Notícias

Mitos e Verdades sobre Sarcomas de Partes Moles
Mitos e Verdades sobre Sarcomas de Partes Moles

Publicado em: 27/05/2015

Os sarcomas de partes moles podem apresentar características diferentes de outros tipos de câncer, principalmente quanto aos fatores de risco. Apesar de raros, com estimativa de 12 mil novos casos por ano nos Estados Unidos e 7.500 no Brasil, informações sobre essa doença podem auxiliar no diagnóstico precoce.

Conheça algumas das dúvidas mais comuns da população respondidas pelo Vice-Presidente da Fundação Antônio Prudente, Diretor do Departamento de Cirurgia Pélvica e Chefe do Núcleo de Sarcomas do A.C.Camargo Cancer Center, Dr. Ademar Lopes.
 

1. Sarcomas de partes moles podem ser causados por traumatismos?

Mito. Muitos pacientes acreditam nessa relação, principalmente nos membros superiores e inferiores. Geralmente, esses traumas chamam a atenção para nódulos já existentes no corpo, mas não são a causa desses tumores.
 

2. A hereditariedade é um fator de risco?

Verdade. Em geral, poucos casos de sarcomas são decorrentes de fatores hereditários - cerca de 5% somente. No entanto, alterações genéticas herdadas de antecedentes, como a Síndrome de Li-Fraumeni e a Neurofibromatose podem ser responsáveis por elevar o risco de desenvolvimento desse tipo de câncer.
 

3. Os vírus podem ser responsáveis pelo surgimento de sarcomas?

Mito. Os sarcomas se originam a partir de uma alteração na célula mesenquimal primitiva, espécie de célula-tronco presente em todo o organismo. A exceção é o Sarcoma de Kaposi e sua relação com o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), que diminui a imunidade do paciente e aumenta o risco do desenvolvimento do câncer.
 

4. A radiação pode estar relacionada a esse câncer?

Verdade. Há pesquisas que demonstram maior incidência de sarcomas de partes moles em pacientes que receberam radioterapia em um tratamento anterior, nas proximidades ou no local onde recebeu a terapia. A radiação emitida por acidentes nucleares ou bombas atômicas também predispõe a população sobrevivente a maiores riscos de desenvolver um sarcoma.
 

5. A alimentação pode contribuir ou prevenir o surgimento da doença?

Mito. Diferentemente de muitos outros tipos de câncer, os sarcomas não são influenciados pela alimentação ou outros hábitos de vida do indivíduo, como o tabagismo e o sedentarismo. De qualquer modo, recomenda-se um estilo de vida saudável para a prevenção dos outros tumores.

Dr. Ademar Lopes - CRM 21092
Vice-Presidente da Fundação Antônio Prudente
Diretor do Departamento de Cirurgia Pélvica
Chefe do Núcleo de Sarcomas