez, promove diversas mudanças na célula tumoral que se reprogramam para sobreviver em ambientes com baixa tensão de oxigênio e estimulam a formação de novos vasos. A reprogramação celular também influencia as células tumorais a adquirirem um estado de diferenciação celular mais indiferenciado, semelhante às células-tronco, que frequentemente está associado a um ganho de agressividade. O grupo de Biologia Tumoral e Biomarcadores tem interesse particular em estudar as características mencionadas associadas à atividade de duas proteínas que interagem entre si, as proteínas prion e a HOP (heat shock organizing protein), e que apresentam função importante como reguladores de diversas características de células tumorais.

Equipe

Pesquisadores
Tiago Góss dos Santos – http://lattes.cnpq.br/7634526007103037
Michele Christine Landemberger – http://lattes.cnpq.br/7348091330126436

Alunos
Rodrigo Teodoro Cartaxo – http://lattes.cnpq.br/9535066560851852
Paula do Amaral Costa Ribeiro – http://lattes.cnpq.br/1504084763976510
João Pedro Santos Lopes Silva – http://lattes.cnpq.br/9729848281762856

Publicações

  • Iglesia RP, Prado MB, Cruz L, Martins VR, Santos TG, Lopes MH. Engagement of Cellular prion protein with the co-chaperone Hsp70/90 organizing protein regulates the proliferation of glioblastoma stem-like cells. Stem Cell Research and Therapy (in press)
  • de Lacerda TC, Costa-Silva B, Giudice FS, Dias MV, de Oliveira GP, Teixeira BL, Santos TG, Martins VR. Prion protein binding to HOP modulates the migration and invasion of colorectal cancer cells. Clin Exp Metastasis. 2016 Jun;33(5):441-51. doi: 10.1007/s10585-016-9788-8. PMID: 27112151
  • Santos TG, Lopes MH, Martins VR. Targeting prion protein interactions in cancer. Prion. 2015;9(3):165-73. doi: 10.1080/19336896.2015.1027855. Review. PMID: 26110608
  • Lopes MH, Santos TG, Rodrigues BR, Queiroz-Hazarbassanov N, Cunha IW, Wasilewska-Sampaio AP, Costa-Silva B, Marchi FA, Bleggi-Torres LF, Sanematsu PI, Suzuki SH, Oba-Shinjo SM, Marie SK, Toulmin E, Hill AF, Martins VR. Disruption of prion protein-HOP engagement impairs glioblastoma growth and cognitive decline and improves overall survival. Oncogene. 2015 Jun;34(25):3305-14. doi: 10.1038/onc.2014.261. PMID: 25151961
  • Martins VR. Prion protein signaling as therapeutic target in human tumors. BMC Proc. 2013 Apr 4;7 Suppl 2:K23. doi: 10.1186/1753-6561-7-S2-K23. PMID: 24764481
Gioblastoma, tumor e vasos sanguíneos