Notícias

Touca de Resfriamento - Uma forma de colaborar com a autoestima e preservar a privacidade dos pacientes
Touca de Resfriamento - Uma forma de colaborar com a autoestima e preservar a privacidade dos pacientes


CLOSE

Tentar manter a autoestima durante o tratamento de câncer ajuda no bem estar, na qualidade de vida, a paciente se sentir mais bonita e até mais forte para seguir com os cuidados necessários. Nem sempre é tão simples. Um dos efeitos colaterais mais temidos por quem precisa fazer quimioterapia é a perda de cabelos.

Embora muitas mulheres se adaptem a lenços, perucas, chapéus, ou mesmo a sair careca, valorizando o rosto com brincos ou uma bonita maquiagem, outras sentem que estar careca é sinônimo de ficar estigmatizada. Para essas pacientes, ficar com os cabelos é algo muito mais importante do que a estética: permite fazer a quimioterapia com discrição, sem precisar se expor a respeito da doença.

Uma forma de ajudar a preservar a saúde psicológica e a privacidade da paciente é o uso da touca de resfriamento, técnica que resfria o couro cabeludo e reduz a queda dos fios de cabelo. "A touca diminui a circulação sanguínea no couro cabeludo e isso reduz muito a queda dos fios de cabelo", explica a Dra. Solange Sanches, do Departamento de Oncologia Clínica. "Em média, 50% dos fios são preservados (em cerca de 2/3 das pacientes com câncer de mama que utilizam a touca)", diz ela. Homens também podem usar a touca. "Ela é indicada para pacientes que usam medicamentos quimioterápicos que provocam a queda dos fios, mas em geral é usada em pacientes de câncer de mama".

Alguns pacientes podem sentir dor no início e desconforto com a sensação de frio intenso no couro cabeludo, mas a maioria se adapta. É preciso tomar certos cuidados: os cabelos ficam mais ralos, mais frágeis, não podem ser lavados com tanta frequência.

Importante: O sucesso do tratamento depende de vários fatores, como tipo e estágio do câncer, idade, tipo do cabelo e estado de saúde em geral. Seu médico vai avaliar se a touca é indicada para você.

Converse com seu médico a respeito do uso da touca.

Como funciona

A touca está acoplada a uma serpentina que sai de uma caixa de resfriamento. O líquido de refrigeração circula na serpentina a uma temperatura de 4 ºC para que o couro cabeludo se mantenha em torno de 11ºC. A baixa temperatura promove uma vasoconstrição na região, dificultando que a droga utilizada na quimioterapia penetre e danifique o folículo capilar.

  • A touca é colocada 30 minutos antes da sessão de quimioterapia. O paciente permanece com ela durante toda a sessão e ainda por mais 90 minutos. Depois disso, fica ainda 10 minutos.
  • Deve ser usada em todas as sessões de quimioterapia.
  • A touca é bem leve e protegida por uma capa de neoprene. O paciente pode ler, se ocupar de atividades e até ir ao banheiro sem afetar o seu tratamento.

Porque a quimioterapia faz o cabelo cair

A quimioterapia tem como alvo todas as células de divisão rápida no organismo.

A divisão celular acontece de forma muito rápida nos fios capilares e esta é a razão para que várias drogas quimioterápicas causem a queda do cabelo. Os cabelos costumam cair em duas semanas após o início do tratamento com quimioterapia.